quinta-feira, 28 de julho de 2011

Bruno Pig de volta a Indonésia.

Por: Bruno PIG - 28/07/11 - 22:02 - link fonte:

Bruno Pig um dos Free surfers mais dedicados de PE - foto: Kojek Surf Photography.

Cheguei no sábado dia 23/07/11 à noite em Bali, depois de uma carga de vôos e conexôes bastante cansativas.

Domingo fui a Uluwatu e o mar estava lindo, 4 pés no corner perfeito, entrei pra dar um mergulho mas sabendo que eu não iria render nada, mas valeu a pena.

Segunda não aguentei e dormi o dia todo só acordando a noite.

Terça acordei cedinho tomei aquele café super reforçado do Aquarius hotel, hahahaha que pra quem conhece é uma piada, e fui pro surf em Ulus, dei aquela passada em Hugo mas ele estava organizando sua Ilha em Lombok e pegando o swell que estava terminado.

Chegando em Ulis vi que tinha umas ondinhas, logo encontrei o Beto Santos e o Gustavo Kronig lendas dos shapers do Brasil.

Fiz uma bateria bem longa de 4 horas e fui presenteado com um tubinho que apareceu do nada, foto do Kojek surf photography.

Estou agora em Jakarta fazendo conecção pra Padang seguindo pra Mentawaii hoje com previsão de altas ondas (swell grande vindo por ai).

É isso galera !

Abraço forte a todos e em especial a minha Familia que é minha grande apoiadora,Fish, Surfguru, Pizzaria La Campanina Serrambi e Beto Santos.

Valeu. É rocha

Galeria de Fotos
Bruno Pig Indonésia 2011


SuperSurf com Masters e a estréia do Grand Masters no Arpex.

por João Carvalho / ASP. - 28/07/11 - 20:11 - link fonte:

O paranaense Peterson Rosa ganhou a primeira, contra o norte-americano Shea Lopezfoto: Cestari / ASP

As ondas continuaram pequenas na quarta-feira, mas com melhor formação e paredes mais longas para as manobras dos grandes ídolos do surfe mundial e brasileiro no Arpoador, Rio de Janeiro.

O segundo dia do SuperSurf ASP World Masters Championship marcou a estreia da categoria Grand Masters, que reúne as verdadeiras lendas vivas do início do Circuito Mundial na década de 70. Eles entraram logo depois da segunda fase Masters, que abriu mais um lindo dia de céu azul na capital carioca. Para a quinta-feira, a previsão é começar com a Grand Masters, às 8 horas no Arpoador.

Os competidores com 50 anos ou mais de idade já estavam ansiosos para surfar e o campeão mundial de 1977, Shaun Tomson, conquistou a primeira vitória da categoria com a nota 8 na onda que pegou nos minutos finais da bateria. Ninguém conseguiu bater os 12,75 pontos que ele somou contra os havaianos Hans Hedemann e Buzzy Kerbox, além do brasileiro Daniel Friedman, que venceu a etapa do Circuito Mundial no Arpoador também no ano de 1977.

"É demais estar na água com a lycra de competição, a mente voa direto para os tempos de competidor", falou Shaun Tomson. "É irado saber que minha mulher está em casa vendo isso, meu filho também, minha mãe, como é bom estes tempos de internet. Foi muito divertido estar lá dentro com grandes surfistas. As ondas estão até boas quando vêm, só que bem difícil de achar, então a sorte conta um pouco nessa condição. Eu amo o Rio de Janeiro, foi aqui que eu pedi minha mulher em casamento e ela aceitou! (risos). Foi quando estive aqui em 1987 e tenho grandes amigos no Brasil, como o Rico de Souza, Ricardo Bocão, Otávio Pacheco, e todos desta época estão aqui, então está tudo maravilhoso".

Diferente da categoria Masters, dos surfistas com 36 a 49 anos, o clima de confraternização na Grand Master se fez mais presente na maioria das baterias. Glen Winton foi quem mais venceu baterias na categoria Masters, 24 nas seis edições da competição, entre 1997 e 2003. Mas, ele já completou 50 anos e estreou na Grand Masters superando dois campeões mundiais, Peter Townend (1976) e Wayne Bartholomew (1978), que no Mundial Masters de 2003 no Havaí, faturou seu segundo título na categoria sem perder nenhuma bateria em Makaha Beach.

Na disputa seguinte, devido a uma contusão no ombro, o australiano Ian Cairns foi autorizado a entrar de "Stand Up", modalidade que o surfista fica em pé na prancha com um remo para pegar as ondas. O havaiano Michael Ho ganhou a bateria e chegou a brincar com ele, balançando a prancha com as duas mãos por trás até derrubá-lo na água. Michael já tem um título Grand Master (2000) e é recordista com 36 baterias disputadas nas seis edições do Mundial Masters.

CLIMA COMPETITIVO - O clima mais competitivo só aflorou no último confronto do dia, com Terry Richardson e Terry Fitzgerald, na disputa pelas ondas no Arpoador. Os dois saíram do mar discutindo, mas ficou nisso. Richardson foi o primeiro campeão mundial Masters na história da ASP, em 1997 em Fiji, também venceu a última edição do Waimea 5000 no Arpoador em 1982. Cheyne Horan foi bicampeão neste evento em 1978 e 1981 e ficou em terceiro nesta bateria que terminou com o Zé Alla em segundo lugar, melhor resultado dos brasileiros na categoria Grand Masters.

Na Masters que abriu a quarta-feira, foram quatro vitórias verde-amarelas seguidas nas primeiras baterias do dia. O paranaense Peterson Rosa ganhou a primeira, contra o norte-americano Shea Lopez, o niteroiense Guilherme Herdy e o australiano Barton Lynch. "Foi muito bom ter conseguido esses 10 pontos importantes para a classificação para as quartas de final. É muito legal esse formato porque você sabe que tem outras chances, mas fiquei nervoso antes da bateria ontem (terça-feira), hoje também, é competição mesmo, sempre tem a ansiedade, o frio na barriga. É como o Barton Lynch falou lá dentro, que há 8 anos ele não vestia uma lycra de competição. Para mim é um prazer estar aqui com todos estes ídolos que fizeram a história do surfe, além de fazer parte disso também", falou Peterson Rosa.

VITÓRIAS BRASILEIRAS - No segundo confronto do dia, o tricampeão mundial Masters nas últimas edições do evento, Gary Elkerton, chegou tarde, entrou depois da bateria ser iniciada e saiu antes dela terminar, sem achar ondas na difícil condição do mar no Arpoador. O paraibano Fábio Gouveia ainda derrotou o havaiano Kaipo Jaquias e o australiano Richard Lovett nesta segunda bateria. Na terceira, o paulista da Equipe Hang Ten, Renan Rocha, também festejou sua primeira vitória contra o havaiano Derek Ho, o australiano Jake Paterson e o americano Richie Collins.

"Essa fórmula desse campeonato é sensacional não só para os atletas, mas também pro público", destaca Renan. "Em um evento normal, eliminatório desde a primeira fase, muita gente que sai de casa e vem pra praia, pode nem ter a chance de ver o seu ídolo competir. Com essas cinco fases, isso não acontece. O público vibra mais na praia e acho que a ASP poderia até pensar em introduzir este formato em outros eventos. Ontem eu perdi, hoje venci, amanhã tem mais e isso é muito bom, sem falar que competir com essa galera, nossos ídolos, não tem preço. Mas, está rolando sim um clima de competição dentro d´agua. Quando começa a bateria, tem uns 70% que estão com sangue nos olhos".

INVICTOS NO ARPEX - A quarta vitória brasileira seguida foi conquistada pelo cabo-friense Victor Ribas, que bateu até o tricampeão mundial Tom Curren para manter sua invencibilidade no SuperSurf ASP World Masters Championships, além dos brasileiros Flavio Padaratz e Jojó de Olivença. Só Vitinho e o australiano Nathan Webster ganharam as duas baterias que disputaram no Arpoador e lideram a tabela de classificação para as quartas de final com 20 pontos.

A quarta vitória brasileira seguida foi conquistada pelo cabo-friense Victor Ribasfoto: Cestari / ASP.

"A bateria foi bem disputada, o Tom Curren quase virou no final e optei em sair pegando onda, tática de sobrevivência. Acho até que peguei onda demais e o pessoal reclamou", contou Victor Ribas, que está encarando o evento de forma totalmente profissional. "Está valendo dinheiro, tem o respeito, todo mundo surfa pra caramba, tem sua história, mas sou profissional, ainda estou ganhando a vida com isso e aqui é um campeonato que vale uma grana boa. Não dá para ficar nessa de respeitar, ainda mais com pouca onda. Tem que se posicionar bem para pegar as melhores e se impor".

O outro invicto no Arpex, Nathan Webster, derrotou o campeão mundial Mark Occhilupo, o bicampeão brasileiro Ricardo Toledo e o americano Brad Gerlach, que ficou só brincando com as ondinhas, surfando de base trocada. "Eu estou muito feliz, me sentindo um garoto de novo (risos), como se fosse meu primeiro ano no Circuito Mundial, com todos esses caras que já estavam lá quando eu comecei. É muito irado e estou me divertindo bastante", disse Webster.


Resultado da 1ª Etapa do Circuito Assuita em Itapuama

por: Roberto Bade - 28/07/11 - 19:54.

Carrapato foi o destaque do evento vencendo a Local e ficando com o vice na Open - foto: Divulgação/Assuita.

Termina a 1ª etapa do Circuito Assuita que rolou no último fim de semana 23 e 24 de julho. A próxima parada será em Pedra do Xareu ainda sem data definida.

O grande destaque do evento sem duvidas foi o atleta Gleidson França (Carrapato) que depois de estar ausente das competições voltou com tudo ,ganhando a categoria Local e por pouco não levando a Open que foi conquistada pelo atual campeão Pernambucano Osvaldo Cajá.

Osvaldo Cajá vencedor da Open - foto: Divulgação/Assuita.

Na mirim mais uma vez quem roubou a cena foi Tiago Silva que na semana anterior havia ganho um campeonato no quintal de sua casa (Maracaipe) estava voando literalmente nas ondas de Itapuama que estavam mexidas porem proporcionando paredes para execução de varias manobras, outros pontos positivos foram o grande numero de atletas no feminino ,isso mostra o grande crescimento do esporte entre as mulheres e também a vitória do Diretor Técnico da Federação Pernambucana de Surf Roberto Bade (Beto Parafina) na categoria Master que contou com grande s nomes do surf no Estado.

Circuito Assuita 2011 - foto: Divulgação/Assuita.

A ASSUITA ira realizar ainda mais 2 etapas para determinar os campeões do circuito 2011,a próxima parada será em Pedra do Xareu ainda sem data definida.

Resultado 1ª etapa Circuito ASSUITA 2011

Open:
1º Osvaldo Caja
2º Carrapato
3º Robson Silva
4º Tiago Machado( PB)

Local:
1º Carrapato
2º Alex Larinho
3º Fernando Santos
4º Roberto Silva

Master:
1º Beto Parafina
2º Claudio Marroquim
3º Fernando Santos
4º Fernando Pereira

Mirim:
1º Tiago Silva
2º Dodo Santos
3º Caio Santos
4º Ivan Silva

Feminino:
1º Chayanne
2º Selma Silva
3º Ramaiana
4ºNatalia Freitas

Longboard:
1º Carlao Silveira
2º Roustaing
3º Daniel O´brien
4ºGel Lima


Quiksilver Pro - Kiron domina Puerto.

Por Redação Waves - 28/07/11 - 16:37 - link fonte:

Kiron Jabour domina Quiksilver Pro em Puerto Escondido, México. Foto: Tony Roberts / Quiksilver.

O brasileiro naturalizado havaiano Kiron Jabour foi o campeão do Quiksilver Pro em Puerto Escondido, México.

A etapa de nível 4 estrelas do circuito mundial foi encerrada nesta quinta-feira, em ondas de até 3 metros.

Pela vitória, Kiron embolsa US$ 12 mil e soma 1000 pontos no ranking unificado.
Na final, o surfista de 20 anos nascido no Recife (PE) e criado no North Shore de Oahu totalizou 16.50 pontos para derrotar os também havaianos Ezekiel Lau (2o), Billy Kemper (3o) e Clay Marzo, quarto colocado.

Thiago Camarão para nas oitavas. Foto: Tony Roberts / Quiksilver.

Ezekiel, vencedor da etapa em El Salvador, foi quem mais chegou junto, registrando 15.50 pontos na grande decisão.

Os representantes do Brasil não foram muito bem na etapa. Os melhores foram o paulista Thiago Camarão e os catarinenses Ricardo dos Santos e Gabriel Galdino, eliminados nas oitavas-de-final.

Quem também caiu nessa fase foi Marco Giorgi, uruguaio residente em Santa Catarina.

Resultado do Quiksilver Pro Puerto 2011

1 Kiron Jabour (Haw)
2 Ezekiel Lau (Haw)
3 Billy Kemper (Haw)
4 Clay Marzo (Haw)
5 Olamana Eleogram (Haw)
5 Hank Gaskell (Haw)
7 Alvaro Malpartida (Per)
7 Christian Corzo (Mex)
17 Thiago Camarão (Bra)
17 Ricardo dos Santos (Bra)
17 Marco Giorgi (Uru)
25 Gabriel Galdino (Bra)
33 Ian Gouveia (Bra)
33 Franklin Serpa (Bra)
33 Sidney Guimarães (Bra)
49 Dennis Tihara (Bra)
49 Vinícius Fornari (Bra)
49 Nathan Brandi (Bra)
65 Felipe Cesarano (Bra)
65 Cristiano Bins (Bra)
81 Nelson Neto (Bra)
81 Gustavo Berlotto (Bra)

terça-feira, 26 de julho de 2011

Noite de sucesso na abertura da Exposição dos quadros de Flavio Caporali e Jorge Barata.

por: Pedro Monteiro / Assessor de Imprensa - 26/07/11 - 20:17.


Na última quinta-feira, 14 de julho, aconteceu no Rio de Janeiro a abertura da exposição dos artistas plásticos Flavio Caporali e Jorge Barata.

No espaço Florense – importante loja de móveis e decoração do Rio - aconteceu a vernissage de alto nível que teve a presença dos artistas de vários seguimentos.

A noite foi concorrida e de muita festa. Muita gente bonita lotou os quatro andares do espaço para contemplar as obras. A nata do surf carioca - a nova e a antiga geração de ouro do surf- estavam presentes para conferir os trabalhos dos artistas que começaram suas trajetórias pintando o surf ou para o surfe.

“A natureza realmente é sua grande fonte de inspiração. Os quadros do Flavio representam os momentos mágicos de paz, admiração e harmonia que o surfe nos oferece.” Disse, Caio Vaz um dos representantes da nova geração do surfe presentes na noite.

O evento Art At Florense que apresenta, 4 obras abstratas de Jorge e “Planeta Azul en Traços e Cores”, a exposição de Flávio, composta por 20 quadros, pode ser conferida até o dia 14 de agosto.

"O artista expressa seus sentimentos e suas experiências. No meu caso o surf me permite ter essas experiências com o mar. Esse contato com a natureza me dá muita energia e é através da arte que eu devolvo essa energia!” disse, Flávio feliz com a lotação maxima do espaço.

A reunião dos dois artistas foi idéia do jornalista Ricielle Santos. A Florense, ao longo dos anos, vem convidando artistas para, com suas obras, compor os ambientes na loja de Ipanema, com o evento batizado de Art At Florense.

A Florense Ipanema fica localizada na Rua Joana Angélica, 169, Ipanema, e pode ser vista de 2° a sábado das 10:00 às 18:00.

Galeria de Fotos da Abertura da Exposição



Swell épico - Fiji inesquecível.

Por: Redação Waves - 26/07/11 - 02:03 - link fonte:

swell épico em Cloudbreak, Fiji - foto: Bruno Lemos / Lemosimages.com

O swell da última semana deu o que falar. Muitos dizem que foi a maior ondulação já vista em Cloudbreak até hoje.

Fiji pegou fogo e chamou ainda mais a atenção do surf internacional com a presença de Kelly Slater, que causou grande polêmica ao abrir mão do Billabong Pro em Jeffrey's Bay para pegar ondas épicas em picos como Cloudbreak e Restaurants.

Durante a toda a última semana, surfistas especializados em tubos e ondas grandes fizeram a cabeça no paraíso de águas quentes e cristalinas.

O havaiano casca-grossa Kohl Christensen puxou a fila com um tubo fora de série, apontado como o mais sinistro da semana.

O Brasil foi muito bem representado pelo baiano Yuri Soledade, que partiu para Fiji acompanhado por Bruno Lemos, correspondente do Waves.

No aeroporto de Hononolu, Hawaii, Lemos encontrou nomes como Bruce Irons e Mark Healey embarcando rumo ao swell.

Sempre de olho no lance, o correspondente do Waves pegou um depoimento descontraído da dupla pra dar um brilho especial ao vídeo.

Confira no vídeo acima os melhores momentos da mágica semana, em edição produzida por Bruno Lemos, que viajou a Fiji com o apoio da revista Fluir.

Confiram Vídeo:

video

Surf Potiguar de LUTO.

Por: FESURF - 26/07/11 - 19:44 - link fonte:


falecimento do amigo, brother e irmão Jonathas Correia surfista da praia de miame e morador da comunidade de mãe luiza, o atleta que defendeu várias vezes as cores da bandeira do RN e da Fesurf_RN em competições Nacionais e Regionais de Surf modalidade em que teve mais destaque foi por várias vezes campeão estadual e Nordestino mostrando que tinha muito talento para a coisa sua manobra favorita era o aéreo 360º sem as mãos conhecido como o voo da garça.

Todo o surfe do RN esta de LUTO por esse grande amigo que parte para mais uma nova jornada onde as ondas são as mais perfeitas que existem e os oceanos infinitos, descanse em PAZ Jonathas (TamTam).


Willian Feiden leva tudo no Circuito Skala Modas e Mahalo Surf em Alagoas.

por: Bianca Barreto / Presidente FESEA -Federação de Surf do Estado de Alagoas - 26/07/11 - 19:38.

Alegria de Wilian Feiden na Pro - foto: Divulgação/FESEA.


Realizado neste ultimo fim de semana, o Circuito Skala Modas e Mahalo de Surf 2001 finalizou sua 3ª Etapa na Praia do Pontal da Barra em Alagoas, onde cerca de 130 atletas participaram .

Com o apoio da Secretaria Municipal de Maceió, através de seu Secretário Gustavo Toledo o Evento ficou ainda mais marcante. Com ondas de 1 metro a 1 metro e meio e corrente forte os atletas tiveram que exigir ainda mais de seu potencial.

Participação Ilustre de Pigmeu - foto: Divulgação/FESEA.

Na categoria Profissional tivemos a ilustre participação de Bernardo Pigmeu que matou a saudade de competir dentro de casa chegando até a semifinal perdendo para Willian Feiden campeão da bateria seguido de Fred Vilela, ambos alagoanos.

Na final da categoria realmente ninguém segurava Willian Feiden que fez a melhor nota do campeonato, 9,17 deixando Fred Vilela na segunda colocação , Klinger Peixoto em terceiro e Gilberto Araújo em quarto onde estes últimos ficaram em combination precisando de 14,78 para virar o resultado.

Ainda melhor para Willian que vinha determinado e foi para levar mais uma. Na final da open foi campeão em uma disputa dura que arrancou aplausos da torcida, com o sergipano Bruno Marujo em um placar de11,93 contra 11,10 de Bruno.

Agradecimentos á Skala modas, á Mahalo, Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Maceió, através de seu Secretário, Gustavo Toledo, pelo apoio a um dos esportes mais praticados do mundo. Também ao apoio da Mormaii, Fika Frio, Sococo, Pranchas Lush , TanTan doces e tortas, ComunidadeArtesã do Pontal da Barra, Trio Elétrico Dúdú Ronalsa, Comunidade Esportiva do Pontal, Clínica Qualityfisio, Federação de Jiu-Jitsu, Viva Ambiental Maceió, Água Solara .

Resultados:

Grommets
1º Wellington Reis-AL
2º Thiago Gonçalves-AL
3º Matheus Oscar-AL

Iniciante
1ºVictor Ramos-AL
2º Júlio César-AL
3ºEmanuel Gomes-AL
4ºWellington Reis-AL

Mirim
1º Amando Tenório-AL
2ª Guilherme Carvalho-AL
3ª Jamerson Cruz-AL
4º Manoel Felipe-AL

Júnior
1ºDenisson Rocha-AL
2ºGuilherme Carvalho-AL
3ºJamerson Cruz-AL
4ºAmando Tenório-AL

Open
1ºWillian Feiden-AL
2ºBruno Marujo-SE
3ºMarcelo Rodrigues-AL
4ºGlemisson Atayde-AL

Pro/Am
1ºWilian Feiden-AL
2ºFerd Vilela-AL
3ºKlinger Peixot0-AL
4ºGilberto Araújo-AL

Sênior
1ºKlinger Peixoto-AL
2ºLuciano Canário-AL
3ºMarcelo Rodrigues-AL
4ºGilberto Araújo-AL

Máster
1ºKlinger Peixoto-AL
2ºFred Vilela-AL
3ºFábio Nascimento-AL
4ºMarcelo Oliveira-AL

Grand-Máster
1ºFábio Nascimento-AL
2ºFred Vilela-AL
3ºCarlos Pereira-AL
4ºCarlos Modera-AL

Longboard
1ºRobason Fraga-SE
2ºDiojone Farias-AL

Feminino
1ºLívia Guimarães-AL

Vídeo-release da primeira etapa do Town & Country apresenta Tent Beach SP Contest 2011.

por: Roberto Pierantoni / RPXcom - MTb.: 18.194 - 26/07/11 - 19:16.

Estrutura co evento - foto: Munir El Hage.

Competição, que reuniu mais de 90 surfistas da Região Metropolitana de São Paulo, foi realizada no final de semana, em Santos.

São Paulo (SP) - Está disponível vídeo-release da primeira etapa do Town & Country apresenta Tent Beach SP Contest 2011, que foi realizada sábado e domingo, no Quebra-Mar da praia do José Menino, em Santos (SP). A captação de imagens é do vídeomaker Fábio Carvalho de Oliveira e a edição da 13 Produções.

A competição, organizada pela Associação de Surf da Grande São Paulo (ASGSP) em conjunto com a empresa de promoção Event Tools, reuniu mais de 90 surfistas e apontou vencedores de seis categorias: Sérgio "Frog" Ricardo (Open ZL), Jonathan Paiva (Long ZL), Kleber Stefano (Máster ZL), Eduardo Maia (Open SP Trials), Paulo Giachetti (Long SP Trials) e Renato Wanderley (Open Local).

O circuito é apresentado pela Town & Country, com patrocínio da Tent Beach e organização da Associação de Surf da Grande São Paulo e da Event Tools. Os apoiadores são HB, BHS, Da Finz, V10 Impressões Digitais, Glasser Future Surfboards e Nivana Super Trips, respectivamente, a prancha e a operadora oficial do evento.

A supervisão é da Confederação Brasileira de Surf (CBS) e da Federação Paulista de Surf (FPS), com participação nesta primeira etapa da Associação Santos de Surf (ASS) e da Prefeitura Municipal de Santos.

Confiram o Vídeo:

video

Definidos os últimos vencedores da 1ª etapa do Town & Country apresenta Tent Beach SP Contest.

por: Roberto Pierantoni - RPXcom - MTb.: 18.194 - 26/07/11 - 19:10.

Sérgio Frog, campeão Open ZL - foto: Munir El Hage.

Competição, que teve os primeiros ganhadores conhecidos no sábado, terminou neste domingo, nas ondas de Santos.

Santos (SP) - Kleber Stefano, na Máster ZL; Jonathan Paiva, na Longboard ZL, e Paulo Giachetti, na Longboard SP Trials. Estes foram os três campeões definidos neste domingo da etapa de abertura do Town & Country apresenta Tent Beach SP Constest 2011. A disputa válida pelo Circuito Metropolitano de São Paulo foi realizada nas ondas do Quebra-Mar da praia do José Menino, em Santos (SP). Outros três vencedores foram conhecidos na tarde de sábado: Sérgio "Frog" Ricardo, na Open ZL; Eduardo Maia, na Open SP Trials, e Renato Wanderley, na Open Local.

Esta primeira etapa foi destinada aos atletas moradores nos bairros e cidades da Zona Leste da Grande São Paulo. Os residentes em outras regiões competiram nos chamados SP Trials, que também são classificatórios para o Confronto Final, programada para dezembro, na praia do Tombo, no Guarujá (SP). "Começamos bem a temporada, com mais de 90 inscrições. Estamos todos felizes com o bom início do campeonato neste ano em que ele completa dez anos", avaliou Dadá Nascimento, presidente da Associação de Surf da Grande São Paulo (ASGSP), organizadora do evento em conjunto com a Event Tools.

Apesar de o tamanho das ondas ter diminuído em relação a sábado, o competidores mostraram um bom nível de surfe e animaram o público que compareceu ao o píer do Quebra-Mar em um domingo ensolarado em Santos. Os destaques do dia foram justamente os vencedores. A começar por Kleber Stefano, que subiu ao degrau mais alto do pódio na categoria Máster ZL. Ele superou na bateria final Hemerson Sabino, Sandro Ishimoto e Ricardo Saheli. "Estou muito feliz, pois participo do SP Contest desde o início, em 2001, e esta é minha primeira vitória", afirmou o surfista da Vila Diva.

Jonathan Paiva, vencedor na Long ZL - foto: Munir El Hage.

Jonathan Paiva, por sua vez, conquistou o bicampeonato na Longboard ZL. Ele já havia sido finalista da Open ZL, no sábado, e obteve a quarta colocação. "Queria muito ter vencido na pranchinha, mas tive uma interferência anotada contra a mim e acabei não conseguindo. A recompensa veio com esta vitória no pranchão", disse. Em segundo lugar ficou Daniel Adan, seguido de Jefferson Precioso e de Domingos João.

Na categoria Long SP Trials Paulo Giachetti teve um desempenho impecável durante todo o campeonato e repetiu a performance na bateria decisiva, em que superou o sete vezes campeão do SP Contest e também atletas da Zona Sul Léo Paioli (2º), João Renato (3º), da Zona Norte, e Alexandre Miranda, da Zona Oeste. "A escolha das ondas foi fundamental e determinante para a minha vitória em uma bateria equilibrada pelo bom nível técnico dos adversários", analisou o campeão.

A segunda etapa do Town & Country apresenta Tent Beach SP Contest 2011 será realizada na praia de Itamambuca, em Ubatuba (SP), nos dias 13 e 14 de agosto, e é destinada aos surfistas residentes na região do Grande ABC.

Resultados

Máster ZL
1º Kleber Stefano
2º Hemerson Sabino
3º Sandro Ishimoto
4º Ricardo Saheli

Longboard ZL
1º Jonathan Paiva
2º Daniel Adan
3º Jefferson Precioso
4º Domingos João

Longboard SP Trials
1º Paulo Giachetti (ZS)
2º Léo Paioli (ZS)
3º João Renato (ZN)
4º Alexandre Miranda (ZO)

Open ZL
1º Sérgio "Frog" Ricardo
2º Pedro Regatieri
3º Thiago Costa
4º Jonathan Paiva

Open SP Trials
1º Eduardo Maia (ZN)
2º Henrique Scaff (ZS)
3º Rafael Spitaletti (ZO)
4º Lucas Martinho (ZN)

Open Local
1º Renato Wanderley
2º Jair Oliveira
3º Matheus Salazar
4º Douglas Noronha

O circuito é apresentado pela Town & Country, com patrocínio da Tent Beach e organização da Associação de Surf da Grande São Paulo e da Event Tools. Os apoiadores são HB, BHS, Da Finz, V10 Impressões Digitais, Glasser Future Surfboards e Nivana Super Trips, respectivamente, a prancha e a operadora oficial do evento. A supervisão é da Confederação Brasileira de Surf (CBS) e da Federação Paulista de Surf (FPS), com participação nesta primeira etapa da Associação Santos de Surf (ASS) e da Prefeitura Municipal de Santos.


segunda-feira, 25 de julho de 2011

Macaé Ecosurf - Hizunomê supera campeões.

Por: Alexandre Versiani - 25/07/11 - 12:53 - link fonte:

Hizunomê Bettero conquista título do Macaé Ecosurf na praia do Pecado. Foto: Pedro Monteiro / Adding Eventos.

Com viradas conquistadas nos minutos finais de bateria e vitória sobre dois ex-campeões brasileiros, o ubatubense Hizunomê Bettero sagrou-se campeão do Macaé Ecosurf 2011, encerrado neste domingo na praia do Pecado, Macaé (RJ).

Pela primeira vez na história, uma etapa do Circuito Brasil Tour desembarcou nas ondas da cidade, localizada no litoral Norte fluminense e conhecida como a "Capital Nacional do Petróleo".

Gustavo Fernandes fica com o vice-campeonato e lamenta falta de patrocínio. Foto: Pedro Monteiro / Adding Eventos.

Em ondas de meio metro e prejudicadas pelo forte vento maral, Hizunomê venceu o carioca Gustavo Fernandes, campeão nacional de 2008, por 14.27 a 9.27 na decisão que reuniu dois surfistas goofy-footers e representantes da elite do surf brasileiro.

O atleta, que já havia superado nas semifinais Messias Félix, campeão do SuperSurf de 2009 (antigo Brasil Surf Pro), e o atual vice-campeão brasileiro Alan Jones nas quartas, comemorou muito o reencontro com a vitória em uma competição organizada pela Abrasp.

"Estava treinando bastante, dentro e fora da água, e acreditei que minha hora ia chegar. Os resultados estão aparecendo aos poucos, graças a Deus. Estou muito feliz de ter vencido este campeonato, que é um dos mais importantes do Brasil", comemora o surfista de Ubatuba, que faturou R$ 12,5 mil e 2.500 pontos no ranking da divisão de acesso para o Brasil Surf Pro.

Na decisão, Hizunomê preferiu se posicionar bem em frente ao palanque e saiu na frente com ataques consistentes de notas 6.33 e 4.01. Guga ficou ao lado da Laje do Pecado e esperou as direitas para atacar de backside.

O ubatubense ainda ampliou o placar com 7.27 pontos em uma esquerda até a beira da praia e 7.00 em um aéreo rodando. As boas ondas não apareceram para Gustavo e ele acabou em segundo, com notas 5.50 e 4.23. Com o resultado, o carioca soma 2.150 pontos no ranking e leva o cheque de R$ 7,5 mil.

"A gente sempre quer ser campeão quando chega a uma final. Mas o segundo lugar foi um bom resultado, o Hizunomê está surfando muito bem e está de parabéns. O que tenho a lamentar é que fui campeão brasileiro, bicampeão carioca e hoje estou sem patrocínio nenhum. Está difícil até ir para os campeonatos, mas vou batalhar e dar a volta por cima", diz Gustavo.

Antes da grande final, o dia de Hizunomê Bettero começou com fortes emoções na praia do Pecado. Ele venceu um duelo apertado nas quartas-de-final por 12.07 a 9.83 contra o potiguar Alan Jones, quando precisava de nota 4.30 e nos minutos finais conseguiu um aéreo sem as mãos na borda para somar 6.20 e virar o placar.

Já na semifinal avançou de maneira parecida sobre o inspirado cearense Messias Félix, campeão brasileiro de 2009. Messias liderava e a poucos minutos do fim o ubatubense descolou duas fortes batidas para aplicar mais um vira-vira em Macaé.

Já o carioca Gustavo Fernandes apresentou um surf polido de backside nas direitas do Pecado e usou essa arma durante todo o dia decisivo. Nas quartas ele venceu o confronto contra o conterrâneo Simão Romão por 10.73 a 10.07 e na semifinal levou a melhor pelo placar de 10.10 a 8.50 em um duelo de poucas ondas contra o cearense Marcio Farney.

Messias Félix e Marcio Farney completaram o pódio na terceira posição. Messias foi o dono das melhores atuações nos quatro dias de evento. Na lista de estatísticas, dos dez melhores somatórios, seu nome aparece cinco vezes. A mesma coisa acontece na lista das dez melhores ondas.

Depois de deixar Danilo Costa em combinação nas quartas, ele liderou boa parte da bateria semifinal contra Hizunomê Bettero, mas viu o adversário virar o placar no final. Já Farney apresentou um surf sólido nas quartas e venceu o paraibano Jano Belo. Mas não manteve o ritmo na semifinal e não conseguiu achar boas ondas na bateria contra Gustavo Fernandes.

Messias e Farney terminaram com 1.825 pontos no ranking e R$ 3,75 mil de premiação. Em quinto lugar ficaram Danilo Costa, Simão Romão, Jano Belo e Alan Jones. Estes somam 1.525 pontos no ranking e levam o cheque de R$ 1,875 mil para casa.

As boas ondas da Laje do Pecado não apareceram no dia decisivo. Assim como nos últimos dias, o swell não apresentou consistência o suficiente para fazer o point de direitas funcionar e os surfistas tiveram bastante dificuldade para se posicionar no outside.

Todos procuravam arriscar tudo nas marolas e a grande maioria optou por surfar bastante em uma mesma bateria. Ao longo de todo o campeonato, mais de 80% das ondas foram surfadas no critério fraco (até 2.59 pontos) e regular (de 2.60 a 4.19), enquanto menos de 5% foram surfadas no critério muito bom (6.20 a 7.99) ou excelente (de 8 a 10 pontos).

O paulista Filipe Toledo, eliminado na terceira fase, teve a maior nota (9.64) e o maior somatório (16.84) da competição, obtidos ainda na primeira fase.
Confira mais fotos e notícias em nossas próximas atualizações.

Resultado do Macaé Ecosurf 2011

1 Hizunomê Bettero (SP)
2 Gustavo Fernandes (RJ)
3 Marcio Farney (CE)
3 Messias Félix (CE)
5 Alan Jones (RN)
5 Danilo Costa (RN)
5 Simão Romão (RJ)
5 Jano Belo (PB)
9 Leandro Bastos (RJ)
9 Marthen Pagliarini (SC)
9 Alandresson Martins (BA)
9 José Eduardo (RJ)

Billabong Pro - Jordy segura taça.

Por: Redação Waves - 25/07/11- 13:26 - link fonte:

Jordy Smith é bicampeão do Billabong Pro em Jeffrey's Bay, África do Sul. Foto: © ASP / Kirstin.

O sul-africano Jordy Smith fez a festa da torcida ao conquistar o bicampeonato do Billabong Pro neste domingo, em Jeffrey's Bay, África do Sul.

Com belíssimas atuações nas ondas de até 1,5 metros e formação prejudicada pelo forte vento maral, Jordy manteve o cinturão em J-Bay e faturou US$ 70 mil pela vitória na quarta etapa do World Tour.

Na final, o sul-africano de 23 anos derrotou o australiano Mick Fanning por 15.60 a 14.83 pontos.

Jordy descolou 8.60 e 7.00 nas duas melhores notas, enquanto Mick somou 8.00 e 6.83.

"Foi uma semana incrível para mim", comemora Smith. "Todo a torcida das pessoas em Jeffrey's Bay, Garth (Tarlow), Steve (Smith), minha namorada Lyndall (Jarvis), minha mãe, meu pai e todos. Foi uma semana realmente especial para mim e estou muito feliz agora", diz o campeão, emocionado.

Mick Fanning fica com o vice. Foto: © ASP / Kirstin.

Com a vitória, ele pula da quinta para a segunda posição no ranking mundial e vai em busca do seu primeiro título. "Mick (Fanning) estava surfando de forma incrível durante toda a semana. Ele sempre é uma inspiração e está ali com todos na caça ao título. Hoje foi uma grande vitória para mim. No último ano, foi muito emocionante. Estar de volta este ano é muito bom. É demais para a minha confiança e estou ansioso pelo resto do ano", finaliza Jordy.

O melhor brasileiro na competição foi o catarinense Alejo Muniz, eliminado nas quartas-de-final pelo australiano Joel Parkinson.

Com 8.60 e 8.23, Parko deixou o brasileiro em situação complicada, precisando da combinação de duas notas para vencer. Alejo bem que tentou, mas obteve apenas 5.33 e 2.83 no somatório.

"Eu nunca pensei que teria bons resultados em meu ano de estreia", diz Alejo à assessoria de imprensa da ASP. "Estou surfando com meus heróis e ir avançando baterias é o que sempre sonhei desde pequeno. Isto combina com o meu melhor resultado desde a Gold Coast e estou amarradão por estar livre do corte do World Tour em agosto", completa o surfista de 21 anos.

Depois de passar pelo brasileiro, Parko não resistiu ao compatriota Mick Fanning, perdendo o duelo de altíssimo nível pelo placar de 15.30 a 17.47 pontos.

Na outra semi, o sul-africano Jordy Smith passou pelo aussie Adrian Buchan por 17.46 a 11.87. Antes de derrotar Buchan e Fanning, Smith havia atropelado o norte-americano Damien Hobgood por 15.10 a 8.94.

Joel Parkinson, terceiro em J-Bay, é o novo líder do ranking mundial. Foto: © ASP / Kirstin.

Líder Com a terceira posicão em J-Bay, Joel Parkinson é o novo líder do World Tour 2011. Além de perder a ponta para Parko, o brasileiro Adriano de Souza ainda foi ultrapassado pelo campeão Jordy Smith.

Ao comentar a liderança, Parko foi cauteloso. "Eu ainda não penso nisso. Este é apenas o quarto evento do ano e já estive nesta posição antes. Estou feliz com meu surf, com minhas pranchas, e vou continuar de olho na próxima bateria", garante o aussie de 30 anos.

Resultado do Billabong Pro J-Bay 2011

1 Jordy Smith (Afr)
2 Mick Fanning (Aus)
3 Adrian Buchan (Aus)
3 Joel Parkinson (Aus)
5 Alejo Muniz (Bra)
5 Damien Hobgood (EUA)
5 Julian Wilson (Aus)
5 Josh Kerr (Aus)
13 Jadson André (Bra)
13 Adriano de Souza (Bra)
13 Heitor Alves (Bra)
25 Raoni Monteiro (Bra)

Ranking do World Tour 2011 depois de 4 etapas

1 Joel Parkinson (Aus) 25700
2 Jordy Smith (Afr) 24750
3 Adriano de Souza (Bra) 22250
4 Mick Fanning (Aus) 19500
5 Taj Burrow (Aus) 18250
6 Kelly Slater (EUA) 16950
7 Michel Bourez (Tah) 16000
8 Bede Durbidge (Aus) 15000
9 Josh Kerr (Aus) 13900
9 Owen Wright (Aus) 13900
11 Adrian Buchan (Aus) 12750
11 Tiago Pires (Por) 12750
13 Alejo Muniz (Bra) 12650
14 Damien Hobgood (EUA) 11450
15 Jeremy Flores (Fra) 10500
16 Jadson André (Bra) 10450
23 Heitor Alves (Bra) 7000
28 Raoni Monteiro (Bra) 5500

Confiram o vídeo das Finais:

video

Definidos os primeiros campeões do Town & Country apresenta Tent Beach SP Contest 2011.

por: Roberto Pierantoni - MTb.: 18.194
RPXcom - 25/07/11 - 12:33.

Galera no Quebra-Mar - foto: Munir El Hage.

Neste sábado, foram conhecidos os vencedores de três categorias na etapa de abertura do circuito, que prossegue neste domingo, em Santos

Santos (SP) - Os primeiros campeões da etapa de abertura do Town & Country apresenta Tent Beach SP Contest 2011 foram conhecidos na tarde deste sábado, nas ondas do Quebra-Mar da praia do José Menino, em Santos (SP). A competição é destinada aos surfistas residentes nos bairros ou cidades da Zona Leste da Grande São Paulo. E o primeiro a conquistar um lugar no degrau mais alto do pódio foi Sérgio "Frog" Ricardo justamente na categoria Open ZL, a principal em disputa.

Sérgio "Frog" Ricardo, 1o na Open ZL - foto: Munir El Hage.

Na bateria final, o surfista do bairro paulistano do Tatuapé superou nos segundos finais a Pedro Regatieri, que pelo primeiro ano disputou a Seletiva ZL - até 2010, morava na Zona Oeste - e tem no currículo o bicampeonato (2005 e 2006) do SP Contest. Frog, campeão em 2007 do circuito, precisava de uma nota 3.61 para virar e obteve 3.75 dos juízes do quadro da Federação Paulista de Surf (FPS). Na terceira colocação terminou Thiago Costa, seguido de Jonathan Paiva.

"É uma emoção enorme vencer logo na primeira etapa no ano em que o circuito completa dez anos", afirmou o vencedor, um dos idealizadores da competição, isso em 2001. "Senti que ganharia quando me classifiquei nas semifinais também nos últimos instantes da bateria. Não deu outra. Venci e, novamente, de virada. Agora é ir com tudo para o Confronto Final (etapa que reúne os classificados de cinco regiões da Grande São Paulo e definirá os campeões metropolitanos de 2011)", ressaltou Frog.


Eduardo Maia, vencedor na Open SP Trials - foto: Munir El Hage.

Outro ganhador definido neste sábado saiu na Open SP Trials, categoria aberta para atletas de outras localidades da Região Metropolitana e também classificatória para o Confronto Final, em dezembro, na praia do Tombo, no Guarujá: Eduardo Maia, da Zona Norte e atual bicampeão do SP Contest.

No confronto decisivo, ele ficou à frente de Henrique Scaff, da Zona Sul, de Rafael Spitaletti, da Zona Oeste, e de Lucas Martinho, da Zona Norte.

Renato Wanderley, ganhador da Open Local - foto: Munir El Hage.

Na categoria Open Local, em que competem apenas surfistas da cidade onde a etapa ocorre e não é válida para formação de ranking, vitória do experiente Renato Wanderley, um dos maiores surfistas de Santos de todos os tempos. Em segundo lugar ficou o tricampeão paulista profissional Jair Oliveira (1994, 1997, 1998), seguido de Matheus Salazar e de Douglas Noronha.

A definição de adiantar o cronograma e realizar três finais no sábado e não no domingo, como previsto inicialmente, foi para aproveitar as boas condições do mar e também porque as previsões apontam que as ondas diminuirão de tamanho e isso poderia prejudicar o nível técnico das disputas.

"Foi uma decisão acertada, pois o mar abaixou muito durante o dia", disse Dadá Nascimento, presidente da Associação de Surf da Grande São Paulo (ASGSP), organizadora da competição em conjunto com a empresa de promoção Event Tools.

Rafael Spitaletti, finalista na Open SP Trials - foto: Munir El Hage.

Neste domingo, a disputa recomeça às 8h30 e serão conhecidos os campeões das outras três categorias em disputa nesta primeira etapa do Town & Country apresenta Tent Beach SP Contest 2011: Máster ZL, Longboard ZL e Longboard SP Trials. A perspectiva é que a competição termine por volta das 12h15, quando será dado início à cerimônia de premiação.

Resultados

Open ZL
1º Sérgio "Frog" Ricardo
2º Pedro Regatieri
3º Thiago Costa
4º Jonathan Paiva

Open SP Trials
1º Eduardo Maia (ZN)
2º Henrique Scaff (ZS)
3º Rafael Spitaletti (ZO)
4º Lucas Martinho (ZN)

Open Local
1º Renato Wanderley
2º Jair Oliveira
3º Matheus Salazar
4º Douglas Noronha

O circuito é apresentado pela Town & Country, com patrocínio da Tent Beach e organização da Associação de Surf da Grande São Paulo e da Event Tools. Os apoiadores são HB, BHS, Da Finz, V10 Impressões Digitais, Glasser Future Surfboards e Nivana Super Trips, respectivamente, a prancha e a operadora oficial do evento. A supervisão é da Confederação Brasileira de Surf (CBS) e da Federação Paulista de Surf (FPS), com participação da Associação Santos de Surf (ASS) e da Prefeitura Municipal de Santos.



VIVA SAÚDE APRESENTA: 1ª Etapa do circuito Gold Island Surf Master 2011.

por: Fábio Quencas /Presidente da A.S.M.PE(Associação Surf Master de Pernambuco) - 25/07/11 - 12:29.

Cartaz do Evento - foro: reprodução.

1ª Etapa do circuito Gold Island Surf Master 2011, que conta também com patrocínio da Abreus Surf Wear. O evento irá acontecer, nos dias 06 e 07 de AGOSTO, na praia do Cupe, na vala do Borete - Porto de Galinhas – Ipojuca - 65 km de Recife - litoral sul.

As inscrições devem ser realizadas antecipadamente.
Segue todos contatos no fim do texto.

O CAMPEONATO TERÁ INÍCIO ÀS 9 horas do sábado – 06.08.2011 iniciando com as categorias, MASTER , SENIOR E INICIANTE (ATÉ 14 ANOS)
Na categoria MASTER (35 ANOS ACIMA), terá premiação de R$ 500,00 (quinhentos reais), ALÉM DE TRÓFEUS, KITS E BLOCO TECCEL.

Categoria GRAND MASTER (40 anos acima) o campeão receberá, além de um bloco teccel, troféus, kits e um vale prancha da marca, SWELL SURFBOARDS.
Categoria SENIOR receberá troféus kits e bloco teccel .

Categoria LONG será premiada com troféus e kits extras.
A categoria INICIANTE, com troféus, bloco teccel kits e brindes extras.

A KAHUNA( 45 anos acima) o campeão receberá além de um bloco teccel, troféus, kits e um vale prancha da marca, SWELL SURFBOARDS
“A A.S.M.PE (Associação Surf Master de Pernambuco) CONVIDA TODOS COMPETIDORES A SABORIAR O TRADICIONAL, DELICIOSO E SAUDÁVEL CAFÉ DA MANHÃ COM MUITAS FRUTAS TROPICAIS E VARIEDADES DE SANDUÍCHES NATURAIS, CEDIDO POR FOME ZERO LANCHES LEVES.”

Nos dias 06 e 07 de AGOSTO, sábado e domingo irá entrar boas ondas. Assim, com certeza será um evento para valorizar ainda mais 0 CIRCUITO SURF MASTER !!!

Este ano, o nosso circuito - A.S.M.PE (Associação Surf Master de Pernambuco) continua com força total, com a Viva Saúde e as marcas GOLD ISLAND Boardshorts e Abreus surf wear, sendo os patrocinadores do nosso Circuito Surf Máster 2011. Que retorna nesta última etapa para a praia do Cupe - Porto de Galinhas, onde sempre temos boas ondas.

"Além da parte de piscinas naturais de Porto de Galinhas, o mar do Cupe oferece trechos de ótimas ondas, muito procuradas por todos surfistas. Considerada uma praia para se divertir em família: casas de veraneio e pousadas predominam no local. Orla linda, belíssima, natural, ondas maravilhosas com ótimas condições para o surf."

Nesta 1ª etapa do circuito da A.S.M.PE, (Associação Surf Master de Pernambuco) 2011 na vala do Borete , estamos distribuindo R$9.500.00 (nove mil e quinhentos reais ) em PREMIAÇÕES. Ficando bem claro a parceria da GOLD ISLAND com ABREUS SURF WEAR e a A.S.M.PE, (Associação Surf Máster de Pernambuco ) que traz também nesse avento, o sistema de computação do Surf Byte.

VIVA SAÚDE INFORMA:

AS INSCRIÇÕES JÁ ESTÃO SENDO REALIZADAS!!!!

MASTER (ACIMA DE 35 ANOS ) R$ 50.00
GRAND MASTER (ACIMA DE 40 ANOS) R$ 50.00
SENIOR (ACIMA DE 28 ANOS) R$45.00
KAHUNA (ACIMA DE 45 ANOS) (R$ 45.00)
LONG BOARD (ABERTO) R$ 40.00)
INICIANTE (ATÉ 14 ANOS) R$ 40.00)

" Preços para quem realizar inscrições até sexta feira dia 05 de agosto de 2011. após esta data haverá um acréscimo de
R$ 10.00 para inscrições feitas no dia ''.

Lembrando que todos atletas precisarão, comprovar as suas idades com algum documento de identidade com foto.

"Teremos nessa abertura do nosso glorioso circuito Surf Master 2011, uma especial categoria, que estamos também incentivando que é a Stand up aberta para todas idades''.

“LEMBRANDO QUE NO ENDEREÇO ABAIXO VOCÊ ENCONTRA O RANKING 2010 COMPLETO DE TODAS CATEGORIAS”

www.surfbyte.com.br/Eventos/2010/MASTER1003/
Como sempre, a A.S.M.PE (Associação Surf Master Pernambuco) , VISANDO
APOIAR AO MÁXIMO O SURF, reconhece todos os esforços dos atletas nesta fase máster, e assim não podia deixar de relatar e parabenizar, o grande atleta Pernambucano, Mauricio Bandeira, ele que é um ótimo surfista, foi o grande campeão do circuito surf master 2010, ganhando de grandes nomes do surf nordestino, ficando com a passagem Recife-Noronha, mostrando uma grande evolução em seu surf e já confirmando sua presença para essa etapa de abertura do circuito 2011.

Assim a A.S.M.PE (Associação Surf Master de Pernambuco), LHE PREMIA DESDE JÁ, COM A SUA INSCRIÇÃO NESSA 1ª ETAPAL DO CIRCUITO GOLD ISLAND SURF MASTER 2011, QUE TEM COMO PATROCÍNIO , ABREUS SURF WEAR.

TODAS AS CATEGORIAS, TEM INSCRIÇÕES LIMITADAS!!!!
CO-PATROCINIO

ACADEMIA R2, WAVE LAND, TORQUE CONSTRUÇÕES, REPÚBLICA DO SURF, LONG ISLAND, MXA.

APOIO:
Vereador Olavo Aguiar, Relevos, deputado estadual João Fernando, swell surfboards, Bar do Marcão, Wave Grip, , Surf Point (açaí do Alvinho), Pousada do Raí,Pousada Brisas, Fome Zero Lanches Leves e Federação Pernambucana de surf, Ripple, Marakasurf, Pousada brisas, Natural Art, Bob Nick, teccel
Surfenordeste.com.br,surfguru.com.br, portodosurf.blogspot.com, cearasurf.com.br, surfbyte.com.br, ondulação.com.br,waves.com.br, abreusurf.com.br, goldisland.com.br, surfcore.com.br, surfpe.blogspot.com, surfcupe.com.br,

Abaixo você pode conferir alguma das opções para sua hospedagem nos dias do evento:

A Pousada Privê Maracaípe localiza-se na Baía de Maracaípe - Porto de Galinhas. Instalada em uma área arborizada a 70 metros da praia e com várias opções de apartamentos com varandas, ventilador e/ou ar condicionado.

Pousada Privê Maracaipe - Ipojuca / PE - Qd F, s/n qd F lt 9 Baía De Maracaípe - Porto de Galinhas - PE - Tel: (81) 3552-1434 - CEP: 55.590-000
Distância Porto de Galinhas: 2 Km
Distância Aeroporto (Recife): 65 Km

POUSADA RECANTO DO LOBO
A Pousada Recanto do Lobo está situada em frente à praia e dispõe de quartos com pátios e redes, 2 piscinas no jardim e de acesso direto à praia, EM FRENTE AO EVENTO, Está a 800m das piscinas naturais.

Todos os quartos da pousada são mobiliados e apresentam portas de vidro deslizantes, que vão do chão ao teto e se abrem para pátios privados.
Desfrute de um mergulho refrescante na piscina ou na praia vizinha. Os hóspedes podem relaxar nas salas de leitura, que incluem uma área para crianças.

CONTATOS:
Pousada Recanto do Lobo
Pousada Recanto do Lobo Porto de Galinhas/PE Fone/Fax: 55 81 3552.1615
www.recantodolobo.com.br/
Loteamento Merepe I - Qd. J2 - Lote 1
(0xx)81 3552-1615

ALOHA E BONS TREINOS A TODOS!!!

O evento terá início ás 9 horas no sábado dia 06 de Agosto 2011, na praia do Cupe, na vala do Borete, Porto de Galinhas, PE.

Todos aqueles que queiram reservar desde já suas inscrições e não ficar de fora deste super evento, podem ir nos seguintes contatos:

Loja da Gold Island em Piedade-81-33611403
Lojas da Abreus surf wear
Conde da Boa Vista- (81)32316610
Shopping Costa Dourada - (CABO) (81)30592142
Shopping Guararapes - Jaboatão dos Guararapes (81)33422358
A.S.M.PE (Associação Surf Master Pernambuco)

“Nossa principal meta é fazer com que você, "recarregue as baterias" e se renove. Encontre seus amigos, e se confraternizem.”

Nossa equipe foi especialmente treinada para lhe dar a atenção que você merece.”
A.S.M.PE , (Associação Surf Master de Pernambuco)

081-8653-4686 (Oi) / 9837.2672 (TIM) fabioquencas_asmp@hotmail.com


3ª Etapa do Skala Modas Mahalo de Surf Alagoano 2011- Praia do Pontal da Barra.

por: Bianca Barreto / FESEA -Federação de Surf do Estado de Alagoas - 25/07/11 - 12:14

Jamerson Cruz - foto: Divulgação

A Skala Modas , Mahalo e Secretaria de Esporte e Lazer de Maceió através de seu Secretário Gustavo Toledo, convidam para a grande festa do Surf Nordestino nos dia 23 e 24 de de julho na Praia do Pontal da Barra em Maceió, Alagoas, na 3ª Etapa do Estadual de Surf.

A Etapa contará com as Categorias: Grommets, Mirim, Iniciante, Júnior, Open, Sênior, Máster, Grand-Máster, Longboard e Pro-Am, onde esta ultima destribuirá para os finalistas mais de R$ 2.500,00 reais em prêmios.

Dando continuidade aos trabalhos sociais da Federação de Surf do Estado de Alagoas os atletas ganharão a camisa do evento na troca por 1k de alimento não perecível que serão doados para entidades carentes locais.

O evento conta com o apoio das Pranchas Lush, Água Solara, Federação de Jiu-Jitsu de Alagoas, Mormaii, Picolés da Fika Frio, TanTan doces e tortas, Sucos da Sococo, Viva Ambiental de Maceió, Clínica fisioterapeuta Qualityfisio e Comunidade do Pontal da Barra.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Brasil Tour - Filipe Toledo brilha na abertura do Macaé Eco Surf

Por: Roberta Pinto / Assessoria de imprensa do evento - 22/07/11 - 11:47 - link fonte: http://www.abrasp.com.br/website/2011/07/21/filipe-toledo-brilha-na-abertura-no-macae-eco-surf/

Filipe Toledo foi o destaque do primeiro dia em Macaé. (Foto: Pedro Monteiro / Adding).

Sol e muito calor marcaram o primeiro dia de provas do Macaé Eco Surf, etapa nível 2A do Brasil Tour, que está sendo disputado na Praia do Pecado, em Macaé.

O evento tem transmissão ao vivo no site www.macaeecosurf.com.br
Com ondas de boa formação de cerca de um metro foram realizadas 16 baterias.

Nesta quinta-feira, na primeira fase da competição, 62 surfistas entraram no mar e 32 deles garantiram a classificação para a próxima fase.

Eles se juntarão, nesta sexta-feira, aos 48 cabeças de chave. A segunda fase da competição terá 24 baterias e irá definir os 48 melhores surfistas que ainda continuarão na briga pela maior premiação da temporada. O campeão leva pra casa 2.500 pontos no ranking e mais 12,5 mil reais.

Quem brilhou no primeiro dia do Macaé Eco Surf foi o paulista Filipe Toledo. Na décima bateria o atleta de Ubatuba surfou uma onda quase perfeita com direito a dois aéreos que lhe renderam um 9,67 dos juízes, a maior nota da competição até o momento. Toledo também conquistou a melhor média do dia. (16,87). Aliás, na bateria, o paraibano Ulisses Meira também fez bonito e teve média de 12,16.

“Essa prancha é mesmo mágica. Nunca surfei aqui e estou bastante satisfeito. É uma onda muito boa e fiquei realmente surpreso com a qualidade do que encontrei aqui em Macaé. Agora é torcer para continuar com altas ondas para que eu possa fazer o que mais sei fazer que é surfar”, disse Filipe ao sair do mar.
Logo na primeira bateria o paraibano Alan Donato, quarto colocado no ranking do Brasil Tour com 3.650 pontos, também mostrou a que veio. Com o somatório de 13,60, ele garantiu a segunda melhor média do dia.

Já no fim do dia, o atleta local Matheus Faria também fez a alegria de sua torcida em Macaé. Em uma bateria bastante disputada ele garantiu a classificação para a próxima fase. O catarinense Marco Polo, ex top do World Tour terminou em primeiro com 9,50 e “Matheuzinho” ficou em segundo com 9,10 de média.
“Estou competido em casa, esperei a onda certa que demorou muito a vir. Tem altas ondas, venci concorrentes de alto nível e isso já está sendo um sonho pra mim”, completou.

A realização do Macaé Eco Surf é da Adding Sports e da FESERJ, Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro com supervisão da ABRASP e patrocínio da Prefeitura de Macaé, SIT Macaé e do Banco Itaú. O apoio é do Governo do Estado do Rio de Janeiro e da Associação de Surf de Macaé.
Bateria 01: 1º Alan Donato (PE) – 13,60/ 2º Emerson Silva (SP) – 9,53
Bateria 02: 1º Dodô Veiga (SP) – 8,83/2º Martins Bernardo (RJ) – 6,43
Bateria 03: Charlie Brown (CE) – 3,27/ Carlos Eduardo (SP) – 3,23
Bateria 04: Saulo Junior (SP) – 12,87/ Emerson Piai (SP) – 11,20
Bateria 05: Adilton Mariano (CE) – 11,67/ Marthen Pagliarini (SC) – 9,47
Bateria 06: Cesar Aguiar (PE) – 10,90/ Dunga Neto (CE) – 8,60
Bateria 07: Marco Fernandez (BA) – 12,50/ Arthur Silva (CE) – 7,70
Bateria 08: Caetano Vargas (SC) – 8,17/Greg Cordeiro (SC) – 7,00
Bateria 09: Raphael Becker (SC) – 10, 33/Alan Saulo (PB) – 9,50
Bateria 10: Filipe Toledo (SP) – 16,87/ Ulisses Meira (PB) – 12, 16
Bateria 11: Jeferson Duarte (SC) – 10,44/Magno Pacheco – 8,80 (SP)
Bateria 12: Antonio Eudes (CE) – 10,83/Diogo Leao (ES) – 5,24
Bateria 13: Alex Lima (SC) 10,60/Isaias Silva (CE) – 8,83
Bateria 14: Belo Fernandes (SP) – 13,06/Evandro Lima (SC) – 7,50
Bateria 15: Marco Polo (SC) – 9,50/ Matheus Faria (RJ) – 9,10
Bateria 16: Paulo Moura (PE) – 10,43/Edvan Silva (CE) – 6,64

CRONOGRAMA MACAÉ ECOSURF 2011
PRAIA DO PECADO, MACAÉ, RJ

Sexta-feira – 22 de julho
08:30 as 16:30 – Segunda Fase – 24 baterias – 20 minutos

Sábado – 23 de julho
08:30 as 12:30 – Terceira Fase – 12 baterias – 20 minutos
12:30 às 14:30 – Quarta Fase – 06 baterias – 20 minutos
14:30 as 15:50 – Quinta Fase – 04 baterias – 20 minutos

Domingo – 24 de julho
09:00 as 10:40 – Quartas de final – 04 baterias – 25 minutos
10:40 as 11:30 – Semifinal – 02 baterias – 25 minutos
11:30 as 12:00 – Intervalo – 30 minutos
12:00 as 12:30 – Final – 01 baterias – 30 minutos
12:30 – Pódio – Cerimônia de Premiação



Brasil Tour - Confira vídeo do primeiro dia de evento.

por: CearaSurf - 22/07/11 - 11:34 - link fonte:

Filipi Toledo destaque do primeiro dia de competição - Foto: Pedro Monteiro

Confiram vídeo do primeiro dia das disputas na Praia do Pecado, em Macaé - RJ.
O Macaé Eco Surf teve início na quinta-feira 21/07, com os melhores surfistas do Brasil em busca da excelente premiação oferecida na etapa.

Confiram os melhores momentos da competição registrado pelo colaborador Diogo Mosciaro.

Imagens: Diogo Mosciaro
Edição: Gustavo Leite




quinta-feira, 21 de julho de 2011

Billabong Pro Jeffreys Bay - Vídeos dos Brasileiros.

Por: Waves - 21/07/11 - 19:00 - link fonte:

Cartaz do evento - foto: Reprodução.

O cearense Heitor Alves fez bonito na repescagem do Billabong Pro 2011, nesta quinta-feira, em Jeffrey's Bay, África do Sul.

Em um dos confrontos mais disputados da repescagem do Billabong Pro, Raoni Monteiro perdeu a revanche para o taitiano Michel Bourez, que já havia derrotado o brasileiro na abertura do Tour, em Snapper Rocks, Austrália.

Assim como na etapa de Snapper, Michel começou a bateria ditando o ritmo e sem esperar muito no outside. Depois de 15 minutos de bateria sem muitos momentos expressivos, Michel desequilibrou o duelo ao arrancar 9.30 dos juízes.

Raoni esboçou reação com 7.60, mas o adversário esperou pacientemente no outside até ampliar vantagem com 7.77.

Na última onda, o brasileiro buscava 9.47 para virar, mas conseguiu 6.43. Com a performance, Bourez estabeleceu as maiores pontuações da etapa até o momento.

Uma nova chamada acontece às 2 horas (horário de Brasília) da madrugada de quinta para sexta-feira. Clique aqui para ver o evento ao vivo.
Terceira fase

1 Jeremy Flores (Fra) x Daniel Ross (Aus)
2 Damien Hobgood (EUA) x Jadson André (Bra)
3 Bede Durbidge (Aus) x Dusty Payne (Haw)
4 Adrian Buchan (Aus) x Heitor Alves (Bra)
5 Julian Wilson (Aus) x Kieren Perrow (Aus)
6 Jordy Smith (Afr) x Travis Logie (Afr)
7 Mick Fanning (Aus) x Kai Otton (Aus)
8 Joel Parkinson (Aus) x Matt Wilkinson (Aus)
9 Owen Wright (Aus) x Adam Melling (Aus)
10 Adriano de Souza (Bra) x Alejo Muniz (Bra)
11 Michel Bourez (Tah) x Tiago Pires (Por)
12 Taj Burrow (Aus) x Josh Kerr (Aus)

Confiram os vídeos:

video

video