quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Push Race Recife - A Veneza brasileira recebe corrida inédita de Skate.


Por: Bruno Gallindo.


O mês de março chega com uma grata surpresa para os esportistas do Recife. No próximo dia 04, das 8 às 10h, em pleno centro da cidade, será realizado o evento PUSH RACE Recife. Trata-se da mais nova modalidade de corrida de skate praticada no mundo

A competição, inédita na cidade, dá o prazer de Recife ser a primeira capital do Nordeste a realizar uma corrida desta natureza, que chegou ao Brasil no passado e aconteceu unicamente nas cidades de Porto Alegre, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, respectivamente.

Galera Instigada na Corrida Maluca de Skate no Rio De Janeiro - foto: Divulgação.

A expectativa é grande para a realização do evento na capital pernambucana, já que a cidade possui grande número de esportistas desta natureza . “Aqui no Recife existe muita gente que pratica e gosta do skate. Aliás, este é o segundo esporte mais praticado no mundo, perdendo apenas para o futebol e qualquer pessoa que ande de skate pode participar do Push Race, pois é necessário apenas o fundamento básico que é empurrar (PUSH)“, ressalta Bruno Gallindo, sócio diretor da marca Fish e organizador da competição no Estado.

O evento em Recife terá sua concentração a partir das 8h. Seu percurso será de aproximadamente 4km, com largada e chegada na Rua da Aurora, em frente à pista de skate existente. Serão 3 categorias em disputa: Masculino Open; Master (acima de 35 anos) e Feminino Open e será obrigatório o uso do capacete! O atleta que optar em não usar, perde todo direito de premiação. As inscrições custam R$15,00 + 1kg de alimento não perecível e podem ser feitas antecipadamente, na loja FISH no Shopping Guararapes. No dia do PUSH, o valor da inscrição será de R$ 20,00 + 1kg de Alimento.

Serviço:
Push Race Recife
Quando: 04/03/2012
Onde: Largada na Rua da Aurora- Centro do Recife (em frente à pista de Skate)
Horário: 8h às 10h.
Inscrições: R$15,00 + 1 kg de alimento- antecipadamente nas Lojas Fish do Shopping Guararapes. Na dia do evento- R$20,00 + 1 kg de alimento


Festa do Prêmio Greenish Brasil 2011 muda de local.


Por: Roberto Pierantoni - MTB.: 18.194

 Cartaz do Prêmio Greenish Brasil 2011 - foto: reprodução.

Premiação será realizada no próximo sábado, na barraca Guarderia Brasil, em Fortaleza, a partir das 19 horas.

São Paulo (SP) - A direção da Greenish, empresa organizadora do Prêmio Greenish Brasil 2011, resolveu mudar o lugar da festa de premiação do concurso, que será realizada no próximo sábado, a partir das 19 horas. O novo local do evento será a barraca Guarderia Brasil, na avenida Zezé Diogo, 4.451, na Praia do Futuro, em Fortaleza (CE).


Barraca Guarderia Brasil, local da festa - foto: Divulgação.

A mudança ocorreu, pois teve início a temporada de chuvas no Nordeste brasileiro e a previsão do tempo indica uma forte chuva no sábado. Apesar do local escolhido inicialmente, o "Colosso Wave Park", contar com ótima infraestrutura, a realização da festa lá poderia causar desconforto para os cerca de 500 convidados.


O Pernambucano KaKá está entre os finalistas na categoria melhor tubo - foto: Divulgação.

Esta sexta edição do Prêmio Greenish Brasil distribui R$ 63 mil, divididos em três categorias: Maior Onda, Melhor Tubo e Melhor Aéreo, todas elas surfadas em mares do País. O surfista vencedor da Maior Onda será premiado com R$ 25 mil, enquanto o cinegrafista e o shaper ganharão R$ 5 mil cada. Já para os atletas ganhadores da Melhor Tubo e da Melhor Aéreo receberão R$ 10 mil cada. Para o cinegrafista e o shaper de cada destas categorias são destinados R$ 2 mil.

ATENÇÃO - Jornalistas, fotógrafos e cinegrafistas interessados em cobrir a festa de entrega do Prêmio Greenish Brasil 2011, favor solicitar credenciamento no email rpcom1@gmail.com até a próxima sexta-feira, dia 2 de março.

Concorrentes em 2012

CATEGORIA MAIOR ONDA

Surfista: Marcos Moreira Moraes (Marquito)
Local: Praia do Silveira/ Garopaba - SC
Data: 28/05/2011
Cinegrafista: Maria A. Galanti Hoppe
Shaper: Simon Anderson - AUS. 6’4"

Surfista: Caio Gebara Vaz
Local: Laje do Sheraton/ Rio de Janeiro - RJ
Data: 08/05/2011
Cinegrafista: Eduardo de Araújo Lima
Shaper: Ricardo Martins 6’9"

Surfista: Carlos Henrique Torelly Franco
Local: Laje do Silveira/ Garopaba - SC
Data: 23/08/2011
Cinegrafista: João Marcelo Farjat Fichtner
Shaper: Gilson Toigo 7’0"

Surfista: Diego Alves Silva - Onda1
Local: Laje do Caboclo/ Marica - RJ
Data: 08/05/2011
Cinegrafista: Marcio M. Da Silva Marcolino
Shaper: Léo Miranda 7’1"

Surfista: Diego Alves Silva - Onda2
Local: Laje do Caboclo/ Marica - RJ
Data: 28/05/2011
Cinegrafista: Bernardo Saguas Presas Gazal
Shaper: Léo Miranda 7’1"

Surfista: Evaristo "Kiko" Ferreira Boa Vista - Onda1
Local: Outside Leblon/ Rio de Janeiro - RJ
Data: 08/05/2011
Cinegrafista: Ricardo Pessoa Faissol Pinto
Shaper: Udo Bastos 8’4"

Surfista: Evaristo "Kiko" Ferreira Boa Vista - Onda2
Local: Outside Leblon/ Rio de Janeiro - RJ
Data: 08/05/2011
Cinegrafista: Ricardo Pessoa Faissol Pinto
Shaper: Udo Bastos 8’4"

Surfista: Sandro Henrique Vargas
Local: Prainha/ Rio de Janeiro - RJ
Data: 08/05/2011
Cinegrafista: Pablo Falcassa Gonçalves
Shaper: Marcelo Rodrigues Vilar 8’0"

Surfista: Manoel Gentil Porto
Local: Cacimba do Padre/ Fernando de Noronha - PE
Data: 26/02/2011
Cinegrafista: Catarina Rolim
Shaper: Fabiano Dias 6’6"

CATEGORIA MELHOR TUBO

Surfista: Dennis Tihara Távora
Local: Praia do Leme/ Rio de Janeiro - RJ
Data: 31/05/2011
Cinegrafista: Tatiane Araújo
Shaper: Claudio Hennek 5’10"

Surfista: Danilo Costa
Local: Cacimba do Padre - Fernando de Noronha/ PE
Data: 15/02/2011
Cinegrafista: Roberto Conte Mayer
Shaper: Ricardo Martins 6’1"

Surfista: Samuel Igo
Local: Regência/ Espírito Santo - ES
Data: 11/07/2011
Cinegrafista: Luis Antônio de Azevedo Júnior
Shaper: Udo Bastos 5’10"

Surfista: Ulisses Meira Ramos
Local: Boldró/ Fernando de Noronha - PE
Data: 10/02/2011
Cinegrafista: Cesar Aguiar
Shaper: Willian Meira Ramos 6’2"

Surfista: Pedro Henrique
Local: Cacimba do Padre - Fernando de Noronha/ PE
Data: 22/02/2011
Cinegrafista: Alex Costa (F2PD)
Shaper: Joca Secco 5’10"

Surfista: Claudio Campos (Kaká Campos)
Local: Cacimba do Padre - Fernando de Noronha/ PE
Data: 18/03/2011
Cinegrafista: Gustavo Camarão
Shaper: Ricardo Marroquim 6’3"

CATEGORIA MELHOR AÉREO

Surfista: Messias Félix
Local: Praia da Taiba / São Gonçalo do Amarante - CE
Data: 27/10/2011
Cinegrafista: Nilton Márcio Mondego C. Lima
Shaper: Thiago Bastos 5’7"

Surfista: Gabriel Adisaka
Local: Vermelha do Centro/ Ubatuba - SP
Data: 25/10/2011
Cinegrafista: Antonio José Mendes Carvalho
Shaper: Ricardo Martins 5’10"

Surfista: Gustavo Schlickmann
Local: Campeche/ Florianópolis - SC
Data: 16/08/2011
Cinegrafista: Marcelo Silveira Cathcart
Shaper: João Schlickmann 6’1"

Surfista: Charlie Brown (Carlos Antonio B. Freitas)
Local: Maresias/ São Sebastião - SP
Data: 10/09/2011
Cinegrafista: Clésio Ava
Shaper: Ricardo Martins 5’9"

Surfista: Betinho Rosa (Roberto Azevedo)
Local: Praia da Taiba / São Gonçalo do Amarante - CE
Data: 25/12/2011
Cinegrafista: Roberta Martins
Shaper: Eduardo Dias 5’11"

Surfista: Krystian Kymerson
Local: Praia da Vila / Saquarema - RJ
Data: 25/05/2011
Cinegrafista: Moacir Carvalho
Shaper: Antonio José dos Reis 5’9"

Surfista: Erbeliel de Andrade
Local: Forte/ Baía da Traição - PB
Data: 10/10/2011
Cinegrafista: Germânio Ferreira
Shaper: Ruy Camargo 6’1"

Surfista: Franklin Serpa
Local: Cacimba do Padre - Fernando de Noronha/ PE
Data: 22/02/2011
Cinegrafista: Alex Costa (F2PD)
Shaper: -

Surfista: Miguel Pupo
Local: Cacimba do Padre - Fernando de Noronha/ PE
Data: 19/02/2011
Cinegrafista: Alex Costa (F2PD)
Shaper: Wagner Pupo

Surfista: Gabriel Medina
Local: Cacimba do Padre - Fernando de Noronha/ PE
Data: 19/02/2011
Cinegrafista: Alex Costa (F2PD)
Shaper: -

Surfista: Pedro Henrique
Local: Cacimba do Padre - Fernando de Noronha/ PE
Data: 20/02/2011
Cinegrafista: Alex Costa (F2PD)
Shaper: Joca Secco 5’10"

Surfista: Marco Giorgi
Local: Praia da Ferrugem - Garopaba/ SC
Data: 06/06/2011
Cinegrafista: Luiz Pavão
Shaper: Wade Tokoro 5’11"

Confiram o Vídeo dos Candidatos:


Pernambuco define selecionado para abertura do CBS Brasileiro de Surf Pernambuco define selecionado para abertura do CBS Brasileiro de Surf


Por Chico Padilha.

 Gabriel Farias é o Grande nome da equipe pernambucana - foto: gUgA sOaReS / SurfPE.

Thalis Luís e Gabriel Farias, representam a nova geração profissional do surf pernambucano, e sendo ainda dupla Júnior (Sub-18), festejam vaga nesta importante categoria na seleção pernambucana que assim cada vez mais ganha ares de desafiante favorita no retorno de Maracaípe, Ipojuca, Pernambuco, ao CBS Brasileiro de Surf, de etapa inaugural apresentada por Billabong nos próximos dias 16 a 18.



Thalis Luís - foto: gUgA sOaReS / SurfPE.



Thiago Silva PE Foto Jocildo Andrade Divulgação.


Outros talentos certos na seleção forte em casa são Iniciante (Sub-14) Douglas Silva, o Dodô Boy, o Mirim (Sub-16) Thiago Silva, líderes em suas categorias, sendo que na Sub-16 a Federação Pernambucana de Surf (FESURPE) ainda terá outro forte nome, Ivan Silva, completando a dupla, não faltando surfistas talentosos a disposição do presidente Bruno Cavalcanti e do diretor técnico Roberto Bade, o “Parafina”.


Roberto Bade Diretor Técnico da FESURFPE Foto Tony Vaz

Terra de Monique Santos, que ano passado no Rio de Janeiro tornou-se a única atleta brasileira a ser pódio no Mundial- Sub 20, Pernambuco também terá a sua disposição atletas do surf feminino para não só desfilar o charme que elas garantem ao esporte mas também para buscar superar a vitória Sub-18 e ao vice título Open que Monique conquistou quando da passagem em 2006 da Confederação Brasileira de Surf com etapa inaugural nas ondas de “Maraca”, na Open a titular será Chayanne Silva e na Júnior Marília Lacerda, sendo técnico Maurício Bandeira.



Chayanne Silva PE Foto Jocildo Andrade Divulgação















Ivan Silva PE Foto Jocildo Andrade Divulgação.

E este ano o verão surpreendeu no litoral sul pernambucano com ondas acima da média e que devem melhorar ainda mais em março, tornando ainda mais disputada a etapa inaugural da Confederação que também é seletiva ao Mundial Júnior da International Surfing Association (ISA), a se realizar em Abril no Panamá, onde o pernambucano Ian Gouveia, 20, foi quarto colocado ano passado por ocasião dos ISA Games, as chamadas “Olimpíadas do Surfe”, na mesma Praia Venao.

Open:Gabriel Farias


Júnior:Gabriel Farias e Thalis Luiz


Mirim:Tiago Silva e Ivan Silva


Iniciante:Douglas José


Feminino Open: Chayanne Silva


Feminino Júnior: Marília Lacerda

Ranking Brasileiro de Surf CBS 2011 (Em 4 colocações de até 1000 pontos descartada a menor delas, a exceção da disputa por seleções dos estados, que soma todas)

Feminino Junior Sub 18

1a Isabela Lima RJ 2800 pontos

2a Marina Resende SC 2466 pts

3a Carol Fernandes RJ 2456 pts

4a Estefany Freitas CE 2116 pts

Mirim (Sub 16)

1o Lucas Silveira RJ 2900 pontos

2o Elivelton Santos PB 2710 pts

3o Igor Morais SP 2341 pts

4O Luan Wood SC 2041 pts

Open Feminino (Sem limite de idade)

1a Gilvanilta Ferreira RN 3000 pts *

2a Estefany Freitas CE 2439 pts

3a Marina Resende SC 2366 pts

4a Isabela lima RJ 2114 PTS

Junior Sub 18

1o Matheus Navarro SC 2656 pts

2o Michael Rodrigues CE 2466 pts

3o Deivid Silva SP 2341 pts

4o Elivelton Santos PB 2230 pts

Iniciantes Sub 14

1o Igor Morais SP 2800 pts*

2o Gustavo Ramos SC 2276 pts

3o André Heiden SC 2268 pts

4o Rafael Venuto RJ 2122 pts

Open (Sem limite de idade)

1o Michael Rodrigues CE 2629 pontos

2O Diego Michereff SC 2439 pts

3o Matheus Faria RJ 2182 pts

4o Deivid Silva SP 1861 pts

Seleções (Somam-se ás quatro pontuações)

1O São Paulo 3610 pts

2O Santa Catarina 3466 pts

3O Rio de Janeiro 3095 pts

4O Paraíba 2909 pts

5O Ceará 2791 pts

6O Bahia 2367 pts

7O Espírito Santo 2341 pts

8O Rio Grande do Norte 1599 pts

Completo em :  http://cbsurf.org.br/index-2011-news.html





Ian Gouveia - Quiver para Oahu.


Por Redação Waves - link fonte:

Ian Gouveia (foto) arrepia nas ondas do Hawaii com pranchas produzidas pelo pai Fábio Gouveia.

Antes da disputa da etapa Prime do circuito mundial no começo de fevereiro em Fernando de Noronha (PE), o pernambucano Ian Gouveia passou mais uma temporada no North Shore de Oahu, Hawaii.

Ian dropou os melhores picos da ilha com um quiver lotado de pranchas da marca FG Shape & Design, produzidas pelo pai e legend brasileiro Fábio Gouveia.

No vídeo acima, com imagens de Paulo Kid, Leandro Grilo e Ian Vaz, Ian entra em ação com os foguetes assinados pelo pai.

Para saber mais sobre as pranchas de Fábio Gouveia, acesse o site FG Shape & Design.



Confiram o Vídeo:



Milosky Mettle - Couto é o cara


Por Redação Waves - link fonte:

Couto Ganha mais um Prêmio - foto: Divulgação/XXL.

O Milosky Mettle foi criado para reconhecer o surfista do North Shore que mais incorpora o legado de Sion Milosky - não apenas encarando ondas grandes, como também sendo um forte e humilde ser humano.

Nesta temporada, a revista Surfing elegeu quatro surfistas como finalistas.

A revista acompanhou o quarteto na água e conheceu o caráter de todos eles.

A marca Vans ofereceu US$ 5 mil ao vencedor e uma doação à fundação Memorial Sion Milosky.

Depois das performances em Jaws e nos outer reefs nesta temporada, sua iniciativa em organizar uma classe para surfistas de ondas grandes (CPR) e simplesmente por ser uma boa pessoa em todos os cantos, Danilo Couto foi escolhido como vencedor do primeiro prêmio Miosky Mettle.

O Milosky ohana havia dito: "Danilo é um bom homem de família que incorpora respeito por tudo a seu redor e ao esporte. Suas atitudes são fortes e por razões corretas".

O big rider Mark Healey acrescenta: "Danilo sempre foi humilde e seu surf fala por ele. Estou contente por vê-lo receber o reconhecimento que merece".


Confiram o Vídeo:


terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Quiksilver Pro - Mineiro no páreo.


Por Redação Waves - link fonte:

Adriano de Souza está nas quartas do Quiksilver Pro 2012. Foto: © ASP / Robertson.

O paulista Adriano de Souza partiu com tudo às quartas-de-final do Quiksilver Pro 2012, etapa de abertura do World Tour que acontece em Snapper Rocks, Austrália.

Em ondas de meio metro e séries maiores, prejudicadas pelo vento maral, Adriano venceu uma batalha de altíssimo nível contra os australianos Owen Wright e Josh Kerr.

Surfando de forma explosiva, "Mineiro" teve muito trabalho para bater Owen, autor de performances incríveis de backside.

Enquanto Josh não conseguia exibir seu potencial, Adriano e Owen travavam um duelo acirrado no outside. O brasileiro esteve na frente, foi ultrapassado pelo aussie e recuperou a ponta com 7.90 na última onda, totalizando 15.37 pontos, contra 15.13 de Owen e apenas 9.00 de Josh Kerr.

"Apenas tentei me concentrar em mim mesmo, porque Owen é um dos principais surfistas deste evento e Josh também pode causar alguns estragos lá fora", diz Adriano.

"Eu tentei pegar as melhores ondas da baterias e às vezes a sorte está do seu lado. Isso funcionou pra mim desta vez. Estou amarradão por pular da quarta fase direto para as quartas", conclui o brasileiro.


 Heitor Alves fica em nono lugar. Foto: © ASP / Robertson.

Livre da quinta fase e já garantido nas quartas-de-final, o brasileiro ficou na torcida pelos compatriotas, mas não deu para Heitor Alves e Miguel Pupo.

Na quarta fase, Heitor e o taitiano Michel Bourez foram derrotados pelo 11 vezes campeão mundial Kelly Slater, enquanto Miguel e o local Joel Parkinson caíram diante do sul-africano Jordy Smith.

A dupla brasileira teve uma nova chance na repescagem. Heitor não resistiu ao aussie Josh Kerr e foi facilmente derrotado por 14.44 a 9.84 pontos.

 
Miguel Pupo perde para Adrian Buchan em duelo emocionante. Foto: © ASP / Kirstin.

Já Miguel foi eliminado em confronto emocionante contra o aussie Adrian Buchan. Com ataques agressivos de backside, sempre invertendo a direção da prancha, Pupo e Buchan brigaram de forma espetacular pela liderança.

Nos instantes finais, ambos estavam empatados com 13.27 pontos, mas vantagem era do brasileiro por ter obtido maior nota (7.20).

Porém, Buchan não vacilou e foi para o tudo ou nada na última onda. Melhor para o aussie, avaliado em 7.03 pelos juízes.

Nota 10 Com uma atuação espetacular no quintal de casa, Joel Parkinson triturou o compatriota Julian Wilson na quinta fase.

Inspirado, Parko descolou a primeira nota 10 da prova ao variar seu belo arsenal de manobras até o inside. Com 8.00 na segunda melhor onda, o quatro vezes vice-campeão mundial não deu chance alguma a Julian.

Quartas-de-final do Quiksilver Pro 2012

1 Adriano de Souza (Bra) x Owen Wright (Aus)
2 Kelly Slater (EUA) x Josh Kerr (Aus)
3 Jordy Smith (Afr) x Joel Parkinson (Aus)
4 Taj Burrow (Aus) x Adrian Buchan (Aus)


segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Pernambucano Kaká Campos concorre ao Prêmio Greenish 2011


Por Samanta Calderazzo

Kaká Dentro do tubo, cacimba do padre 2012 - foto: Bruno Veiga.

Com uma onda surfada na Cacimba do Padre em Abril de 2011, o atleta da Rota do Mar Kaká Campos está na briga pelos R$10.000,00 oferecidos pela marca Cearense Greenish ao melhor tubo surfado em território nacional no ano de 2011

O resultado do concurso será divulgado no dia 03 de março de 2012 no Colosso Waterpark em Fortaleza/CE, com transmissão ao vivo pela internet.

O Shaper Ricardo Marroquim que fez a 6'3 usada pelo surfista e o Cinegrafista Gustavo Camarão estão concorrendo a R$ 2.000,00 reais . “Vi as imagens dos outros atletas e acho que tenho chance de levar o prêmio, estou na expectativa, seja o que Deus quiser”, afirma Kaká.

Confira o vídeo com os inscritos que concorrem ao Prêmio Greenish Brasil nas categorias Maior Onda, Melhor Tubo e Melhor Aéreo.


Pupo manda Fanning pra casa no Quiksilver Pro Gold Coast.

Por: ASP - Surfguru - link fonte:
http://surfguru.com.br/noticias/noticia.asp?id=5174

O paulista Miguel Pupo causou a maior surpresa do Quiksilver Pro Gold Coast, eliminando o favorito Mick Fanning no round 3.

Os brasileiros foram muito bem em suas baterias, Miguel Pupo foi a maior surpresa do dia eliminando o campeão mundial Mick Fanning em frente a sua torcida local. Mineirinho e Heitor Alves também passaram adiante, Raoni volta pra casa.

O terceiro dia consecutivo do Quiksilver Pro e Roxy Gold Coast aconteceu em Snapper Rocks hoje, e os melhores surfistas do mundo levantaram coletivamente os níveis de alta performance hoje em ondas de meio a 1 metro.

O paulista Miguel Pupo causou a maior surpresa do evento até agora, eliminando o favorito do evento e duas vezes campeão mundial Mick Fanning. Pupo colocou pressão sobre Fanning no início do bateria, colocando um 7,60 (de um total de 10 possíveis), e o local foi incapaz de se recuperar de um início lento.


Mick Fanning saiu derrotado por Miguel Pupo no Quiksilver Pro Gold Coast 2012foto: Kirstin Scholtz (ASP).

"Eu apenas tentei encontrar boas ondas, porque está muito difícil lá fora", disse Pupo. "Eu tinha que ganhar essa, estando no tour você tem que vencer os grandes. Mick (Fanning) surfa muito bem. Ele tem um par de títulos mundiais da ASP e eu sabia que seria difícil. Eu tentei o meu melhor. "

Pupo enfrentará o australiano Joel Parkinson e o sulafricano Jordy Smith no Round 4 quando a competição recomeçar.

Adriano mineirinho usou a sua experiência em seu sétimo ano no Quiksilver Pro Gold Coast para conquistar a vitória Round 3 sobre o estreante do World Tour de 2012, o americano Kolohe Andino.

"Foi uma bateria difícil, com certeza", disse mineirinho. "Eu respeito Kolohe (Andino) muito, ele tem apenas 17 anos de idade, mas ele pode fazer uma série de prejuízos lá fora. Estou me sentindo bem e tentando me concentrar em mim mesmo, eu vim para cá 10 dias mais cedo e realmente conheço a onda lá fora, e eu acho que minha experiência de 7 anos no tour ajudou-me na minha bateria. Eu estava tentando defender a minha posição no top 5 e estou tentando fazer bonito em meu primeiro evento, foi uma bateria boa. "

O quarentão Kelly Slater mais uma vez se colocou em um desempenho dominante em Snapper Rocks sobre o havaiano Fred Patacchia. As rasgadas radicais que são uma assinatura de frontside de Slater o fizeram ganhar dois escores na faixa excelente para facilmente avançar para o Round 4.

"Eu pude ver que o plano de Freddy (Patacchia) era sentar e esperar por essas ondas abrindo", disse Slater. "Eu só queria botar em movimento. Havia umas poucas sorrateiras que não pareciam boas, mas cresciam abaixo do pico. No início eu caí em um par de boas, e qualquer uma dessas poderia ter sido uma boa pontuação. Então eu entrei em um par de boas e ganhei algumas notas, e Freddy não as pegou. Todo mundo sempre cria uma grande expectativa sobre se eu vou continuar acontecendo. Quando eu for parar Eu vou dizer a todos, que tal? "

Slater vai competir contra Michel Bourez e Heitor Alves no Round 4 do Quiksilver Pro Gold Coast.

O australiano Julian Wilson estava em sua forma na bateria do Round 3 contra o australiano Adam Melling, registrando o maior total de bateria do dia, um 18,57 de 20 possíveis. Em sua terceira prancha diferente em tantas baterias, parece que o jovem natural-footer tem mudado o seu equipamento a medida que avança.

"Eu perdi neste round no ano passado, por uma margem estreita contra Taj (Burrow) e passou a perder mais cêdo no início dos eventos seguintes, por isso eu estava nervoso antes da bateria", disse Wilson. "Em minhas duas primeiras baterias eu não era eu mesmo, não me senti bem nelas, então, nesta bateria eu me senti muito melhor, senti-me sólido na minha prancha e bom para obter algumas pontuações mais altas."

Wilson vai surfar contra os australianos Adrian Buchan e Taj Burrow no Round 4 da competição.


Além da ação marcante dos homens ao longo do dia, o Roxy Pro Gold Coast viu as Top 17 da ASP na batalha da Rodada de eliminação 3 com boas performances de algumas caras novas.

A australiana Laura Enever, publicou uma grande vitória em seu confronto no Round 3 de não eliminação contra a neozenlandeza Paige Hareb e a Campeã do Mundo havaiana Carissa Moore. Com a vitória de hoje, Enever vai agora avançar diretamente para as quartas de final, enquanto Hareb e Moore tem que se enfrentar no Round 4.

"Foi uma bateria boa", disse Enever. "Paige (Hareb) teve um 9,30 e Carissa (Moore) um 8,07, e eu estava pensando que eu tinha o meu trabalho cortado. Eu decidi esperar por uma boa, e eu vi aquela onda e eu fiz minha primeira manobra e deixei ir e deu tudo certo. eu entrei nas semis no ano passado e eu adoraria ir a uma ou duas baterias a mais este ano. "

A australiana Stephanie Gilmore, 4x campeã Mundial também avançou para as quartas de final do Roxy Pro hoje depois de postar duas pontuações sólidas na faixa dos 8 pontos (de um total de 10 possíveis). É claro Gilmore está familiarizada com a linha de Snapper pois ela pegou as melhores ondas e manobrou perfeitamente.

"Esse Round 3, quando ninguém perde é muito relaxado, mas ignorando que o Round 4 também está na mente de todos", disse Gilmore. "É difícil lá fora, temos que ter um bom desempenho, porque não há um monte de ondas com seções em oferta. Eu não assisti muitas baterias antes da minha, mas vi Laura (Enever) obter um par de boas. Parece que ela tem algo a provar, ela é tão radical em suas manobras que definitivamente me instigou para sair e fazer um show também."

Destaques de hoje disponíveis via: http://quiksilverlive.com/progoldcoast/2012/live.pt.html





QUIKSILVER PRO GOLD COAST Round 3 RESULTADOS:


Bateria 1: Owen Wright (AUS) 14,90 derr. Matt Wilkinson (AUS) 14,50
Bateria 2: Josh Kerr (AUS) 15,50 derr. Kieren Perrow (AUS) 14,90
Bateria 3: Adriano de Souza (BRA) 14,07 derr. Kolohe Andino (EUA) 12,74
Bateria 4: Michel Bourez (PYF) 14,36 derr. Bede Durbidge (AUS) 10,83
Bateria 5: Heitor Alves (BRA) 15,07 derr. Jeremy Flores (FRA) 12,84
Bateria 6: Kelly Slater (EUA) 16,36 derr. Fredrick Patacchia (HAW) 12,40
Bateria 7: Joel Parkinson (AUS) 13,50 derr. Yadin Nicol (AUS) 12,27
Bateria 8: Miguel Pupo (BRA) 12,67 derr. Mick Fanning (AUS) 11,17
Bateria 9: Jordy Smith (ZAF) 14,83 derr. Raoni Monteiro (BRA) 12.20
Bateria 10: Julian Wilson (AUS) 18,57 derr. Adam Melling (AUS) 15,63
Bateria 11: Adrian Buchan (AUS) 16,03 derr. John John Florence (HAV) 13,60
Bateria 12: Taj Burrow (AUS) 14,20 derr. Travis Logie (AUS) 13,16

PRÓXIMAS BATERIAS DO QUIKSILVER PRO GOLD COAST Round 4:


Bateria 1: Owen Wright (AUS), Josh Kerr (AUS), Adriano de Souza (BRA)
Bateria 2: Michel Bourez (PYF), Heitor Alves (BRA), Kelly Slater (EUA)
Bateria 3: Joel Parkinson (AUS), Miguel Pupo (BRA), Jordy Smith (ZAF)
Bateria 4: Julian Wilson (AUS), Adrian Buchan (AUS) Taj Burrow (AUS)

Roxy Pro Gold Coast Round 3 RESULTADOS:


Bateria 1: Tyler Wright (AUS) 16.20, Sarah Mason (NZL) 12,80, Silvana Lima (BRA) 9,63
Bateria 2: Laura Enever (AUS) 16,83, Paige Hareb (NZL) 14,07, Carissa Moore (HAW) 13,57
Bateria 3: Malia Manuel (HAV) 14,53, Sally Fitzgibbons (AUS) 12,90, Courtney Conlogue (EUA) 10,64
Bateria 4: Stephanie Gilmore (AUS) 16,73, Sofia Mulanovich (PER) 11.27, Lakey Peterson (EUA) 6,04

Tramandaí conquistou o Matte Leão Surf Festival em Atlântida Decisão do Gaúcho de Verão com cara de inverno.



Por: Gabriel de Mello / Assessoria de Comunicação da Federação Gaúcha de Surf.



 Equipe Tramandaí campeão do Matte Leão Surf Festival - Foto Harleyson Almeida.


A equipe Tramandaí sagrou-se campeão do Matte Leão Surf Festival, realizado neste final de semana (25 e 26/02) na praia de Atlântida, no município de Xangri-lá. O evento, que encerrou o circuito Gaúcho de Verão, reuniu quatro equipes do Rio Grande do Sul em busca do título. Com este resultado os integrantes da equipe Tramandaí colocaram no bolso R$ 1.000,00 (mil reais) de premiação.


Circuito de verão Mate Leão-foto-Harleyson Almeida.

A decisão do circuito Gaúcho de Verão começou com cara de inverno. O sábado amanheceu nublado e com uma leve brisa, que com o passar das horas se transformou num intenso vento nordeste acompanhado de muita chuva. Mesmo assim os atletas surfaram em busca de seus resultados, até que as condições climáticas exigiram a paralisação do evento, restando uma bateria do sábado, que foi disputada no domingo.


Peterson Marquese-foto-Harleyson Almeida.

O segundo dia de disputas começou nublado, mas com ondas muito boas, que mudaram ao longo da competição, acompanhando a variação do vento, enquanto o sol brilhou, espantando todas as possibilidades de chuva.

Após baterias acirradas, manobras arrojadas e um verdadeiro show de surf, os surfistas da equipe Tramandaí garantiram o primeiro lugar no pódio, levando a premiação de R$ 1.000,00 com seus 60 pontos totais. Os atletas da Fornari`s Brothers ficaram com o segundo lugar com 37 pontos. A terceira colocação ficou na mão do time de Xangri-lá com 28 pontos, seguido pelos integrantes da ASCC B com 20.


Tiago Braga-foto-Harleyson Almeida.

O atleta convidado/profissional que obteve a melhor média do evento foi Tiago Braga ao somar 15,33 em suas duas melhores notas na competição. Já na categoria Open o melhor foi Kaian Bernardo com 14,83 pontos. O melhor Mirim foi Athos Silva com 5,20. Peterson Marchese levou a melhor na Júnior com 11,80. O melhor Iniciante foi Lucas Machado com 4,80 pontos. A melhor onda de todo o evento foi de Tiago Braga, que valeu um 8,5 em um tubo.

Equipes:

ASCC
Gustavo Bertotto; Jonas Pacheco; Gustavo Carvalho; Andrews Bueno; Alexsandro Tomazi; Joessandro Tomazi; e Emanuel Tessmann.

Fornari`s Brothers
Vinícius Fornari; Ki Fornari; Luciano Fornari; André Schiling; Vitor Bettanin; Athos Silva e Nicolas Vedovatto.

Tramandaí
Tiago Braga, Kaian Bernardo; Josias Pedrinha; João Santos; Kevin Nunes; Peterson Marchese e Lucas Machado.

Xangri-lá
Edson Júnior; José Mello; Gabriel Soares; Leandro Serra; Gilberto Júnior; e Roger Conrrado.

Segundo o presidente da Federação Gaúcha de Surf, Orlando Carvalho, o objetivo do Matte Leão Surf Festival foi cumprido. “Queríamos aproximar as pessoas que circulam pelo litoral do Surf e atrair novos competidores.
Atingimos isto, pois os meninos das praias puderam participar da competição e muita gente aproveitou para fazer as aulas gratuitas de surf. Plantamos uma sementinha, apresentando as características do esporte ao público geral. Entendemos que o futuro do esporte pode estar entre estes atletas e crianças que passaram pelo Matte Leão Surf Festival”, finalizou.

A organização desenvolveu uma série de atividades para criançada presente. Dentre estas atividades, os destaques foram as aulas de Surf e o FuteSurf. Mesmo com chuva e vento muitas crianças aproveitaram para dar os primeiros passos no surf.

O circuito Gaúcho de Verão de Surf Amador foi dividido em quatro etapas nominadas de Matte Leão Surf Festival, sendo a primeira em Imbé, a segunda em Tramandaí, a terceira e quarta em Atlântida.

O Matte Leão Surf Festival contou nesta etapa com a apresentação da Prefeitura Municipal de Xangri-lá; com o patrocínio da Matte Leão, i9 Hidrotônico e Excelsior; o apoio é da Auckland Surfboards, Keahana e da Associação de Surf e Proteção de Atlântida (Aspa); a cobertura oficial é da Atlântida, SulSports, Solto e Revista Moinho; a realização é da Federação Gaúcha de Surf (FGSurf).


sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Charlie Brown concorre ao Prêmio Greenish Brasil 2011


Por: Roberto Pierantoni - MTB.: 18.194.

  Charlie Brown - foto: reprodução.

Surfista da equipe Greenish está inscrito na categoria Melhor Aéreo do evento que terá sua festa de premiação realizada dia 3 de março, em Fortaleza

São Paulo (SP) - Charlie Brown é uma das atrações do Prêmio Greenish Brasil 2011, que terá sua festa de premiação realizada no dia 3 de março, no Colosso Wake Park, em Fortaleza (CE). O integrante da equipe Greenish concorre na categoria Melhor Aéreo, em onda surfada na praia de Maresias, em São Sebastião (SP). As imagens foram registradas pelo cinegrafista Clésio Ava e a prancha utilizada foi feita pelo shaper Ricardo Martins.



Betinho Rosa - foto: reprodução


O cearense terá como concorrente grandes nomes do surfe nacional. Os demais inscritos na categoria são os paulistas Gabriel Adisaka, Miguel Pupo e Gabriel Medina, o baiano Franklin Serpa, o capixaba Krystian Kymerson, o catarinense Gustavo Schlickmann e o uruguaio radicado no Brasil Marco Giorgi. Completam esta lista outros dois representantes do Ceará: Messias Félix e Betinho Rosa.

Esta sexta edição do Prêmio Greenish Brasil distribui R$ 63 mil, divididos em três categorias: Maior Onda, Melhor Tubo e Melhor Aéreo, todas elas surfadas em mares do País. O surfista vencedor da Maior Onda será premiado com R$ 25 mil, enquanto o cinegrafista e o shaper ganharão R$ 5 mil cada. Já para os atletas ganhadores da Melhor Tubo e da Melhor Aéreo receberão R$ 10 mil cada. Para o cinegrafista e o shaper de cada destas categorias são destinados R$ 2 mil.


Concorrentes em 2012

CATEGORIA MAIOR ONDA

Surfista: Marcos Moreira Moraes (Marquito)
Local: Praia do Silveira/ Garopaba - SC
Data: 28/05/2011
Cinegrafista: Maria A. Galanti Hoppe
Shaper: Simon Anderson - AUS. 6’4"

Surfista: Caio Gebara Vaz
Local: Laje do Sheraton/ Rio de Janeiro - RJ
Data: 08/05/2011
Cinegrafista: Eduardo de Araújo Lima
Shaper: Ricardo Martins 6’9"

Surfista: Carlos Henrique Torelly Franco
Local: Laje do Silveira/ Garopaba - SC
Data: 23/08/2011
Cinegrafista: João Marcelo Farjat Fichtner
Shaper: Gilson Toigo 7’0"

Surfista: Diego Alves Silva - Onda1
Local: Laje do Caboclo/ Marica - RJ
Data: 08/05/2011
Cinegrafista: Marcio M. Da Silva Marcolino
Shaper: Léo Miranda 7’1"

Surfista: Diego Alves Silva - Onda2
Local: Laje do Caboclo/ Marica - RJ
Data: 28/05/2011
Cinegrafista: Bernardo Saguas Presas Gazal
Shaper: Léo Miranda 7’1"

Surfista: Evaristo "Kiko" Ferreira Boa Vista - Onda1
Local: Outside Leblon/ Rio de Janeiro - RJ
Data: 08/05/2011
Cinegrafista: Ricardo Pessoa Faissol Pinto
Shaper: Udo Bastos 8’4"

Surfista: Evaristo "Kiko" Ferreira Boa Vista - Onda2
Local: Outside Leblon/ Rio de Janeiro - RJ
Data: 08/05/2011
Cinegrafista: Ricardo Pessoa Faissol Pinto
Shaper: Udo Bastos 8’4"

Surfista: Sandro Henrique Vargas
Local: Prainha/ Rio de Janeiro - RJ
Data: 08/05/2011
Cinegrafista: Pablo Falcassa Gonçalves
Shaper: Marcelo Rodrigues Vilar 8’0"

Surfista: Manoel Gentil Porto
Local: Cacimba do Padre/ Fernando de Noronha - PE
Data: 26/02/2011
Cinegrafista: Catarina Rolim
Shaper: Fabiano Dias 6’6"

CATEGORIA MELHOR TUBO

Surfista: Dennis Tihara Távora
Local: Praia do Leme/ Rio de Janeiro - RJ
Data: 31/05/2011
Cinegrafista: Tatiane Araújo
Shaper: Claudio Hennek 5’10"

Surfista: Danilo Costa
Local: Cacimba do Padre - Fernando de Noronha/ PE
Data: 15/02/2011
Cinegrafista: Roberto Conte Mayer
Shaper: Ricardo Martins 6’1"

Surfista: Samuel Igo
Local: Regência/ Espírito Santo - ES
Data: 11/07/2011
Cinegrafista: Luis Antônio de Azevedo Júnior
Shaper: Udo Bastos 5’10"

Surfista: Ulisses Meira Ramos
Local: Boldró/ Fernando de Noronha - PE
Data: 10/02/2011
Cinegrafista: Cesar Aguiar
Shaper: Willian Meira Ramos 6’2"

Surfista: Pedro Henrique
Local: Cacimba do Padre - Fernando de Noronha/ PE
Data: 22/02/2011
Cinegrafista: Alex Costa (F2PD)
Shaper: Joca Secco 5’10"

Surfista: Claudio Campos (Kaká Campos)
Local: Cacimba do Padre - Fernando de Noronha/ PE
Data: 18/03/2011
Cinegrafista: Gustavo Camarão
Shaper: Ricardo Marroquim 6’3"

CATEGORIA MELHOR AÉREO

Surfista: Messias Félix
Local: Praia da Taiba / São Gonçalo do Amarante - CE
Data: 27/10/2011
Cinegrafista: Nilton Márcio Mondego C. Lima
Shaper: Thiago Bastos 5’7"

Surfista: Gabriel Adisaka
Local: Vermelha do Centro/ Ubatuba - SP
Data: 25/10/2011
Cinegrafista: Antonio José Mendes Carvalho
Shaper: Ricardo Martins 5’10"

Surfista: Gustavo Schlickmann
Local: Campeche/ Florianópolis - SC
Data: 16/08/2011
Cinegrafista: Marcelo Silveira Cathcart
Shaper: João Schlickmann 6’1"

Surfista: Charlie Brown (Carlos Antonio B. Freitas)
Local: Maresias/ São Sebastião - SP
Data: 10/09/2011
Cinegrafista: Clésio Ava
Shaper: Ricardo Martins 5’9"

Surfista: Betinho Rosa (Roberto Azevedo)
Local: Praia da Taiba / São Gonçalo do Amarante - CE
Data: 25/12/2011
Cinegrafista: Roberta Martins
Shaper: Eduardo Dias 5’11"

Surfista: Krystian Kymerson
Local: Praia da Vila / Saquarema - RJ
Data: 25/05/2011
Cinegrafista: Moacir Carvalho
Shaper: Antonio José dos Reis 5’9"

Surfista: Erbeliel de Andrade
Local: Forte/ Baía da Traição - PB
Data: 10/10/2011
Cinegrafista: Germânio Ferreira
Shaper: Ruy Camargo 6’1"

Surfista: Franklin Serpa
Local: Cacimba do Padre - Fernando de Noronha/ PE
Data: 22/02/2011
Cinegrafista: Alex Costa (F2PD)
Shaper: -

Surfista: Miguel Pupo
Local: Cacimba do Padre - Fernando de Noronha/ PE
Data: 19/02/2011
Cinegrafista: Alex Costa (F2PD)
Shaper: Wagner Pupo

Surfista: Gabriel Medina
Local: Cacimba do Padre - Fernando de Noronha/ PE
Data: 19/02/2011
Cinegrafista: Alex Costa (F2PD)
Shaper: -

Surfista: Pedro Henrique
Local: Cacimba do Padre - Fernando de Noronha/ PE
Data: 20/02/2011
Cinegrafista: Alex Costa (F2PD)
Shaper: Joca Secco 5’10"

Surfista: Marco Giorgi
Local: Praia da Ferrugem - Garopaba/ SC
Data: 06/06/2011
Cinegrafista: Luiz Pavão
Shaper: Wade Tokoro 5’11"


Trip Pena - Austrália com tempero cearense.


Por Lima Jr. - link fonte:

Alan Jhones  - foto: Divulgação/Pena.

A marca Pena organiza uma surf trip para a Austrália com o objetivo de filmar e treinar os atletas da equipe em ação para a temporada de competições em 2012.

Todos estavam angustiados pela falta de ondas e resolveram pedir ajuda ao cearense Pedro Ivo, que mora na Austrália há dois anos. Ivo deu uma força e todos seguiram em seu caminhão à procura de um pico com melhores condições.

Checaram várias praias, mas as ondas não estavam bem como eles gostariam e por isso resolveram parar em Narrabeen, Sydney. As ondas estavam com meio metro na série e formação mexida, condições muito parecidas com o Nordeste brasileiro.

Optamos fazer algumas imagens ali mesmo e o shaper local Mauricio Gil e Pedro Ivo também divertiram-se nas pequenas ondas que rolaram nas bancadas de areia na boca do rio.

Para saber mais sobre a equipe, acesse o site da  Pena. .




ASP World Surfing Awards - Medina leva 2


Por: Redação Waves - link fonte:

Medina, o garoto prodígio do surf brasileiro - foto: Divulgação

Nesta quinta-feira, rolou o tradicional banquete de gala da ASP, na cidade de Gold Coast, Austrália.

Vencedor de duas etapas do World Tour, o paulista Gabriel Medina foi um dos premiados da noite. Ele levou dois troféus - um de revelação da temporada e outro de surfista mais votado pelo público.

 

Gabriel Medina recebe dois prêmios da ASP em banquete de gala. Foto: Bruno Lemos / Lemosimages.com.



Também foram premiados a cearense Silvana Lima e o paulista Caio Ibelli. Assim como Gabriel, Silvana foi eleito pelos fãs.

Já Ibelli foi coroado campeão mundial de 2011 na categoria Pro Junior, junto com a havaiana Leila Hurst.

 
Miguel Pupo elogiado por Slater - foto: Hilleman.

A grande estrela da noite foi o 11 vezes campeão mundial Kelly Slater. Em seu discurso, Slater elogiou bastante Owen Wright e Joel Parkinson, antes de falar da novíssima geração e destacar atletas como Gabriel Medina, Kolohe Andino, Miguel Pupo e Julian Wilson.

"É muito louco competir contra garotos 22 anos mais jovens do que eu. A idade deles é praticamente o tempo que tenho de Tour", brincou Slater.

Em seguida, o norte-americano brincou com os brasileiros. "Jaddy (Jadson André), você quer lutar comigo?". "Ei, Adriano! Cadê ele? Onde está Adriano?".

 
Caio Ibelli levou o Titulo de Campeões do World Junior Tour - foto: Divulgação.

Pela primeira vez em vários anos, a ASP ofereceu o prêmio de filiação vitalícia. O homenageado foi a lenda havaiana e ícone do surf de alta performance, Larry Bertlemann, 56.

"Onde o surf está hoje, é onde eu sonhei que deveria estar na década de 70", diz Bertlemann. "Vocês merecem absolutamente isso e eu estou muito honrado de estar aqui na frente de todos vocês nesta noite".

Campeões do World Tour

Kelly Slater (EUA) e Carissa Moore (Haw)

Vice-campeões do World Tour

Joel Parkinson (Aus) e Sally Fitzgibbons (Aus)

Estreantes do ano

Julian Wilson (Aus) e Tyler Wright (Aus)

Revelações da temporada

Gabriel Medina (Bra) e Courtney Conlogue (EUA)

Campeões do World Junior Tour

Caio Ibelli (Bra) e Leila Hurst (Haw)

Campeões do World Longboard Tour

Taylor Jensen (EUA) e Lindsay Steinriede (EUA)

Campeão mundial Master

Nathan Webster (Aus)

Campeão mundial Grand Master

Iain Buchanan (Nzl)

Surfistas mais atrativos (eleitos pelos fãs)

Kelly Slater (EUA) e Carissa Moore (Haw)

Surfistas eleitos pelo público

Gabriel Medina (Bra) e Silvana Lima (Bra)

Surfistas com qualidades mais admiradas (eleitos pelos próprios atletas)

Michel Bourez (Tah) e Sally Fitzgibbons (Aus)

Baterias do ano (eleitas pelos atletas)

Julian Wilson (Aus) x Kai Otton (Aus), no Rip Curl Pro Portugal
Carissa Moore (Haw) x Sally Fitzgibbons (Aus), no Roxy Pro Gold Coast

Manobras do ano (eleitas pelos atletas)

Kelly Slater (EUA) - aéreo com rotação completa no Quiksilver Pro New York
Tyler Wright (Aus) - tubo nos instantes finais da bateria no Roxy Pro Gold Coast

Prêmio Peter Whitaker (serviços prestados ao esporte)

Bethany Hamilton (Haw)

Prêmio Lifetime Membership


 Larry Bertlemann (Haw)



Billabong Pro - J-Bay sem credito.


Por: Redação Waves - link fonte:

Billabong Pro J-Bay é rebaixado para etapa de nível 6 estrelas. Foto: Aleko Stergiou.

O Billabong Pro Jeffrey's Bay, uma das etapas mais tradicionais do World Tour, foi oficialmente rebaixado para um evento de nível 6 estrelas do circuito mundial 2012.

Em declaração oficial nesta quinta-feira, a Billabong revelou que o motivo é financeiro. "A mudança no status do campeonato segue uma revisão mais ampla em que estamos buscando identificar economias de custos em toda a empresa. Ao reter um evento em Jeffrey's Bay, ele agora oferece dois eventos de qualificação na região sul-africana. A mudança para uma etapa de nível 6 estrelas também abre o evento para surfistas aspirantes da África do Sul pela primeira vez em 20 anos, e assegura a continuidade do evento para as empresas locais em J-Bay".

Com o rebaixamento da prova, o calendário do ASP World Championship Tour cai de 11 para 10 etapas. Agora, os atletas contam 8 dos 10 melhores resultados no ranking.

"Nós concordamos como um conselho que, embora lamentável, as realidades comerciais são tais que uma abordagem pragmática da ASP neste momento parecia sensata", diz Richard Grellman, presidente executivo da ASP.

"Por um longo tempo, a Billabong tem  dado suporte ao surf profissional e ainda patrocina três dos 10 eventos do World Championship Tour. Estamos ansiosos para que nossa relação profunda com eles tenha continuidade".

Segundo Al Hunt, Tour Manager do ASP World Star Tour, a diferença de premiação entre uma etapa do World Tour e um evento 6 estrelas é de  US$ 270 mil (de 425 mil para 115 mil).

No Twitter, o 11 vezes campeão mundial Kelly Slater comentou a saída de J-Bay da elite. "Títulos mundiais ficaram um pouco mais fáceis para goofy footers".



quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Billabong XXL - Danilo quer mais.


Por Redação Waves - link fonte:

Danilo Couto quer o BI no  Billabong XXL 2012 - foto: Divulgação/Billabong XXL.

Campeão do Billabong XXL 2011 com uma onda épica em Jaws, o baiano Danilo Couto quer repetir a dose nesta temporada.

No dia 4 de janeiro, o big rider dropou no pico a mesma onda com os conterrâneos Carlos Burle e Lapinho Coutinho. O detalhe foi descolar a rabeta em descer o paredão no vácuo até completar o drop insano.

A imagem foi gravada pelo cinegrafista Greg Browning e está inscrita no Billabong XXL 2012, na categoria Ride of the Year (Onda do Ano).

Clique aqui  para saber mais sobre o Billabong XXL.



Confiram o Vídeo:



Jerônimo Vargas - Nem tudo são flores.


Por Redação Waves - link fonte:

Além de pegar altos tubos em Fernando de Noronha (PE), o carioca Jerônimo Vargas levou algumas vacas hilárias.

Como nem tudo são flores no paraíso, o carioca não deixou passar em branco os piores momentos da trip.

Confiram o Vídeo:






Alan Jhones estreia bem na Austrália


                             Por - Lima Jr / Pena - link fonte:

                         
O potiguar Alan Jhones da equipe Pena chegou até round dos 24 melhores no evento 6 estrelas da ASP, o Australia Open de Surfe, em Manly - foto: Lima Jr .

O potiguar Alan Jhones da equipe Pena chegou até round dos 24 melhores no evento 6 estrelas da ASP, o Australia Open, em Manly, Sidney encerrado neste domingo, 19.

Pena O bicampeão nordestino estreou com o pé direito no circuito mesmo em condições pouco favoráveis e ondas de no máximo meio metro na série. Jhones conseguiu passar 3 difíceis baterias eliminando grandes nomes do surf mundial.

O local de Baía Formosa no Rio Grande do Norte finalizou a etapa na décima sétima colocação, registrou 675 pontos, embolsou uma quantia de 1500 dólares e agora com apenas uma prova já está entre os 96 no ranking mundial.

“É uma enorme satisfação chegar pela primeira vez aqui na Austrália e passar algumas baterias com grandes feras, acho até que dava para ter ido mais longe, mas infelizmente no quarto round não me encontrei. De qualquer forma estou muito feliz com o resultado, pois cheguei na véspera do evento e no outro dia eu já estava competindo, o fuso horário para quem ainda não é acostumado dá uma atrapalhada no rendimento do atleta”.

“Agora me adaptei ao horário australiano e vou com tudo para as próximas etapas que valem importantes pontos para o ranking”, completou Alan.

Antes da competição o atleta estará percorrendo o litoral australiano na Pena Surf Trip junto com seus companheiros de equipe André Silva que está atualmente na 62o posição no ranking e Messias Félix (95º).

Confiram vídeo do atleta durante o Australia Open Surfing, em Manly.


Mais informações sobre a Pena Surf Trip acesse: www.pena.com.br

Australianos Vencem o primeiro Aberto Australiano de Surfe.


Por: ASP - link fonte:



Último dia do Australian Open de Surfe, na praia de Manlyfoto: Rod Owen


Os Australianos Matt Banting e Sally Fitzgibbons levaram o 6 estrelas Aberto da Austrália em Manly, os brasileiros Tomas Hermes, Alex Ribeiro e Jessé Mendes ficaram nas quartas de final.





Os Australianos Sally Fitzgibbons e Matt Banting levaram o primeiro Aberto da Austrália na praia de Manlyfoto: ASP/Dunbar.


A praia estava repleta de dezenas de milhares de fãs de surf para o último dia de competição e eles foram brindados com um show emocionante, com batalhas em que as colocações dos competidores mudavam radicalmente, manobras poderosas e grandes aéreos, enquanto os melhores surfistas do mundo lutaram pela coroa de prestígio, preciosos pontos na classificação do ASP World Tour e dezenas de milhares de dólares de prêmiação.


Matt bantings, no dia final do Australian Open de Surfe, onde sagrou-se vencedorfoto: asp/Robertson.

