sábado, 16 de julho de 2011

Billabong Pro - Dupla dinâmica em J-Bay.

Autor: SurfPE - Por: João Carvalho - 15/07/11 - 00:23 - link fonte:

Jadson André vai bem de backside e também consegue classificação. Foto: © ASP / Kirstin.

Em ondas normais 1 metro, pequenas em se tratando de Supertubes, foi realizada a rodada de abertura do Billabong Pro Jeffreys Bay nesta sexta-feira na África do Sul.

O defensor do título, Jordy Smith, foi o melhor do dia, o decacampeão mundial Kelly Slater não apareceu para estrear e Adriano de Souza foi batido pelo australiano Kai Otton em sua primeira defesa da liderança do ranking do ASP World Title Race 2011.

A sexta-feira até começou bem para o Brasil, com vitória do potiguar Jadson André sobre o australiano Taj Burrow e o norte-americano Gabe Kling na terceira bateria do dia.

Na seguinte, o bicampeão mundial Mick Fanning surfou bem e não deu qualquer chance para o cearense Heitor Alves. Só os dois disputaram este confronto, pois o norte-americano Bobby Martinez também não compareceu e foi direto para a repescagem com o brasileiro.

Alejo Muniz avança ao terceiro round do Billabong Rio Pro. Foto: © ASP / Cestari.

Já a ausência de Kelly Slater foi ótima para o catarinense Alejo Muniz, que usou os aéreos para derrotar o sul-africano Shaun Payne e garantir passagem direta para a terceira fase. Apenas ele e Jadson André estrearam com vitórias nas ondas irregulares de Supertubes na sexta-feira.

O carioca Raoni Monteiro entrou na última bateria do dia e perdeu para o australiano Joel Parkinson, que ocupa a segunda posição no ranking mundial. ??O líder Adriano de Souza não achou as ondas na sua estreia e vai ter que encarar uma rodada extra em Jeffreys Bay.

Seu adversário na quarta bateria da repescagem será o americano Gabe Kling, um dos últimos colocados no ranking. Depois dele, tem Raoni Monteiro contra o taitiano Michel Bourez na oitava e Heitor Alves com o americano Patrick Gudauskas no décimo duelo homem-a-homem da quarta etapa do ASP Tour na África do Sul.

Jordy Smith tem melhor atuação do primeiro dia. Foto: © ASP / Cestari.

O grande destaque do primeiro dia foi o defensor do título do Billabong Pro, Jordy Smith. Um dos componentes da sua bateria era o australiano Adam Melling, o mesmo com quem o sul-africano fez a final do ano passado em Jeffreys Bay.

Ele venceu de novo e com os recordes do primeiro dia, computando a maior nota – 9.00 - da sexta-feira no imbatível placar de 16.87 pontos.??E precisava ser assim, pois seus dois adversários também surfaram boas ondas. O também sul-africano Sean Holmes totalizou 14.93 pontos e Adam Melling ficou em último com 14,57.

Com estas somatórias, eles poderiam ter vencido nove das 12 baterias da primeira fase. Além de Jordy Smith, só Mick Fanning com 15.73 pontos e o havaiano Dusty Payne com 16.03 superaram estas marcas.

"O Sean (Holmes), todos sabem, é um surfista muito competente em Jeffreys e o Adam (Melling) foi vice-campeão aqui no ano passado, então eu já sabia que não ia ser uma bateria fácil", diz Jordy Smith.

"Ambos surfaram ondas muito boas e eu tive que ter paciência. Não foi um dia clássico em J-Bay, mas mesmo quando está assim, um pouco menor, a qualidade da onda é muito boa. Depois eu consegui uma boa sintonia com as séries, achei melhores ondas e estou feliz por ter passado para a terceira fase".

A primeira chamada para a repescagem foi marcada para as 2 horas deste sábado (horário de Brasília) e não existe previsão de um novo swell para o final de semana.

As ondas devem permanecer com 1 metro, mas o Billabong Pro Jeffreys Bay ainda tem prazo até o dia 24 para ser encerrado na África do Sul. O próximo dia de disputas vai começar com Kelly Slater na água, contra o sul-africano Shaun Payne. De acordo com a nova regra da ASP, caso não compareça mais uma vez, ele será substituído por outro surfista na grade de baterias.

Clique aqui para ver o evento ao vivo.

Primeira fase do Billabong Pro 2011

1 Tiago Pires (Por) 11.04, Bede Durbidge (Aus) 6.66 e Cory Lopez (EUA) 6.60

2 Jeremy Flores (Fra) 13.10, CJ Hobgood (EUA) 12.17 e Fredrick Patacchia (Haw) 9.67

3 Jadson André (Bra) 12.90, Taj Burrow (Aus) 10.00 e Gabe Kling (EUA) 8.13

4 Mick Fanning (Aus) 15.73, Heitor Alves (Bra) 12.17 e Bobby Martinez (EUA) 0.00

5 Jordy Smith (Afr) 16.87, Sean Holmes (Afr) 14.93 e Adam Melling (Aus) 14.57

6 Alejo Muniz (Bra) 12.77, Shaun Payne (Afr) 7.46, Kelly Slater (EUA) 0.00

7 Kai Otton (Aus) 13.50, Adriano de Souza (Bra) 8.50 e Chris Davidson (Aus) 4.73

8 Josh Kerr (Aus) 12.70, Owen Wright (Aus) 8.43 e Matt Wilkinson (Aus) 7.56

9 Daniel Ross (Aus) 11.70, Adrian Buchan (Aus) 7.80 e Kieren Perrow (Aus) 7.73

10 Julian Wilson (Aus) 14.10, Taylor Knox (EUA) 10.46 e Damien Hobgood (EUA) 9.70

11 Dusty Payne (Haw) 16.03, Michel Bourez (Tah) 9.10 e Patrick Gudauskas (EUA) 8.77

12 Joel Parkinson (Aus) 12.66, Raoni Monteiro (Bra) 8.87 e Brett Simpson (EUA) 7.60

Segunda fase

1 Kelly Slater (EUA) x Shaun Payne (Afr)
2 Taj Burrow (Aus) x Sean Holmes (Afr)
3 Bede Durbidge (Aus) x Bobby Martinez (EUA)
4 Adriano de Souza (Bra) x Gabe Kling (EUA)
5 Owen Wright (Aus) x Fredrick Patacchia (Haw)
6 Adrian Buchan (Aus) x Cory Lopez (EUA)
7 Damien Hobgood (EUA) x Taylor Knox (EUA)
8 Michel Bourez (Tah) x Raoni Monteiro (Bra)
9 Brett Simpson (EUA) x Adam Melling (Aus)
10 Patrick Gudauskas (EUA) x Heitor Alves (Bra)
11 Kieren Perrow (Aus) x C.J. Hobgood (EUA)
12 Matt Wilkinson (Aus) x Chris Davidson (Aus)

Confiram Vídeos das Baterias dos Brasileiros no Billabong Pro Jeffreys Bay :

video video


video video

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário