terça-feira, 30 de junho de 2009

Primeiro taitiano do Mundial conta os segredos da praia dos crânios quebrados

Por Gabriele Lomba - Direto de Imbituba, SC - 30/06/09 - 19:30 - Fonte: GloboEsporte.com



Michel Bourez, de 23 anos, diz que surfistas não podem pensar muito quando estão em Teahupoo, um dos picos mais perigosos do mundo.



Perigosas ondas de Teahupoo, no Taiti - Foto: Divulgação ASP




Ele tem, no quintal de casa, uma das ondas mais perigosas do mundo. Está acostumado a se cortar nos corais pontiagudos e a pegar tubos perfeitos na praia dos crânios quebrados. Michel Bourez é o primeiro surfista taitiano a integrar o Circuito Mundial de surfe.

Levou ao chamado "circuito dos sonhos" um pouco da cultura e dos segredos da polinésia francesa. Entre eles, o de driblar o medo diante da bancada de Teahupoo.

Situado a cerca de um quilômetro da costa taitiana, o pico recebe ondas de até 10m. Em 2000, o catarinense Neco Padaratz quase se afogou por lá. Só voltou a Teahupoo em 2004 e conseguiu uma nota 10.

Oito anos depois, com o niteroiense Bruno Santos, o Brasil conseguiu uma histórica vitória na etapa.- Tem que colocar sua cabeça no lugar e não pensar.

Não pode pensar muito quando estiver remando para a onda. Tem que simplesmente ir - conta o taitiano, que está em Imbituba para o quarto desafio da temporada.


Michel Bourez, novato na elite mundial - Foto: Divulgação ASP


Michel, porém, teve uma forte decepção. Caiu na estreia da etapa taitiana, a terceira da temporada.

Neste ano, o surfista de 23 anos só venceu duas baterias: uma em Bells Beach e outra em Imbituba, onde está classificado para a terceira fase e enfrentará o australiano Bede Durbidge.

- Eu não esperava ter resultados tão ruins, mas ainda há muitos campeonatos e posso me recuperar. No Mundial você não pode errar. Tem que estar 200% em cada bateria.

Inscrições da 3a etapa do Super Surf em Ubatuba até o dia 15 de julho

Por ABRASP - 30/06/09 - 18:00




Bruno Galini - SuperSurf - Foto: ABRASP



A Associação Brasileira de Surf Profissional pede para que todos os atletas confirmem suas participações na terceira etapa do Super Surf – 2009, até o dia 15 de julho .

O evento se realizará na praia de Itamambuca - Ubatuba – SP, entre os dias 23 a 26 de julho. As inscrições tem o valor de R$ 220,00 para os homens e R$ 140,00 para as mulheres , podendo ser descontadas do valor da premiação de ambas as categorias.

Caso queiram fazer suas inscrições via banco , estas podem ser feitas pelos Bancos:

Bradesco

AG 3233-6

CC 85626-6

Itaú

AG 0289

CC 24732-2


Sua inscrição será confirmada após o cumprimentos dos dados abaixo:

Enviar e-mail confirmando a inscrição, autorizando o desconto da inscrição no valor da premiação ou seguir o procedimento abaixo.

Fazer depósito e encaminhar o comprovante via fax 21 2235 3972 com todos os seus dados, (nome completo, CPF , data de nascimento, endereço completo e telefone para contato.).

Após o envio confirmar o recebimento no telefone Escritório ABRASP: 21 – 2235 1039

LEMBRETE: AS CONTAS DOS BANCOS UNIBANCO E BANCO DO BRASIL ESTÃO ENCERRADAS.


Hospedagem em Ubatuba:

Hotel São Charbel
hotel@saocharbel.com.br

*Single: R$55,00 (cinquenta e cinco reais) só com café da manhã.Com meia pensão,(Sistema Self- Sevice com buffet motando À vontade ,inclusosobremesa) total: R$ 70,00(setenta reais)* Duplo : R$ 140,00 (cento e quarenta reais)Com meia pensão, (Sistema Self- Sevice com buffet motando À vontade ,inclusosobremesa) total: R$ 140,00(Cento e quarenta reais)*Triplo : R$ 210,00 (duzentos e dez reais)Com meia pensão, (Sistema Self- Sevice com buffet motando À vontade ,inclusosobremesa) total: R$ 210,00 (duzentos reais).

Pousada Todas as Luas Ltda Me
R$ 120,00 para 2 pessoas e R$ 90,00 para 1 pessoa, incluso o café da manhã.
Rua C, 115 cond. Itamambuca
Ubatuba - São Paulo
012-38453129
http://www.todasasluas.com.br/

Pousada Canto de Itamambuca.
Rua Manoel Soares da Silva, 1040
Tels 12 3845 3421 / 3845 3014
cardoso@cantodeitamambuca.com.br
Diária de R$ 55,00 reais por pessoa, incluso café da manhã.Refeição R$ 17,00 reais (Prato feito, contra filé ou filé de frango ou filé de peixe) já incluso 1 refrigerante.



Red Nose Tow In Championship - Triagem define três vagas


Por Gerson Filho em 30/06/2009 14:20 - Fonte: WAVES

Alemão de Maresias - Red Nose Tow in 2009 - Foto: WEB




Ótimas condições com ondas que beiravam os 3 metros em Maresias (SP). Este foi o cenário do último final de semana (27 e 28/6), durante a triagem do Red Nose Tow In Championship 2009.

A triagem classificou três duplas para o evento principal, dando ponto de partida para a criação do ranking da ABRASMO (Associação Brasileira de Surf Motorizado) em parceria com a ASRM (Associação de Surf de Reboque de Maresias).

Dentro da água, a dupla formada por Ivan Betarzo e Cebola foi protagonista do dia e levou a primeira colocação das triagens. Além da vaga para o evento principal, os dois faturaram passagens aéreas.

Em segundo lugar vieram Xan e André Nastas. Em terceiro, fechando a última vaga, ficou a dupla formada por Phill Rajzman, campeão mundial de longboard, e Ylan Blank. A dupla foi formada de última hora, e os dois nunca haviam sequer treinado juntos.

O Red Nose Tow In Championship 2009 oferece R$ 100 mil reais de premiação e acontece em Maresias (SP). O período de espera é de 01/07 a 30/11.

Lista oficial de convidados

1 Rodrigo Resende / Danilo Couto

2 Carlos Burle / Eraldo Gueiros

3 Everaldo Pato / Yuri Soledade

4 Alemão de Maresias / Flávio Caixa D'Água

5 Sylvio Mancusi / Haroldo Ambrósio

6 Jorge Pacelli / João Capilé

7 Maya Gabeira / Stephan Figueiredo

8 Rodrigo Koxa / Vitor Faria

9 Luis Roberto Formiga / Denis Moreira

10 Daniks Fisher / Lucinei Malas

11 Wild Card Patrocinador

12 Wild Card Patrocinador

13 Ivan Betarzo / Cebola

14 Xan / André Nastas

15 Phill Rajzman / Ylan Blank

16 Convidado internacional

17 Convidado internacional

18 Convidado internacional

19 Convidado internacional

20 Convidado internacional

Hang Loose Pro - Etapa segue paralisada

Por Ader Oliveira em 30/06/2009 07:56 - Fonte: WAVES









Hang Loose Pro segue adiado na praia da Vila, Imbituba (SC). Foto: Aleko Stergiou





As condições do mar pioraram ainda mais nesta terça-feira e fizeram com que a direção do Hang Loose Pro 2009 adiasse a etapa pelo segundo dia consecutivo em Imbituba (SC).

A expectativa é a de que a terceira fase seja iniciada na quarta ou quinta-feira, quando as ondas voltam a subir e a direção do vento deve mudar de Nordeste para Sul.

Três brasileiros seguem na briga pelo título - Adriano de Souza, Heitor Alves e Neco Padaratz.

Uma nova chamada acontece às 8 horas desta quarta-feira para avaliação das condições do mar na praia da Vila.

Terceira fase do Hang Loose Pro 2009

1 Bede Durbidge (Aus) x Michel Bourez (Tah)

2 Damien Hobgood (EUA) x Heitor Alves (Bra)

3 Jeremy Flores (Fra) x Tim Boal (Fra)

4 Adriano de Souza (Bra) x Greg Emslie (Afr)

5 Bobby Martinez (EUA) x Tiago Pires (Por)

6 Jordy Smith (Afr) x Dustin Barca (Haw)

7 Kekoa Bacalso (Haw) x Dean Morrison (Aus)

8 Joel Parkinson (Aus) x Neco Padaratz (Bra)

9 Taj Burrow (Aus) x Nathaniel Curran (EUA)

10 Dayyan Neve (Aus) x Tim Reyes (EUA)

11 Kelly Slater (EUA) x Ben Dunn (Aus)

12 Tom Whitaker (Aus) x Chris Davidson (Aus)

13 CJ Hobgood (EUA) x Mikael Picon (Fra)

14 Mick Campbell (Aus) x Josh Kerr (Aus)

15 Mick Fanning (Aus) x Roy Powers (Haw)

16 Taylor Knox (EUA) x Chris Ward (EUA)

Monga começa bem na áfrica

Por Fernando Pereira -Direção/Colunista - SurfPE - 30/06/09 - 16:27




Paulo Moura (PE) começa bem no Mr Price Pro - Foto: WEB



O pernambucano Paulo moura começou bem sua participação no tradicional Mr Price Pro , que este ano saiu de Durban e está sendo realizado em Balito , áfrica do sul.

Moura, venceu a 12ª bateria do 1º round com um somatório expressivo e agora vai pegar os principais cabeças de chave do evento no 2º round.

Um bom resultado em Balito é de grande importância por o evento ser 6 estrelas prime , oferecendo 3.500 pontos ao vencedor.

Atualmente ele é o 36º colocado no ranking wqs 2009, e tem tudo para melhorar essa colocação, pois ainda está somando alguns resultados ruins .


Força Paulo , estamos aqui na torcida !!!!

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Prêmio ESPY - Maya indicada como esportista do ano

Por Gerson Filho em 29/06/2009 16:40 - Fonte: WAVES


O talento de Maya Gabeira é mais uma vez reconhecido. Foto: Aleko Stergiou.

A big rider Maya Gabeira foi indicada para o prêmio ESPY, uma espécie de Oscar do esporte mundial. O prêmio está em sua 17ª edição e este ano conta com o ator Samuel L. Jackson como apresentador.

Entre os indicados estão nomes como Cristiano Ronaldo, Marta (futebol feminino), Usain Bolt, Rafael Nadal, Michael Phelps, Kobe Bryant, Kelly Slater, entre vários outros ícones do esporte.

A carioca Maya concorre na categoria melhor atleta feminino em esportes de ação. As demais indicadas são Torah Bright (snowboard), Sarah Burke (ski) e Ashley Fiolek (motocross).

O único brasileiro que já venceu foi o Ronaldinho, em 2006, na categoria melhor jogador de futebol. O tenista Gustavo Kuerten já foi indicado duas vezes mas nunca venceu.

Este ano, além da Maya Gabeira, há mais três brasileiros indicados: Anderson Silva do MMA (categoria melhor lutador), Helio Castro Neves (categoria melhor piloto - é piloto de fórmula Indy) e a Marta (categoria melhor atleta feminina internacional - jogadora de futebol).

Esse é um prêmio anual da ESPN para os principais atletas, jogos e jogadas do esporte americano e mundial. No total, são premiadas 37 categorias de diversas modalidades. A votação começou no dia 25 de junho e vai até o dia 11 de julho.

A entrega do prêmio será no dia 15 de julho no Nokia Theater, Los Angeles, Califórnia, e vai ao ar no canal no dia 19 de julho.

Smolder Cearense Amador - Revelações despontam no Icaraí

Por George Noronha em 29/06/2009 14:02 - Fonte: WAVES





Ícaro Lopes vence na Júnior e larga na frente no Smolder Cearense de Surf Amador. Foto: Lima Jr. / CearaSurf.


A primeira etapa do Smolder Cearense de Surf Amador aconteceu no último domingo (28/6), na praia do Icaraí (CE). Os atletas pareciam determinados a garantir a moto zero quilômetro, premiação dada ao campeão Masculino Open.

Carlos Alexandre, do Titanzinho (CE), foi o grandes vencedor da primeira etapa, conquistando a categoria Open.

Na bateria mais emocionante do evento, Carlos Alexandre virou faltando 1 minuto para o término. O segundo colocado, José Wilson, não conseguiu fugir da marcação do atleta e não reagiu. Em terceiro ficou o atleta local e vencedor da Júnior, Ícaro Lopes e em quarto Rocha Filho.

Ícaro Lopes, em sua segunda final, não deu chances para seus adversários e levou a melhor na Júnior. Ele aproveitou bem o conhecimento do pico para vencer a final em cima de Jhon Everson, Thomas Demétrio e Rodrigo Silva, segundo, terceiro e quarto colocados respectivamente. Ícaro sai na frente na disputa pela passagem internacional oferecida ao vencedor do circuito na categoria Júnior.

Uma das grandes novidades do circuito foi o desmembramento da categoria Feminino em Open e Iniciante. A disputa alimentou o sonho das meninas de serem herdeiras de Tita Tavares e Silvana Lima, surfistas cearenses de renome internacional.

Sonho bem encaminhado por Estefany Freitas e Camila Neros. Estefany foi campeã Open, enquanto Camila venceu na Iniciante.

A categoria Iniciante Masculino foi vencida por Rafael Venuto. Com apenas 11 anos, o garoto demonstra futuro. Já chegou a competir uma etapa do WQS, divisão de acesso à elite do surf mundial.

Na categoria Mirim destaque para Thomas Demétrio. Ele procurou surfar dentro do critério de julgamento e dominou a final, deixando Alisson Souza em segundo, Jhon Everson em terceiro e Emerson de Sousa em quarto.

A introdução da categoria Veteran enfatiza os pioneiros do esporte. Apenas quem tem acima de 45 anos pode competir na categoria, vencida por João Carlos, seguido por Wladmir Lobo, Odalto Castro e Amélio Jr. Na Master melhor para Sérgio Ricardo, e na Sênior quem comemorou a vitória foi Alessandro Nogueira. Na categoria mais glamorosa, a Longboard, quem comemorou foi o atleta Cardoso Jr. Ele venceu com folga a grande final.

Os campeões do Circuito Cearense Amador compõem a equipe que compete no Circuito Brasileiro de Surf Amador. Para obter mais informações sobre o evento, entre em contato pelo telefone (0xx85) 9986-8538 ou (0xx85) 3094-0997.

O Smolder Cearense de Surf Amador 2009 conta com a apresentação das Lojas Surfbeat. Apoio: Governo do Estado (Secretaría do Esporte), Prefeitura de Caucaia (Secretaría de Esporte e Juventude) Teccel, Pranchas Worldboard, Oi Fm, Reggae Club, Icasol e Pousada do Sol Icaraí. Realização: Top 16 Promoções e Federação Cearense de Surf.

Resultados

Open Masculino

1 Carlos Alexandre
2 José Wilson
3 Ícaro Lopes
4 Rocha Filho



Open Feminino

1 Estefany Freitas
2 Rafaela Bahia
3 Nayara Silva
4 Eliane Marques

Júnior

1 Ícaro Lopes
2 Jhon Everson
3 Thomas Demétrio
4 Rodrigo Silva



Master

1 Sérgio Ricardo
2 Cardoso Jr.
3 Wagner Menezes
4 Marco Aurélio



Sênior

1 Alessandro Nogueira
2 Rogério Dantas
3 André Caboin
4 Welder Rocha



Veteran

1 João Carlos
2 Wladmir Lobo
3 Odalto Castro
4 Amélio Jr.

Longboard

1 Cardoso Jr.
2 Marcelo Bibita
3 Vitor Hugo
4 Eduardo Amaral
5 Sidnei Machado



Mirim

1 Thomas Demétrio
2 Alisson Souza
3 Jhon Everson
4 Emerson de Sousa



Iniciante Masculino

1 Rafael Venuto
2 Paulinho de Sousa
3 Sávio Carvalho
4 Rafael Tigrão

Iniciante Feminino

1 Camila Neros
2 Larissa dos Santos
3 Yanka dos Santos
4 Juliana Sousa

PENA SURF NORDESTE - 6º Etapa do Circuito Nordestino de Surf Profissional

Por: Carlos Abdala - Tour Manager ANS - 29/06/09 - 13:35




Cartaz do campeonato - foto: Reprodução


Ja estão abertas as inscrições para a 6º Etapa do Circuito Nordestino de Surf Profissional valendo R$ 20.000.00 + 500 pts Brasil Tour + 1 500 pts NE PRO.

Vale lembrar que as inscrições serão limitadas e já estamos com uma procura muito grande. Não fiquem de fora desta Etapa pois alem do local existirem ondas espetaculares o lugar é muito bonito.

SISTEMA DE INSCRIÇÕES
As inscrições para o Pena Pro Nordeste já estão abertas,e poderão ser feitas na conta da:

ANS

valor: R$ 135,00

Bco do Brasil

ag:2138-5

C/C:25693-5

Após o deposito favor enviar um email para anssurf@hotmail.com relatando o dia e hora do deposito. Levar o comprovante de deposito sexta feira e entrega la ao Tour Manager da ABRASP NORDESTE/ANS Carlos Abdalla a tarde de sexta feira no palanque e ou ate as 19:30 em pousada a confirmar.

COMO CHEGAR
São José da Coroa Grande é um lugar privilegiado pela beleza do mar e pelas piscinas naturais apropriadas para o mergulho.

As expectativas para esta etapa são as melhores, pois acontecerá em um pico inédito, Várzea do Una que é uma Praia paradisíaca onde nunca houve um evento deste porte.

A praia de Várzea do Una fica a 120 km de Recife é o município ao sul de Pernambuco, cruzando a divisa com Alagoas e os acessos são pela PE–60 E BR–101 (via Cabo). Apesar da pouca distância de Recife o acesso é feito cruzando o Rio Una em barco.

A praia de Várzea do Una está em um a baía com uma boa faixa de areia, um mar de ondas fortes e belas paisagens.

Distâncias: Recife - 110km - acesso pela PR-060 Maceió - 130 km - acesso pela AL-101 Norte

EVENTO: PENA PRO NORDESTEDIAS: 04 e 05 DE JULHO
PREMIAÇÃO: R$ 20.000.00PONTUAÇÂO: 1500 PTS ANS PRO TOUR + 500 PTS BRASIL TOURLOCAL: Varzea do Una/ São José da Coroa Grande/PE.

Itacaré Longboard Classic enche a praia da Tiririca

por: Alde Vieira - ITACARÉ LONGBOARD CLASSIC - 29/06/09 - 13:30





Itacaré Longboard Classic 2009 - foto: Divulgação



O dia amanheceu com chuva e vento, mas as previsões indicavam o contrario, enquanto armávamos o grande circo, a chuva foi parando e o vento junto com ela.

Sabíamos que swell ia subir na metade do dia, o que de fato aconteceu, o mar acalmou, o vento virou uma brisa fraca, e o rei sol saiu para iluminar nosso evento.


Itacaré Longboard Classic 2009 - foto: Divulgação

Senti que seria um dia especial quando vi as pessoas chegando em grande numero na praia logo cedo, famílias , turistas, todos vindo para assistir ao grande show de longboard. . .

Bancada de frutas, troféus de madeira feitos no capricho na marcenaria, premiações da Mahalo, Long Island’s, Thor Surf Point, Backdoor, Tropical Surf Shop, Refibra, Rhyno Foan, colchão box da Casa Mata Viva. . . Abrimos o evento com a semi-finais da categoria iniciantes, em destaque logo percebemos quem seriam os finalistas.



Itacaré Longboard Classic 2009 - foto: Divulgação

Dárcio ( Surf Music), foi a festa da categoria, demostrando muita vibração e alegria ao descer nas ondas. .
Itacaré Longboard Classic 2009. mas foi surprendido na final por Lapo Continho Filho,( filho de Lapo, juiz da ASP Hawaii), que surfou realmente com mais categoria e muita calma, finalizando como campeão.

O grande nome do dia foi o longboarder Leandro Prado que simplesmente, arrebatou com muito surf, luta, e competência, os primeiros lugares das categorias; Open, Clássico e Locais, levantando a galera com todo seu repertorio de manobras, entrou num tubo, levantando a galera, hang five, surfou com muita elegância e maestria de um verdadeiro campeão, na melhor hora do dia, quando o mar já estava a um metro e meio, clássico, perfeito!!!

Acertamos nossa data para depois da lua cheia, por receio de perdermos atletas que não estão acostumados com ondas grandes, fixamos a data para o dia 23 e fomos contemplados com um dia perfeito, com ótima formação de ondas, graças aos DEUSES HAWAIIANOS. . .

Este é a 14ª vento em 6 anos do CLUBE DE LONGBOARD DE ITACARÉ, sempre promovendo O SURF com paz, saúde, bem estar, e harmonia com a natureza.

Queremos deixar claro nossas intenções, de premiar muito bem nossos atletas na medida do possível, de honrar nossos compromissos e respeitar a todos que dele faz parte.

Queria deixar aqui registrado nosso agradecimento a todos que contribuíram para realização do ITACARÉ LONGBOARD CLASSIC, a todos atletas, e ao público que vem cada vez mais valorizando nosso evento com sua presença.

RESULTADOS DA 1ª ETAPA:

OPEN:
1-LEANDRO PRADO
2-FELIPE GARCIA
3-LENILTON MORAIS (BILU)
4-DANI PRETO

CLASSICO:
1-LEANDRO PRADO
2-LENILTON MORAIS (BILU)
3-FELIPE GARCIA
4-DANI PRETO

LOCAIS:
1-LEANDRO PRADO
2-LENILTON MORAIS (BILU)
3-DANI PRETO
4-FABIO CAMPELLO

INICIANTE:
1-LAPO COUTINHO FILHO
2-DARCIO SURF MUSIC
3-CHICO GUIA
4-FABIO CAMPELLO





SURF SALVA, ALOHA!!!

Caio Vaz ganha o Cyclone sub 18

por: Alan Simas - 29/06/09 - 13:00






Caio Vaz venceu a categoria Mirim na praia de Geribá, em Búziosfoto: Alan Simas


Mais concentrado no treinamento após o término da novela Três Irmãs, Caio Vaz venceu a categoria Mirim na praia de Geribá, em Búzios, batendo na final o capixaba Rodrigo Cardoso.

Na final Junior o melhor foi o também capixaba Rafael Teixeira, com o carioca Daniel Gonçalves em segundo lugarAs previsões se confirmaram e as ondas chegaram a dois metros de altura nesse domingo, 28 de junho, dia decisivo da primeira etapa do Circuito Cyclone Sub 18 de Surf, válido pelo ranking Estadual nas categorias Júnior (até 18 anos), Mirim (até 16 anos), Feminino Junior (até 18 anos) e Surdos (Especial).



O capixaba Rafael Teixeira ganhou a junior no cyclone sub 18 em buziosfoto: Alan Simas

Em uma temporada com muitas novidades, os mirins e juniores competiram no sistema homem a homem a partir das quartas de final. E o dia foi reservado para eles, em uma sequência de baterias muito equilibradas, marcadas pela dificuldade de encontrar ondas abertas com o decorrer do dia e a maré secando.

Na Mirim chegaram à decisão Caio Vaz e Rodrigo Cardoso. Caio teve como principal arma durante a disputa as fortes rasgadas no lip da onda.

E foi essa manobra que fez a diferença na final, com uma onda que valeu cinco pontos em um único movimento. Para se ter uma idéia da dificuldade a segunda onda do somatório do campeão valeu 2,75 pontos.


O carioca Daniel Gonçalves ficou em segundo lugar no cyclone sub 18 em buzios foto: Alan Simas

Já Rodrigo Cardoso marcou três pontos em vinte possíveis no somatório. Já na Júnior, em mais um confronto entre Rio de Janeiro e Espirito Santo, os capixabas deram o troco, com Rafael Teixeira batendo o local de Barra de Guaratiba, Daniel Gonçalves. Enquanto Rafael baseou suas performances nas manobras fortes, Daniel caminhou durante toda a etapa através dos tubos.
Na decisão eles não apareceram e não foi difícil para Rafael garantir a vitória por 11,50 a 6,10 pontos. As categorias Feminino Junior e Surdos tiveram a decisao ainda no sábado. Na Feminino a melhor foi Luana Braga, do Arpoador, enquanto na Surdos o melhor foi Bruno Menezes. A próxima etapa está marcada para acontecer nos dias 25 e 26 de julho, na praia do Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio de Janeiro.
O Circuito Estadual Cyclone Sub 18 tem o patrocínio da Cyclone, com o co-patrocinio da Qix International, Vicunha Textil, Eberle Fashion. O apoio é da Power Balance, Tima Brazil Turismo, Rhyno Foam, A Lopez Shaper, RT Glass, High Level Signs, Elyon Artes Gráficas e Prefeitura de Armação dos Búzios. A realização é da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro.

Hang Loose Pro - Dia de folga em Imbituba


Por Ader Oliveira em 29/06/2009 08:01 - Fonte: WAVES

Hang Loose Pro adiado nesta segunda-feira na praia da Vila, Imbituba (SC). Foto: Aleko Stergiou.







O Hang Loose Pro 2009 sofreu seu primeiro adiamento na praia da Vila, Imbituba (SC).

As ondas quebram com 1 metro, mas o forte vento Nordeste atrapalha a formação das séries.

Mesmo fazendo uma boa apresentação no free surf, o australiano Mick Fanning encabeçou o movimento dos atletas para que a prova fosse adiada.

A expectativa é a de que as disputas recomecem na quarta-feira ou quinta-feira, quando o vento Nordeste deve perder força.

De qualquer maneira, a direção do Hang Loose Pro 2009 promove uma nova chamada às 8 horas desta terça-feira para avaliação das condições do mar.

domingo, 28 de junho de 2009

Hang Loose Pro - Brazucas reagem na Vila

Por Ader Oliveira em 28/06/2009 16:35 - Fonte: WAVES





Neco Padaratz rasga forte para eliminar Fred Patacchia no Hang Loose Pro. Foto: Aleko Stergiou.


Depois de atuações abaixo das expectativas na primeira fase, os brasileiros reagiram na repescagem do Hang Loose Pro 2009, etapa do World Tour que rola na praia da Vila, Imbituba (SC).

Clique aqui para assistir as entrevistas

Clique aqui para ver as fotos de surf

Clique aqui para ver as fotos de bastidores

Em ondas de até 1,5 metros e formação regular, Adriano de Souza, Heitor Alves e Neco Padaratz não deram mole e avançaram ao terceiro round da prova.

Já Gustavo Fernandes, Guilherme Ferreira, Jihad Khodr e Bernardo Pigmeu deram adeus à competição.


Adriano de Souza ataca a junção na vitória sobre Gustavo Fernandes. Foto: Aleko Stergiou.

Na abertura da repescagem, Guilherme Ferreira caiu diante do norte-americano CJ Hobgood. O surfista da Flórida totalizou 13.00 pontos, contra 9.17 do vice-campeão catarinense, substituto de Marco Polo, que está na África do Sul disputando o WQS.

Em seguida, num confronto com ondas muito cheias, Mineiro somou 5.17 e 6.67 para bater o campeão brasileiro Guga Fernandes, autor de 4.33 e 4.37.

No terceiro duelo do dia, finalmente o nove vezes campeão mundial Kelly Slater voltou a vencer uma bateria na elite mundial.

Kelly, que não vencia um confronto desde a abertura do Tour na Gold Coast, passou pelo pernambucano Bernardo Pigmeu no segundo confronto da repescagem do Hang Loose Pro.

Jihad Khodr perde precisando de apenas 2.67. Foto: Aleko Stergiou.

O norte-americano somou 8.17 e 4.87, contra 5.33 e 5.83 de Pigmeu. Surfando com uma quadriquilha, Slater conseguiu sua melhor nota ao pegar uma direita, executar uma rasgada e completar um aéreo rodando na junção sem colocar as mãos na borda.

O quarto confronto foi dominado pelo catarinense Neco Padaratz, que fez uma ótima apresentação para somar notas 7.00 e 6.40 na vitória sobre o havaiano Fred Patacchia, autor de 6.33 e 5.57.

O número de vitórias brasileiras na repescagem só não foi maior porque o paranaense Jihad Khodr perdeu para o aussie Ben Dunn numa bateria apertada.

Jihad começou muito bem ao distribuir várias batidas de backside na Vila, somando 7.00 pontos. Ben Dunn reagiu com 6.50 e conseguiu a liderança faltando cinco minutos para o término.

O paranaense vinha lutando muito para ampliar a vantagem sobre o adversário, mas não conseguiu obter uma nota maior do que 2.60 pontos e perdeu precisando de apenas 2.67.

Fechando a participação brasileira na repescagem, o cearense Heitor Alves arrepiou as ondas da Vila para despachar o sul-africano David Weare.

O duelo teve início com os dois surfistas tentando abrir a bateria e dropando a mesma onda, ocasionando dupla interferência. Como ninguém estava com a prioridade, ambos foram punidos com a perda de 50% da segunda maior nota.
Depois de somar 4.33 numa direita, Heitor levantou a platéia ao pegar uma de esquerda finalizada com um belo ataque à junção.

Os juízes premiaram o atleta com 8.40 e a situação de Weare ficou complicada. O sul-africano passou a buscar 8.32, mas não conseguiu reagir, para alegria da torcida brasileira nas areias da Vila.

Resultados da segunda fase do Hang Loose Pro 2009

1 C.J. Hobgood (EUA) 13.00 x Guilherme Ferreira (Bra) 9.17
2 Adriano de Souza (Bra) 11.84 x Gustavo Fernandes (Bra) 8.70
3 Kelly Slater (EUA) 13.04 x Bernardo Miranda (Bra) 11.16
4 Neco Padaratz (Bra) 13.40 x Fredrick Patacchia (Haw) 11.90
5 Jordy Smith (Afr) 16.07 x Ben Bourgeois (EUA) 9.17
6 Nathaniel Curran (EUA) 13.50 x Kieren Perrow (Aus) 8.67
7 Damien Hobgood (EUA) 15.00 x Marlon Lipke (Ale) 10.40
8 Jeremy Flores (Fra) 11.60 x Phillip MacDonald (Aus) 11.16
9 Mikael Picon (Fra) 14.07 x Kai Otton (Aus) 8.34
10 Greg Emslie (Afr) 13.60 x Jay Thompson (Aus) 11.17
11 Dean Morrison (Aus) 11.57 x Nic Muscroft (Aus) 8.93
12 Roy Powers (Haw) 12.43 x Aritz Aranburu (Esp) 12.20
13 Ben Dunn (Aus) 9.67 x Jihad Khodr (Bra) 9.60
14 Tiago Pires (Por) 13.00 x Dane Reynolds (EUA) 10.93
15 Dustin Barca (Haw) 13.07 x Drew Courtney (Aus)12.77
16 Heitor Alves (Bra) 10.57 x David Weare (Afr) 5.84

Terceira fase do Hang Loose Pro 2009

1 Bede Durbidge (Aus) x Michel Bourez (Tah)
2 Damien Hobgood (EUA) x Heitor Alves (Bra)
3 Jeremy Flores (Fra) x Tim Boal (Fra)
4 Adriano de Souza (Bra) x Greg Emslie (Afr)
5 Bobby Martinez (EUA) x Tiago Pires (Por)
6 Jordy Smith (Afr) x Dustin Barca (Haw)
7 Kekoa Bacalso (Haw) x Dean Morrison (Aus)
8 Joel Parkinson (Aus) x Neco Padaratz (Bra)
9 Taj Burrow (Aus) x Nathaniel Curran (EUA)
10 Dayyan Neve (Aus) x Tim Reyes (EUA)
11 Kelly Slater (EUA) x Ben Dunn (Aus)
12 Tom Whitaker (Aus) x Chris Davidson (Aus)
13 CJ Hobgood (EUA) x Mikael Picon (Fra)
14 Mick Campbell (Aus) x Josh Kerr (Aus)
15 Mick Fanning (Aus) x Roy Powers (Haw)
16 Taylor Knox (EUA) x Chris Ward (EUA)


Hang Loose Pro - Mineiro supera Guga

Por Ader Oliveira em 28/06/2009 09:34 - Fonte:WAVES







Adriano de Souza passa por Gustavo Fernandes na repescagem do Hang Loose Pro. Foto: Aleko Stergiou.






Depois de estrear com derrota, o paulista Adriano de Souza reagiu na praia da Vila e passou pelo campeão brasileiro Gustavo Fernandes na repescagem do Hang Loose Pro 2009.

Clique aqui para ver as fotos

Clique
aqui para assistir a entrevista

Em bateria com ondas muito cheias de até 1,5 metros, Mineiro somou 5.17 e 6.67 para bater Guga, autor de 4.33 e 4.37.

Atual quinto colocado no Tour, Adriano é a grande esperança da torcida brasileira para uma vitória na praia da Vila.

Hang Loose Pro - Slater chega sem bagagem

Por Ader Oliveira em 27/06/2009 17:58 - Fonte: WAVES


Kelly Slater usa prancha de Fred Patacchia e cai para repescagem do Hang Loose Pro. Foto: Aleko Stergiou.





O norte-americano Kelly Slater chegou a Imbituba (SC) com o pé esquerdo. Toda a bagagem do nove vezes campeão mundial, inclusive as pranchas, foram extraviadas pela companhia aérea, deixando Kelly em difícil situação.

Como chegou um dia antes da prova, Slater teve pouco tempo para se preparar e optou por uma prancha do havaiano Fred Patacchia em sua primeira participação no Hang Loose Pro 2009.

Pela terceira vez consecutiva na temporada, o atleta estreou com derrota no World Tour. Desta vez, ele terá a chance de reagir na repescagem, já que a direção de prova optou pela utilização do antigo formato.

Em ondas bastante volumosas de até 1,5 metros, Kelly conseguiu 6.83 na melhor onda e perdeu precisando de apenas 3.34 para barrar o compatriota Tim Reyes.

Hang Loose Pro - Mineiro perde na Vila

Por Ader Oliveira em 27/06/2009 12:21 - Fonte: WAVES






Adriano de Souza não encontra boas ondas e perde na primeira fase do Hang Loose Pro. Foto: Aleko Stergiou.


Numa bateria com poucas ondas de qualidade, o paulista Adriano de Souza e o catarinense Neco Padaratz foram superados pelo havaiano Kekoa Bacalso.

Clique aqui para ver as fotos da primeira fase

O confronto foi equilibrado e Bacalso abriu vantagem com 6.83 e 4.50. Adriano e Neco descolaram 6.00 e 6.17 nas melhores ondas, respectivamente, mas Bacalso ampliou vantagem com 6.57.

Para a tristeza da torcida brasileira, tanto Adriano como Neco não encontraram uma segunda onda de qualidade e foram para a repescagem.

"Infelizmente faltou uma segunda nota. Esperei a onda, mas ela não veio. Depois começou outra bateria e veio uma muito boa para o Joel Parkinson no mesmo lugar em que eu estava esperando", diz Adriano.

Hang Loose Pro - Kelly amarga derrota

Por Ader Oliveira em 27/06/2009 10:39 - Fonte: WAVES






Kelly Slater perde para Tim Reyes na primeira fase do Hang Loose Pro. Foto: Aleko Stergiou.





O norte-americano Kelly Slater mais uma vez não entrou em sintonia com as ondas e estreou com derrota pela terceira vez consecutiva no World Tour.

Desta vez, ele terá a chance de reagir na repescagem do Hang Loose Pro, já que a direção de prova optou pela utilização do antigo formato.

Em ondas bastante volumosas de até 1,5 metros, Kelly conseguiu 6.83 na melhor onda e perdeu precisando de apenas 3.34 para barrar o compatriota Tim Reyes.

Prancha emprestada - Kelly chegou a Imbituba na noite da última sexta-feira e teve suas pranchas extraviadas pela companhia aérea.

A solução encontrada pelo nove vezes campeão mundial foi pedir uma prancha emprestada ao havaiano Fred Patacchia.

Na terceira posição ficou o português naturalizado alemão Marlon Lipke, autor de 3.50 e 4.57.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Hang Loose Pro - Tops treinam na Vila




Por Fernando Iesca em 26/06/2009 13:55 - Fonte: WAVES







Mick Fanning treina para buscar o tricampeonato na etapa brasileira. Foto: Aleko Stergiou.


Tudo pronto para o show de surf. Alguns dos melhores atletas do mundo já treinam desde muito cedo nesta sexta-feira (26/6) na praia da Vila, Imbituba (SC), palco do Hang Loose Pro 2009, válido como quarta etapa do ASP World Tour.

Clique aqui para ver as fotos

O swell previsto ainda não encostou e por enquanto as ondas quebram com meio metro e algumas séries maiores, com formação prejudicadas pelo forte Sul.

Apesar do tempo frio e das condições ainda não serem as melhores, mal o dia clareou e diversos tops já treinavam forte para a competição. Entre eles, Adriano de Souza, Jihad Khodr, Mick Fanning, Bobby Martinez, Jeremy Flores, Fred Patacchia, Ben Dunn, David Weare, Aritz Aranburu, Mikael Picon, Josh Kerr, Tim Boal, Greg Emslie, Tiago Pires, Jay Thompson, Kekoa Bacalso, Dean Morrison e outros.


Jihad Khodr será o primeiro brasileiro a competir. Foto: Aleko Stergiou.



Imbituba sedia o quarto desafio da temporada mundial e as maiores estrelas do esporte pela primeira vez competem em Santa Catarina no inverno, que é a melhor época para a entrada de boas ondulações na região Sul.

A primeira chamada para o evento rola neste sábado (27/6) e a prova será realizada no formato antigo de competição, com os 48 participantes divididos em baterias de três atletas na primeira fase, que não é eliminatória.

Os vencedores avançam para a terceira fase e os perdedores têm nova chance de classificação na repescagem, quando as baterias passam a ser homem-a-homem. O prazo do evento vai até o domingo da semana seguinte (5/7).

Com um número recorde de participação de estrangeiros em uma etapa brasileira do ASP World Tour, sete brasileiros defendem a bandeira verde-amarela.

Adriano de Souza, Heitor Alves e Jihad Khodr são os três brazucas integrantes da elite mundial, enquanto Gustavo Fernandes, Guilherme Ferreira, Bernardo Pigmeu e Neco Padaratz competem como convidados.

A equipe Waves já está a postos para trazer ao internauta a melhor cobertura do Circuito Mundial no Brasil.

Confira entrevistas com os atletas em nossas próximas atualizações.

Hang Loose Santa Catarina Pro 2009

Primeira fase

1 Jordy Smith (Afr), Tim Boal (Fra), Greg Emslie (Afr)
2 Fredrick Patacchia (Haw), Josh Kerr (Aus), Mikael Picon (Fra)
3 Bobby Martinez (EUA), Jihad Khodr (Bra), Phillip MacDonald (Aus)
4 Kelly Slater (EUA), Tim Reyes (EUA), Marlon Lipke (Ale)
5 Mick Fanning (Aus), Aritz Aranburu (Esp), Nathaniel Curran (EUA)
6 Bede Durbidge (Aus), Dean Morrison (Aus), Ben Bourgeois (EUA)
7 Adriano de Souza (Bra), Kekoa Bacalso (Haw), Neco Padaratz (Bra)
8 Joel Parkinson (Aus), Kai Otton (Aus), Guilherme Ferreira (Bra)
9 Taj Burrow (Aus), Jay Thompson (Aus), Gustavo Fernandes (Bra)
10 C. J. Hobgood (EUA), Dayyan Neve (Aus), Bernardo Pigmeu (Bra)
11 Tom Whitaker (Aus), Dane Reynolds (EUA), Nic Muscroft (Aus)
12 Kieren Perrow (Aus), Drew Courtney (Aus), Michel Bourez (Tah)
13 Taylor Knox (EUA), Heitor Alves (Bra), Roy Powers (Haw)
14 Damien Hobgood (EUA), Chris Ward (EUA), Ben Dunn (Aus)
15 Jeremy Flores (Fra), Chris Davidson (Aus), Tiago Pires (Por)
16 Mick Campbell (Aus), David Weare (Afr), Dustin Barca (Haw)

Ranking do ASP World Tour 2009 depois de três etapas

1 Joel Parkinson (Aus) – 3.000 pontos
2 Taj Burrow (Aus) – 2.318
3 Mick Fanning (Aus) – 2.208
4 C. J. Hobgood (EUA) – 2.196
5 Adriano de Souza (Bra) – 2.174
6 Jordy Smith (Afr) – 2.076
7 Bobby Martinez (EUA) – 2.025
8 Tom Whitaker (Aus) – 1.932
9 Fredrick Patacchia (Haw) – 1.886
10 Kieren Perrow (Aus) – 1.742
10 Damien Hobgood (EUA) – 1.742
10 Taylor Knox (EUA) – 1.742
13 Jay Thompson (Aus) – 1.610
14 Bede Durbidge (Aus) – 1.552
14 Adrian Buchan (Aus) – 1.552
16 Michael Campbell (Aus) – 1.511
20 Jihad Khodr (Bra) – 1.235
30 Heitor Alves (Bra) – 1.045


Greenish Pro Nordeste - Alan Jones fatura tudo

Por Jocildo Andrade em 25/06/2009 09:27 - Fonte: WAVES






Alan Jones é coroado em casa. Foto: Rodrigo Mesquita.






Com um verdadeiro show de surf nas ondas do Pontal de Baía Formosa (RN), o local Alan Jones foi o grande campeão do Greenish Pro 2009, evento válido como quinta etapa do Circuito Nordestino Profissional, encerrado na última quarta-feira (24/6).

Clique aqui para conferir as fotos

Além de quebrar todos os recordes e do seu incontestável estilo, Alan Jones foi embalado pelo favoritismo e pela torcida local para arrancar nada mais nada menos que a melhor média geral do evento (18.17), as cinco melhores ondas da competição (9.50 / 9.17 / 9.00 / 8.67 e 8.50), e de quebra ainda mandar dois aéreos numa mesma onda, o que lhe rendeu a vitória também na Expression Session.

O atleta formosense confirmou o favoritismo e deixou em casa o troféu de campeão da etapa. Mostrando muito conhecimento da onda e principalmente apresentando um surf veloz e fluído, ele dominou a última bateria deixando César Aguiar em segundo, Halley Batista em terceiro e Ítalo Ferreira em quarto, todos precisando de combinação de ondas para vencer.

Por falar em Ítalo Ferreira, ele foi outra sensação do evento. E não foi somente por ser local e conhecer bem o pico. Ítalo mostrou muita confiança para despachar vários favoritos no decorrer da competição. Apesar da pouca idade (15 anos), ele apresenta algumas características dos grandes campeões: leitura de onda diferenciada, confiança no próprio surf e atitude de campeão. Mesmo tendo terminado na quarta colocação, ele tem motivos de sobra para comemorar sua primeira final de um circuito profissional.

Halley Batista, que ficou em terceiro na bateria final, caiu para a mesma posição no ranking e César Aguiar, que terminou em segundo na mesma bateria, continuou com a segunda colocação no ranking da ANS.


Rudá Carvalho (BA) e Thiago de Sousa (CE) mantiveram-se nas mesmas posições do ranking, quarto e quinto lugares respectivamente.

“Gostaria de agradecer a Deus, à minha mulher e aos meus pais. Nossa batalha é muito grande e acho que é por isso que Deus tem nos abençoado tanto. Quero agradecer a toda essa torcida de Baía Formosa que me ajudou a ganhar esse título”, declara Alan Jones, que logo depois da entrega da premiação desfilou em carro aberto sendo aclamado por toda a sua torcida local.

Além da premiação de R$ 6 mil pela primeira colocação, ele ainda levou duas pranchas BF. Uma por ter feito o maior somatório e outra por ter vencido a Expression Session. Aliás, depois daquela bateria da Expression Session, ficou evidente que seria muito difícil impedir a vitória de caso ele continuasse a surfar naquele ritmo.

Ao final da cerimônia de premiação, Petrônio Tavares da Greenish avaliou que todas as decisões tomadas foram as mais acertadas e que o adicional ao orçamento que essas medidas provocaram, que representou cerca de 20% investimento, compensou pelas ondas que rolaram em praticamente todo o evento.

Geraldo Cavalcantti, Presidente da ANS, também reforçou a importância de se ter esperado para fazer o campeonato com boas condições de surf. Ele afirmou que no próximo ano, teremos um verdadeiro festival de surf com direito a coquetel de abertura do evento, show de bandas e novamente janela de espera, só que dessa vez, dentro da programação.

Ele reafirmou a importância do envolvimento do poder público para que se possa desenvolver o esporte e enfatizou a responsabilidade com a qual a Prefeitura de Baía Formosa, na pessoa de Nivaldo Melo, Prefeito da cidade, encarou os desafios para que se colocasse Baía Formosa na vanguarda da história das competições no Brasil.

Mas as novidades não pararam por aí. Em mais uma iniciativa inédita, Armando Praça foi premiado com uma mochila recheada de produtos Greenish, por ter sido o árbitro mais regular do evento.

Assim terminou o Greenish Pro 2009, um evento que ficará marcado na história do surf nordestino e brasileiro como um divisor de águas em que a preocupação com o desempenho do atleta superou todas as outras. Acreditamos que a partir de agora, se pensará mais no atleta e sua opinião não será ignorada como em tempos passados.

Todos estamos na torcida para que tudo que aconteceu nesses cinco dias de competição sirva de exemplo para que outras marcas também adotem uma postura mais voltada para a principal estrela do evento:o atleta.

Greenish Pro 2009

Resultado

1 Alan Jones (RN)

2 César Aguiar (PE)

3 Halley Batista (PE)

4 Ítalo Ferreira (RN)

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Abertas inscrições para a 1a etapa do Cyclone sub 18.

por: Alan Simas - Búzios - RJ - 24/06/09 - 19:45








Cartaz Circuito Estadual Cyclone Surf Sub 18 buzios 2009 - Foto: Reprodução


Em 2009 foram criadas duas divisões no surfe amador do Rio de Janeiro. De um lado os Sub 14, a novíssima geração. Do outro aqueles competidores se preparando para os grandes desafios do esporte.


São esses surfistas da nova geração, que têm até o dia 25 de junho (quinta-feira) para garantir uma das 112 vagas disponíveis para a etapa Rio de Janeiro do Circuito Estadual Cyclone Sub 18 09, com disputas em quatro categorias: Mirim (até 16 anos) e Feminino Junior (até 18 anos), Júnior (até 18 anos) e Surdos (aberta para todas as idades).


O objetivo da Federação do Estado do Rio de Janeiro, em parceria com a Cyclone, é dar um tratamento especial para os surfistas que estão em fase final de amadurecimento, em ponto de bala para se tornar um profissional. Também terão espaço garantido os competidores de 12 a 14 anos, que desfrutam agora de dois Circuitos Estaduais para desenvolver a competitividade.

“Estamos preocupado com o fortalecimento do surfe de base no Rio. Nos confrontos que aconteceram nessa temporada é visível que precisamos criar novos projetos, ampliar nossa ação”, declarou Pedro Falcão, presidente da Feserj.


A inscrição para a primeira etapa do Circuito Estadual Cyclone Sub 18 custa R$ 50,00 (cinquenta reais) e pode ser feita até o dia 25 de junho às 17:00 h. na sede regional da Feserj, situada na Rua Rui Carneiro, 8 – Macumba – das 09:00 às 13:00 h.


Atletas de fora do Rio, ou que preferirem, podem fazer depósito na conta da:


Feserj

Unibanco


ag. 1392


c. c. 173040-7


Os surfistas não filiados devem enviar o comprovante de inscrição (R$ 50,00) por categoria e de Filiação (R$ 50,00) e ficha de filiação disponível no site www. feserj.com.br via fax para
XX-21-2490-0754.

Colocar no documento as categorias em que vai participar. Atletas já filiados enviarem fax para XX-21-2490-0754 com cópia do documento de depósito, com nome de bateria e categorias em que está se inscrevendo.


Outras informações XX-21-2490-0754. Importante: Na praia o surfista deve apresentar o comprovante de depósito dos R$ 50,00 referentes à taxa de filiação, além de duas fotos 3X4, ficha original de filiação e cópia de Identidade e/ou certidão de nascimento.


O Circuito Estadual Cyclone Sub 18 2009 tem o patrocínio da Cyclone, com o apoio total nessa primeira etapa da Prefeitura de Búzios e Time Brazil. A divulgação é do Canal Woohoo. A realização é da Feserj com a Associação de Surf de Búzios.

Potiguar detona a 1a etapa do circuito universitário de Pe .

por: Regi Galvão - Cabo de Santo Agostinho - PE - 24/06/09 - 19:00.





Flavio henrique campeão formandos da primeira etapa do circuito universitário de PE 2009foto: Ricardo Phebo




Sucesso total a abertura do circuito universitário em Pernambuco nesse final de semana na Enseada dos Corais, Cabo de Santo Agostinho

Com um vento de agosto, a melhor hora do mar foi com a maré enchendo que acabou proporcionando boas e excelentes manobras.

Na principal categoria, dobradinha potiguar que prestigiou o evento, com Rafael Cabral em primeiro e Alex Trigueiro em segundo. o ponto alto do evento foi a organização que fez o campeonato acontecer sem problemas.




Rafael Cabral (RN) - campeão da primeira etapa do circuito universitário de PE 2009 foto: Ricardo Phebo / surfenordeste


Uma grande iniciativa de difundir o esporte entre as universidades e promover o estimulo competitivo. Acertada também a inclusão da categoria escolar agregando a nova geração aoevento e recebendo com isso, atletas até de Fernando de Noronha.

Gabriela, campeã feminina da primeira etapa do circuito universitário de PE 2009foto: Ricardo Phebo / surfenordeste



Confirmada a segunda etapa na Praia de Gaibu. Parabéns a toda galera da USP e seus apoiadores.

A primeira etapa do Circuito Universitário de Surf Pernambucano teve como patrocinador principal a URBAN WAVE, e conta com o apoio da prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, Deputado Estadual Everaldo Cabral, Federação Pernambucana de Surf, ABRASU-Associação Brasileira de Surf Universitário, ART’S luminosos, Trust Surfboards, Teccel, Mawi, Wave Grip, Espaço Cultural Esportivo Armação do PQP, Pousada Marlim em Porto de Galinhas, Surfenordeste. com. br e Surfguru. com. br.


RESULTADOS


1ª ETAPA GAÍBU

Open universitário

1) Rafael Cabral (RN)
2) Alex Trigueiro(RN)
3) Felipe Queiroz
4) Felipe Barroco

Feminino

1) Gabriela Crivellare
2) Natália Freitas
3) Gabriela Vasconcelos

Formados

1) Flávio Henrique
2) Raimundo Bola
3) Diogo Martins
4) Pedro Paulo

Iniciante

1) Felipe Queiroz
2) Rafael Cabral(RN)
3) Leo Macaco
4) Bruno Monteiro

Escolar

1) Robson Silva
2) Gemersom Jr.
3) Ramon Austin
4) Moisés Martins(FN)

Cearasurf faz aniversário - Lançando a segunda etapa do Campeonato Virtual


Por Equipe Cearasurf - 24/06/09 - 17:35



Cearasurf faz aniversário - Foto: Reprodução



Neste mês de junho o site cearasurf.com.br, Orgulho de Ser Nordestino completa dois anos de muita notícia do surf Nordestino.

Nós da equipe estamos muito felizes em tão pouco tempo conseguir um espaço super importante na história do surf nordestino.

O nosso trabalho é feito com muito amor, dedicação e vibração, três ingredientes importantíssimo para o sucesso de qualquer projeto de vida.

Mas todo este trabalho não teria tanto sucesso se não fossem os nossos parceiros, colaboradores, patrocinadores e internautas que acreditam e valorizam o empenho do site cearasurf em transmitir tudo de importante que acontece com o surf na nossa Região. A todos vocês o nosso muito OBRIGADO.

Para comemorar estes dois anos estamos lançando a segunda etapa do:

Campeonato Virtual de surf

Regras:
1 – Você manda uma foto para o email sac@cearasurf.com.br onde serão feitas baterias com 4 fotos, as fotos que vão compor a bateria serão avaliadas pela Equipe Cearasurf, pois somente entrarão na competição as melhores. A bateria será definida através do voto dos internautas . As duas mais votadas passam para a próxima fase até chegar a grande final.

2 – Cada surfista poderá concorrer com apenas 1 foto enquanto o fotografo poderá concorrer com 5 fotos. Caso o fotografo envie as fotos, o surfista tem prioridade em escolha para competir.

3- O prazo para enviar sua foto é até o dia 15 de julho de 2009, onde o campeonato terá inicio, cada bateria terá uma duração de 3 dias isso nas primeiras fases, com o decorrer da competição este tempo poderá aumentar até chegar a grande final.

4- Tanto o Fotografo como o surfista vencedor ganhará uma passagem de ida e volta para Fernando de Noronha saindo de Natal como premiação.

Importante: ao enviar a foto o atleta ou o fotografo devem descrever o local da foto, data, estado de onde é o fotografo e o surfista.

Premiação: 1 passagem de ida e volta para Fernando de Noronha saindo de Natal

http://www.cearasurf.com.br/ , ORGULHO DE SER NORDESTINO!!!!!!!!!!!!!

Greenish Pro Nordeste - Alan Jones arrebenta em casa.

Por Redação Cearasurf - 24/06/09 - 17:30 - Fonte: Cearasurf.






Alan Jones é o cara!! - Foto: Rodrigo Mesquita


Campeão da etapa, campeão da expression session, autor da melhor média geral (18.17) e das cinco melhores ondas da competição (9,5 / 9.17 / 9 / 8.67 e 8.50). Alan Jones é o Cara!

Acostumado a surfar diariamente nas perfeitas ondas do Pontal de Baía Formosa, quintal de sua casa, Alan Jones não deu chances a seus adversários César Aguiar, Halley Batista e Ítalo Ferreira e sagrou-se campeão do Greenish Pro Nordeste, quinta Etapa do Circuito Nordestino de Surf Profissional

Resultado Final

1° Alan Jones (17.00) - RN
2° César Aguiar (12.67) – PE
3° Halley Batista (11.56) – PE
4° Ítalo Ferreira (10.90) - RN


Aguardem matéria completa.

Greenish Pro Nordeste - Disputas alucinantes marcaram o quarto dia de competição


Por Jocildo Andrade - Assessoria ANS - 24/06/09 - 10:00

Alan Jones um dos favoritos ao título - Greenish Pro Nordeste (BF) - foto:Divulgação




Excelentes ondas e disputas alucinantes marcaram o quarto dia de competição da quinta etapa do Nordestino Profissional.

A competição que ficou paralisada por toda a segunda-feira (22/06), recomeçou na manhã desta terça-feira (23/06) às 06h com séries que variavam de meio metro até 1 metrão.

Quando a sétima bateria do segundo round entrou no mar a competição finalmente pôde prosseguir normalmente, tendo sido concluídas hoje a primeira e a segunda fase do evento, que segue amanhã a partir da quarta bateria das oitavas- de- final.

O único momento em que o evento precisou ser novamente paralisado foi quando a maré secou por completo, das 11:00h até o meio-dia. Mas, como o evento começou bem cedo, não chegou a comprometer o cronograma da competição.

Um dos destaques do dia foi o atleta cearense Thiago de Sousa, atual quinto do ranking. Ele fez o maior somatório e a maior nota do evento que até então pertencia ao local Alan Jones.


Thiago de Sousa faz maior somatória e maior nota do evento até agora - Greenish Pro Nordeste (BF) - foto:Divulgação



“Foi uma onda da série, mas não veio tão lá fora. Quando eu a enxerguei, pensei que vinha outra atrás. Mesmo assim, sabia que iria trocar a segunda onda por isso me interessei por ela. Mas logo que apliquei a primeira manobra, ela ficou em pé, envaletou e me surpreendeu. Apliquei uma manobra de curva finalizando com um flooter”, narrou Thiago, referindo-se a onda que lhe rendeu a maior nota, 9,73 e também o maior somatório do evento até agora, 17,73.

Com essa onda Thiago lidera a briga pelas pranchas BF oferecidas ao atleta que fizer melhor onda e melhor somatória do evento, uma terceira prancha será ofertada na expression session .

Nessa mesma bateria, César Aguiar também avançou para as oitavas de final. Ele que é o segundo do ranking, luta pela liderança do circuito. César vem apresentando um surf bem regular e demonstra claramente estar muito determinado.

Halley Batista, o atual líder do ranking da ANS, também avançou para as oitavas e continua na briga para manter-se na liderança.

Um dos poucos que já avançou para as quartas-de-final foi o ídolo local e atual terceiro colocado no ranking, Alan Jones. Ele não teve muita sorte na escolha das ondas e com dificuldades, passou sua bateria em segundo fazendo uma forte marcação em seu conterrâneo Felipe Oliveira, nos dois minutos finais da bateria. Contudo, ele avançou e agora vai com toda a sua torcida para cima dos adversários buscando a vitória da etapa e a liderança do circuito.

Dos surfistas locais que competiram hoje, apenas Esdras Cavalcante e João Maria não avançaram na competição. O mesmo aconteceu com Saulo Carvalho, que apesar de ser paraibano, adotou Baía Formosa como local de treinos.

Júlio Cavalcante, outro local que soube tirar proveito do conhecimento do pico, imprimiu um ritmo forte para passar em primeiro sua bateria, trazendo o cearense Messias Félix junto com ele para as oitavas.

José Júnior, mesmo passando sua bateria em segundo, juntou-se a ‘Tropa de Elite’ local e mantém viva a esperança dos formosenses de que o campeão do Greenish Pro Nordeste 2009 seja um filho da terra.

Ítalo Ferreira, o mais jovem dentre os locais, mostrou muita segurança e não se intimidou diante do atual quarto colocado do ranking nordestino e integrante da elite nacional, o Baiano Rudá Carvalho, que ficou em segundo nessa bateria.

A Praia do Pontal de Baía Formosa se transformou em palco de um grande festival em plena terça-feira. A população veio em peso prestigiar seus atletas. A torcida só faltava entrar na água com seus ídolos e o clima de descontração e prazer de estar vivo, que só um campeonato de surf com altas ondas pode despertar, foi a tônica de todo o dia.

Dessa forma, podemos concluir que a decisão de esperar pelo swell para que se realizasse a competição com boas ondas, foi a melhor que se poderia ter tomado. Todos os atletas concordam que sentiram-se respeitados, sendo essa a verdadeira missão de uma entidade seria camada ANS.

O evento tem previsão de início para as 07 da manhã desta quarta-feira (24/06). A expectativa para amanhã é de que o mar dê uma melhorada e o público seja ainda maior durante todo o dia. Sem dúvida o show de surf está garantido, estão todos convidados a conferir ao vivo tudo que rola na 5ª Etapa do Circuito Nordestino de Surf Profissional através dos sites http://www.greensh.com.br/, http://www.cearasurf.com.br/ e http://www.surfbayte.com.br/ .

RESULTADOS DAS BATERIAS DA SEGUNDA FASE

BATERIA 1

1º Halley Batista - Pe
2º Alan Jones - RN

BATERIA 2

1º Felipe Oliveira - RN
2º Adilton Mariano - CE

BATERIA 3

1º Alan Donato - PE
2º Michel Adriano - CE

BATERIA 4

1º Betinho Rosa - CE
2º José Junior - RN

BATERIA 5

1º Itim Silva-CE
2º Jhon Max-RN

BATERIA 6

1º Michel Roque - CE
2º Fábio Silva - CE

BATERIA 7

1º Ítalo Ferreira -RN
2º Rudá Carvalho-Ba

BATERIA 8

1º Luel Felipe - PE
2º Bino Lopes - BA

BATERIA 9

1º Júlio Cavalcante-RN
2º Messias Félix - CE

BATERIA 10

1º Marco Fernandez-BA
2º Felipe Martins-CE

BATERIA 11

1º Franklin Serpa-BA
2º Isaías Silva-CE

BATERIA 12

1º Thiago de Sousa-Ce
2º César Aguiar-Pe


RESULTADOS DA TERCEIRA FASE

BATERIA 1

1º Michel Adriano – CE
2º Alan Jones – RN

BATERIA 2

1º Halley Batista-PE
2º Adilton Mariano-CE

BATERIA 3

1º Fabio Silva-CE
2º Itim Silva-CE


Jocildo Andrade - Assessoria ANS jocildo@anssurf.com.br (085) 8792. 8129
George W Noronha - Assessoria FCS gwnoronha@gmail.com (85) 8762.1363

terça-feira, 23 de junho de 2009

GREENISH PRO NORDESTE - Recomeça com boas ondas em BF.

Por Jocildo Andrade Assessoria ANS - 23/06/09 - 17:00
Recomeça a 5ª Etapa do Circuito Nordestino de Surf Profissional.
Alan Jhones autor da melhor média até o momento - foto Thiago Duarte


No quarto dia da inédita janela de espera para um evento do Circuito Regional Nordestino, a sétima bateria do primeiro round do Greenish Pro Nordeste entra na água.

Nessa manhã de terça-feira, 23/06, o mar apresenta boas séries com perspectiva de subir um pouco mais à medida que a maré secar. No freesurf, antes do início da sétima bateria, boas séries que chegavam a um metrão, entravam constantes no Pontal de Baía Formosa.

Dessa forma, a Comissão Técnica avaliou que já havia condições de se recomeçar o evento.

“As séries estão entrando. A previsão se confirmou e já podemos colocar as baterias dentro d’água já que a tendência é que as condições de surf melhorem mais ainda durante a maré secando. Os principais gráficos de previsão apontam para uma leve subida a partir do meio-dia”, declarou Lapo Coutinho, Head Judge do GRENISH Pro 09.

A primeira bateria do dia começou eletrizante com o domínio dos Potiguares, o local José Jr. não deu mole. Esta bateria tão esperada foi também bastante disputada, Chupetinha e Djakson Paulino disputavam a liderança da bateria a cada onda surfada, mostrando um pouco do que vai acontecer nestes dois dias de evento. E quem ganhou com isso foi o bom público que logo cedo já marca presença no Pontal.

Tudo indica que agora o campeonato seguirá normalmente. A única possibilidade real de interrupção será ao fato de a maré secar muito hoje.

Continuem ligados para conferir todas as emoções das disputas do GREENISH PRO 09, evento válido pela 5ª Etapa do Circuito Nordestino de Surf Profissional.

George W Noronha - Assessoria FCS gwnoronha@gmail.com (85) 8762.1363
Jocildo Andrade Assessoria ANS jocildo@anssurf.com.br 085 8792. 8129

Hang Loose Pro - Slater confirma presença

Por João Carvalho em 23/06/2009 13:49 - Fonte: WAVES




Kelly Slater volta ao Brasil. Foto: Aleko Stergiou.

A torcida brasileira terá mais uma chance, que pode ser a última, de ver ao vivo o maior ídolo do esporte. Kelly Slater está confirmado no Hang Loose Santa Catarina Pro, que pode começar já neste sábado (27/6) na praia da Vila, pois as previsões são de grandes ondas para o final de semana em Imbituba.

O eneacampeão mundial foi escalado na quarta bateria da fase classificatória, que já tem uma primeira chamada marcada para às 7 horas do sábado na praia da Vila.

O norte-americano abre a apresentação das principais estrelas do ASP World Tour 2009 no campeonato que já registra um recorde histórico de participação estrangeira no Brasil, com 41 surfistas confirmados de outros nove países.


Jihad Khodr encara adversários experientes no primeiro round. Foto: Aleko Stergiou.


O único bicampeão da etapa brasileira em Santa Catarina, Mick Fanning, entra depois da estréia de Slater. Na sequência, vem o defensor do título em Imbituba, Bede Durbidge, na sétima bateria tem Adriano de Souza, depois o líder Joel Parkinson, o vice Taj Burrow e CJ Hobgood, todos fortes candidatos ao título.

Apenas cinco surfistas podem tirar Joel Parkinson da ponta do ranking pela primeira vez no ano no Hang Loose Santa Catarina Pro. Com as duas vitórias em casa, o australiano abriu boa vantagem neste início de temporada, mas a etapa brasileira é só a quarta das dez programadas para este ano.

Vários podem entrar na briga com um bom resultado, mas os únicos com chances matemáticas de assumir a dianteira na corrida do título mundial no Brasil são Taj Burrow, Mick Fanning, o americano CJ Hobgood, o brasileiro Adriano de Souza e o sul-africano Jordy Smith.

Formato Antigo Os 48 competidores são divididos em 16 baterias na rodada de apresentação. Os vencedores avançam direto para a terceira fase e a segunda fica formada pelos perdedores.

Eles têm nova chance de classificação na repescagem já em duelos homem-a-homem, sistema de disputa que prossegue até a grande final. Jordy Smith vai inaugurar o Hang Loose Santa Catarina Pro 2009, junto com o também sul-africano Greg Emslie e o francês Tim Boal.

Já o primeiro brasileiro a se apresentar em Imbituba esse ano é o paranaense Jihad Khodr, contra dois dos surfistas mais experientes da elite, o australiano Phillip MacDonald e o californiano Bobby Martinez, que vem embalado de um bicampeonato nos tubos de Teahupoo, no Tahiti.

Jihad entra na terceira bateria e depois só na sétima o Brasil volta ao mar com Adriano de Souza começando a defender sua quinta posição no ranking. Pode pegar outro brasileiro, um dos convidados do Hang Loose Santa Catarina Pro, com o havaiano Kekoa Bacalso sendo o adversário já escalado.

Joel Parkinson, Taj Burrow e C. J. Hobgood também ainda aguardam a definição do último participante para conhecer o terceiro componente das suas baterias.

Apenas três dos top-45 do ASP Tour 2009 estão contundidos e não poderão competir em Imbituba. Jay Thompson já vem substituindo Luke Stedman desde o início da temporada, o americano Ben Bourgeois entra na vaga de outro australiano, Adrian Buchan, faltando saber só quem fica com a de Gabe Kling.


Neco Padaratz pode receber convite. Foto: Aleko Stergiou.

Neco Padaratz O também norte-americano Patrick Gudauskas, pela regras da ASP, foi o primeiro da lista a ser chamado, mas declinou do convite porque já está na África do Sul para disputar uma etapa do WQS.

A vaga então foi repassada para o australiano Yadin Nicol, que está sendo contatado. Caso também não responda positivamente até quarta-feira, o catarinense Neco Padaratz pode entrar, conforme adiantou o Tour Manager da ASP, Renato Hickel.

Neco fazia parte do ASP World Tour no ano passado, mas sofreu uma contusão e decidiu parar para buscar uma plena recuperação das dores crônicas nas costas e só voltar a competir com 100% da forma física. Ele disputou uma etapa do WQS em Trestles, na Califórnia, onde estava morando e fazendo um tratamento intensivo de preparação.


Heitor Alves é um dos brasileiros integrantes da elite. Foto: Aleko Stergiou.



Voltou ao Brasil e participou como convidado do SuperSurf na Bahia, ainda buscando recuperar o ritmo de competição. Sem dúvidas, o Hang Loose Santa Catarina Pro seria ótimo para testar seu nível atual com os melhores do mundo, porém é preciso aguardar a resposta de Yadin Nicol, para saber se virá substituir o norte-americano Gabe Kling em Imbituba.

Recorde Histórico Mesmo com a entrada de Neco ou não, o Hang Loose Santa Catarina Pro já apresenta a maior participação estrangeira da história em etapas do ASP World Championship Tour no Brasil.

O recorde era de quarenta na primeira edição da divisão de elite em 1992 e 41 já estão escalados para estrear no sábado na Praia da Vila.

Se Yadin Nicol vier completar o quadro dos 48 participantes, esse número sobe para 42. Por outro lado, será a etapa com menos brasileiros, apenas seis, ou sete se Neco Padaratz ganhar a última vaga.

Os confirmados são os três da elite, Adriano de Souza, Jihad Khodr e o cearense Heitor Alves, além dos convidados Guilherme Ferreira pela Federação Catarinense de Surf, Bernardo Pigmeu (PE) pela Hang Loose e o campeão brasileiro Gustavo Fernandes (RJ) pela Gate.

WCT Surf Music Festival No sábado (27/6) também acontece o WCT Surf Music Festival no novo espaço de shows do Mar del Rosa, na praia do Rosa, em Imbituba.

O baterista Teco Padaratz agora vive mais intensamente a carreira artística e vai dividir o palco com convidados especiais, Armandinho e John Bala Jones. Mas, a grande atração é a banda australiana The Beatiful Girls, uma das melhores de surf music do mundo.

O WCT Surf Music Festival vai começar a partir das 16 horas no Mar del Rosa e os ingressos já estão a venda em Florianópolis e em Imbituba.

O Hang Loose Santa Catarina Pro 2009 é uma realização da Gate e Quântica Promoções e Eventos em parceria com o Grupo RBS. Patrocínio: Hang Loose e Skol. Apoio: Prefeitura de Imbituba e Governo do Estado de Santa Catarina e Fundesporte - Fundo de Incentivo ao Esporte da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte.

Hang Loose Santa Catarina Pro 2009

Primeira fase

1 Jordy Smith (Afr), Tim Boal (Fra), Greg Emslie (Afr)
2 Fredrick Patacchia (Haw), Josh Kerr (Aus), Mikael Picon (Fra)
3 Bobby Martinez (EUA), Jihad Khodr (Bra), Phillip MacDonald (Aus)
4 Kelly Slater (EUA), Tim Reyes (EUA), Marlon Lipke (Ale)
5 Mick Fanning (Aus), Aritz Aranburu (Esp), Nathaniel Curran (EUA)
6 Bede Durbidge (Aus), Dean Morrison (Aus), Ben Bourgeois (EUA)
7 Adriano de Souza (Bra), Kekoa Bacalso (Haw) + 1 convidado
8 Joel Parkinson (Aus), Kai Otton (Aus) + 1 convidado
9 Taj Burrow (Aus), Jay Thompson (Aus) + 1 convidado
10 C. J. Hobgood (EUA), Dayyan Neve (Aus) + 1 convidado
11 Tom Whitaker (Aus), Dane Reynolds (EUA), Nic Muscroft (Aus)
12 Kieren Perrow (Aus), Drew Courtney (Aus), Michel Bourez (Tah)
13 Taylor Knox (EUA), Heitor Alves (Bra), Roy Powers (Haw)
14 Damien Hobgood (EUA), Chris Ward (EUA), Ben Dunn (Aus)
15 Jeremy Flores (Fra), Chris Davidson (Aus), Tiago Pires (Por)
16 Mick Campbell (Aus), David Weare (Afr), Dustin Barca (Haw)

Campeões da etapa brasileira do ASP World Tour em Santa Catarina

2008 – Bede Durbidge (Aus)
2007 – Mick Fanning (Aus)
2006 – Mick Fanning (Aus)
2005 – Damien Hobgood (EUA)
2004 – Taj Burrow (Aus)
2003 – Kelly Slater (EUA)

Ranking do ASP World Tour 2009 depois de três etapas

1 Joel Parkinson (Aus) – 3.000 pontos
2 Taj Burrow (Aus) – 2.318
3 Mick Fanning (Aus) – 2.208
4 C. J. Hobgood (EUA) – 2.196
5 Adriano de Souza (Bra) – 2.174
6 Jordy Smith (Afr) – 2.076
7 Bobby Martinez (EUA) – 2.025
8 Tom Whitaker (Aus) – 1.932
9 Fredrick Patacchia (Haw) – 1.886
10 Kieren Perrow (Aus) – 1.742
10 Damien Hobgood (EUA) – 1.742
10 Taylor Knox (EUA) – 1.742
13 Jay Thompson (Aus) – 1.610
14 Bede Durbidge (Aus) – 1.552
14 Adrian Buchan (Aus) – 1.552
16 Michael Campbell (Aus) – 1.511
20 Jihad Khodr (Bra) – 1.235
30 Heitor Alves (Bra) – 1.045

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Catarinense Pro - Gui Ferreira faz barba e cabelo.


Por Norton Evaldt em 21/06/2009 18:18 - Fonte: WAVES.

Guilherme Ferreira vence etapa em Navegantes (SC) e herda vaga de Marco Polo na etapa brasileira do World Tour em Imbituba (SC). Foto arquivo: Basílio Ruy.






Navegantes não decepcionou e o sol e as boas ondas apareceram para o show de surf dos melhores surfistas do estado e do país, na realização da segunda etapa do Oakley Santa Catarina Surf Pro, válido pelo Circuito Catarinense de Surf Profissional Fecasurf 2009, na praia Central de Navegantes.

A competição iniciou no sábado com ondas de até 1 metro abrindo para os dois lados. No período da tarde, o vento aumentou a intensidade e mexeu um pouco o mar, mas não impediu o catarinense Renan Batalha fazer a melhor nota (8,50 pontos) do dia de sábado na sexta bateria da segunda fase.

O domingo amanheceu com condições melhores que o dia anterior, quebrando 1 metro de onda com boas séries e boa formação, proporcionando disputas muito acirradas em todas as baterias com manobras alucinantes, e que mostraram o potencial dos atletas do Circuito Catarinense Profissional para todo público que compareceu na praia.

Todos os atletas se esforçaram ao máximo, mas o atleta Guilherme Ferreira, da praia do Campeche, em Florianópolis, foi o mais constante, liderando a bateria final do inicio ao fim. Com isso, levou a melhor nesta segunda etapa, vencendo seus adversários com duas ondas (7,17 e 5,43 pontos), somando (12,60 pontos) numa bateria muito disputada.

"Estou muito feliz com essa vitória, batalhei bastante e consegui a vitória aqui em Navegantes. Dedico essa vitória à minha esposa e meu filho, que sempre me dão muita sorte", declarou Guilherme Ferreira, campeão da segunda etapa do Oakley Santa Catarina Surf Pro 2009.

Esta segunda etapa do Circuito Catarinense de Surf Profissional Fecasurf distribuiu R$ 15 mil de premiação, mais 1.500 pontos para o ranking catarinense e 250 pontos para o Circuito ABRASP Brasil Tour 2009, divisão de acesso ao Super Surf.

O campeão catarinense profissional de 2009 garante automaticamente uma vaga como convidado para disputar o World Tour Brasil de 2010, caso ele seja realizado em Santa Catarina, além uma vaga para o Super Surf do próximo ano, o Circuito Brasileiro de Surf Profissional, caso venha a ser realizado.

Este ano, o bicampeão catarinense profissional 2007/2008, Marco Polo não irá participar da etapa brasileira do World Tour em virtude de estar competindo numa etapa do WQS na África do Sul, na busca pela classificação para a elite mundial do surf. O surfista pretende participar do World Tour como atleta da elite, e não como convidado.

A vaga então será do segundo colocado do ranking catarinense profissional 2008, que é o atleta de Florianópolis Guilherme Ferreira.

"Estou muito feliz em participar pela segunda vez do World Tour no Brasil e poder representar Santa Catarina através do Circuito Catarinense de Surf Profissional", comenta Gui Ferreira, vice-campeão catarinense profissional em 2008.

"Gostaria de agradecer a organização e o empenho do pessoal da Associação de surf das Praias de Navegantes juntamente com a Administração Municipal e o importante apoio da Vereadora Norminha, assim como, a importante participação do Governo Estadual que garantiu a realização desta etapa aqui em Navegantes, é a primeira vez que o Circuito Catarinense de Surf Profissional vem a Navegantes e estamos muito satisfeitos com o sucesso desta etapa", declara Fred Leite, Presidente da Federação Catarinense de Surf.

Goofy Tag Team - O público curtiu a divertida disputa do Goofy Tag Team, que é uma bateria especial de equipes, formadas por quatro atletas competindo com pranchas bi quilhas com rabeta fish da década de 70. A equipe vencedora desta grande confraternização que levou R$ 1 mil foi o time do Paraná, formado pelos atletas Caetano Vargas (PR), Pericles Dimitri (PR), Ronaldo Chicão (PR) e Jéferson da Veiga (PR) que mostraram muito controle e boas manobras nessas pranchas.

O Oakley Santa Catarina Surf Pro 2009 é apresentado pelo Governo do Estado de Santa Catarina através do FUNDESPORTE e da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte e tem o patrocínio da Oakley, Goofy, e apoio da Prefeitura Municipal de Navegantes, Fundação de Esportes e Secretaria de Turismo de Navegantes, Pousada Velho Marinheiro, Pousada Estalagem dos Navegantes, Hotel Los Amigos, Associação de Surf das Praias de Navegantes, Jornal Drop, Ric Record.

O Circuito da Federação Catarinense de Surf é homologado pela Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP) e pela Confederação Brasileira de Surf (CBS).

Segunda etapa do Oakley Santa Catarina Pro

Resultado

1 Guilherme Ferreira (SC)
2 Alex Lima (SC)
3 Beto Mariano (SC)
4 Pericles Dimitri (PR)
5 Alon Campestrini (SC)
5 Raphael Becker (SC)
7 Felipe Ximenes (SC)
7 Diego Rosa (SC)

Ranking catarinense depois da segunda etapa

1 Tânio Barreto (AL) 3250 pontos
2 Beto Mariano (SC) 2920
3 Alex Lima (SC) 2540
4 Raphael Becker (SC) 2440
5 Tomas Hermes (SC) 2150
6 Guilherme Ferreira (SC) 1979
7 Diego Rosa (SC) 1958
7 Felipe Ximenes (SC) 1958

Petrobras Feminino - Potiguares levantam torcida


Por Danielle Rocha em 20/06/2009 20:25 - Fonte: WAVES.



Krisna de Souza é destaque na primeira etapa do Circuito Petrobras de Surf Feminino. Foto arquivo: Rick Werneck.





Um duelo caseiro promete esquentar ainda mais a briga pelo título da primeira etapa do Circuito Petrobras de Surfe Feminino, que termina neste domingo na praia da Ponta Negra, em Natal (RN).

No ano passado, a potiguar Givanilta Ferreira surpreendeu favoritas e chegou à final, ficando em quarto lugar. Sua conterrânea, Krisna de Souza, foi mais longe, farantindo o vice-campeonato.

As duas dividem a mesma bateria da segunda fase da categoria Profissional, juntamente com a experiente cearense Tita Tavares e a catarinense Juliana Quint.

As disputas começam às 8:30 horas e poderão ser acompanhadas ao vivo pela site Ehlas, onde também é possível encontrar os resultados de todas as categorias. Válido pela divisão de acesso ao SuperSurf, o Circuito Petrobras distribui, a cada etapa, R$ 15 mil para as profissionais.

"É uma bateria muito forte e complicada, porque todas conhecem bem esse tipo de onda. Acho que a torcida local vai ficar meio dividida, mas eu treinei bastante e estou bem preparada. Fiz até uma prancha especial para competir aqui em Natal", disse Krisna.

Para oferecer uma melhor condição para as principais competidoras, a organização decidiu passar as disputas da segunda fase para este domingo. Se a favorita Diana Cristina segue concentrada para tentar conquistar a coroa do circuito pela terceira vez consecutiva, a catarinense Bárbara Muller já comemora o fato de estar entre as grandes em sua primeira competição na profissional. Ela também se destacou na Open e ainda disputou a Júnior.

"Eu sou amadora ainda, e desde pequenininha queria competir com aquelas que são ídolos para mim. Eu sempre quis ser igual a qualquer uma delas e agora estou aqui. Minha bateria mais parece uma final. Estou procurando não ficar nervosa", brinca Bárbara, de 17 anos. Além de acompanhar as manobras das meninas, o público presente pode participar de eventos paralelos que rolaram na areia. O sábado foi dedicado à campanha sobre exploração sexual infanto-juvenil, com debates e esquete teatral, e também à campanha pelo uso de fibras naturais, através da realização de oficinas.

Com o patrocínio da Petrobras, o Circuito tem a GOL Linhas Aéreas Inteligentes como transportadora oficial e conta com o apoio da Roxy Acessórios, Revista Ehlas, Prefeitura de Natal, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Marcha Mundial das Mulheres Católicas pelo Direito de Decidir, Abrasp, CBS, Federação Norteriograndense de Surfe, Associação de Surfe de Natal, Sindifibras, Ministério do Esporte, Secretaria Especial de Políticas Públicas para Mulheres.
Segunda fase profissional

1 Suelen Naraísa (SP), Taís de Almeida (RJ), Cláudia Gonçalves (SP) e Bárbara Muller (SC)2 Diana Cristina (PB), Luana Coutinho (SP), Bruna Queiroz (SP) e Chantalla Furlaneto (SC)3 Krisna de Souza (RN), Tita Tavares (CE), Givanilta Ferreira (RN) e Juliana Quint (SC)4 Gabriela Teixeira (RJ), Andréa Lopes (RJ), Camila Cássia (SP) e Natali Paola (SP)