O australiano Matt Banting liderou do começo ao fim no Australian Open de Surfe, depois de conquistar o título da divisão Pro Junior ontem e ganhar hoje a fita azul na divisão 6 estrelas da ASP. Banting, lutou bastante na final contra o americano Evan Gieselman, com ambos os surfistas indo para a decisão em condições pequenas, mas divertidas. Matt Banting realizou alguns aéreos invertidos, que deram algumas grandes pontuações e reivindicou a premiação de US $ 25.000 do 1º prêmio e 3.500 pontos do ASP World Tour.

"Esta tem sido a melhor semana da minha vida!" disse Banting. "Eu estou muito feliz, essa é a melhor sensação que já tive! Estou tremendo tanto que eu mal posso falar. Evan (Gieselman) é um surfista muito bom, ele estava explodindo na final inteira, eu estava realmente com medo. Eu tive sorte de começar bem com um par de boas ondas. Eu só quero agradecer a meu pai e a minha mãe por me apoiarem, eu os amo! "

O americano Evan Gieselman obteve o seu melhor resultado de sempre em um 6 estrelas da ASP com o seu vice-campeonato no Aberto da Austrália hoje. Gieselman tirou alguns grandes nomes na estrada para chegar na final com o seu jogo de aéreos letais, mas caiu um pouco abaixo no final perdendo por pouco mais de um ponto.


Tomas Hermes nas quartas de final do Australian Open de Surfe 2012foto: asp/Robertson.

"Foi uma boa bateria, foi muito divertido surfar contra Matt," Gieselman disse. "Eu realmente quero parabenizá-lo, ele surfou muito bem, e encontrou um par de boas direitas que permitiram que ele fizesse um par de aéreos. Eu teria adorado ter vencido, mas segundo lugar é um grande resultado. Eu estou fazendo toda Série Estrela da ASP este ano e estou procurando me qualificar para o ASP World Tour no final do ano, então isso é um grande começo para mim. "


Sally Fitzgibbons, vencedora do Australian Open de Surfe, no último dia da competiçãofoto: asp/Robertson.

A australiana Sally Fitzgibbons derrotou a peruana Sofia Mulanovich na final do Australian Open de Surf, ambas as surfistas postaram notas decentes, mas Fitzgibbons cronometrou as suas manobras com perfeição para vencer o evento e levar o cheque de US$ 8.000. Fitzgibbons estva em uma forma fantástica durante todo o evento, sendo recompensada pelos juízes pela sua capacidade de vincular rasgadas juntamente com o seu estilo suave. Esta semana, no Aberto da Austrália Fitzgibbons conseguiu quatro das 10 melhores pontuações de onda e dois dos três maiores totais de bateria, provando que ela foi a melhor surfista do evento e que ela não está sendo prejudicada por sua lesão no pulso.


"É inacreditável!" Fitzgibbons disse. "Eu estava apenas me concentrando e trabalhando com minhas pranchas e passando por algumas baterias e antes que eu notasse eu estava na final. Sofia (Mulanovich) é uma concorrente dura, eu sabia que ela seria capaz de obter a pontuação necessária, por isso foi uma espera nervosa no final. Ganhar em frente deste público, com tanto apoio foi uma sensação incrível! Então, por ter vencido o Aberto dos EUA e, em seguida o primeiro Aberto Australiano é uma conquista especial. "



quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Medina, Scooby & Toledo - Trio elétrico em Oahu.


Por Bruno Municelli - link fonte:

Medina - foto: divulgação ASP.

Pedro Scooby, Filipe Toledo e Gabriel Medina representaram o surf brasileiro nas ondas do North Shore de Oahu durante a última temporada.

Atletas da equipe Nike, os caras esculacharam os dias de ondas pequenas e não amarelaram quando o mar subiu no lendário arquipélago havaiano.

Batizado de Hawaii – Curtindo a Temporada, o vídeo acima exibe em primeira-mão a alta performance dos atletas em ondas como Off-The-Wall, Rocky Point, Rockpiles, Pipeline, entre outras bancadas do North Shore.

Confiram o Vídeo:




segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Hang Loose Pro Contest 2012 - Vídeo das Finais.

Por: Hang Loose - link fonte:


Miguel Pupo, campeão do Hang Loose Pro Noronha 2012 - foto: Daniel Smorigo.


No ar o vídeo com os melhores momentos da fase final do Hang Loose Pro Contest 2012, eta Prime do circuito mundial que aconteceu no último sábado em Fernando de Noronha (PE).

O paulista Miguel Pupo, 20 anos, é o novo campeão. Conquistou o primeiro lugar após dominar toda a bateria contra o experiente Jean da Silva, velho conhecido do evento.

Pupo teve o controle da bateria durante todo o tempo e ganhou a final contra o catarinense, que estava buscando o bicampeonato.

Agora os dois assumiram a dianteira no ranking mundial unificado da ASP, que classifica dez surfistas para o Dream Tour de 2013.




domingo, 12 de fevereiro de 2012

Circuito CBS Brasileiro de Surf em Pernambuco.


Por: Chico Padilha - 

Cartaz da 1ª etapa do CBS Brasileiro de Surf 2012.


O CBS Brasileiro de Surf, é o que mais integra e revela talentos no surf brasileiro, e seu primeiro palco esse ano será Baía de Maracaípe, Ipojuca, Pernambuco, onde há vinte e quatro anos o nordeste recebeu etapa da primeira edição do circuito que classifica nessa abertura para o Mundial Júnior da International Surfing Association (ISA) em abril no Panamá, e ao final de quatro etapas define campeões em categorias de base e leva os melhores a outros eventos da ISA, entidade que, sendo a oficial do surf mundial, está para o Comitê Olímpico International assim como a CBS está para o Comitê Brasileiro, o COB, que durante o recente Prêmio Brasil Olímpico homenageou a Confederação Brasileira de Surf presidida por Argolo.














Filipe Toledo (SP) - Campeão Júnior 2010 CBS.- foto: Fabriciano Júnior

Oito titulares por estados

As quatro seleções melhores colocadas em 2011, a campeã São Paulo, a vice Santa Catarina, a do terceiro Rio de Janeiro e a Paraíba, quarta, além de seus titulares inscrevem prioritariamente aos chamados “alternates”, que pontuam apenas individualmente e mediante chancela da Federação de seu estado, que inscreve a todos na tarde da quinta-feira.

Todas as seleções federadas tem vaga para time completo, sendo que na Mirim e na Júnior são duplas que pontuam na fase de abertura, com todos os estados desde 2007 usando formato “B“ de oito pontuadores.

A garantia de atletas “Alternates” também possui o estado anfitrião, e o da abertura, Pernambuco dos juniores profissionais Gabriel Farias e Thales Luís, se reforça com ainda mais novos talentos a exemplo de Douglas “Dodô” e Thiago Silva, que na recente largada do Estadual venceram respectivamente na Iniciantes (Sub-14) e Mirim (Sub-16) duas também existentes no Circuito CBS Brasileiro de Surf apresentado por Billabong, que na Júnior (Sub-18) e a Open (Sem limite de idade), possui divisões tanto masculina quanto feminina, totalizando seis pódios além da disputa pelo título nacional de seleções.

Cinco em Onze

A disputa entre seleções estaduais tem duas tetracampeãs no terceiro milênio, a mais recente a de São Paulo, que desde 2008 fatura ao título máximo e para tanto se valeu de nomes como Gabriel Medina, Miguel Pupo, Caio Ibelli e Filipe Toledo em várias ocasiões e ainda mais recentemente de Vitor Bernardo, Igor Moraes, Wesley Santos e Deivid Silva.

Santa Catarina em 2001 abriu a galeria de campeãs do século 21, mas no ano seguinte foi o Rio de Janeiro quem festejou, ficando a seleção catarinense com a Taça Roberto Valério em 2005 após três conquistas consecutivas.


Elivelton Santos no Billabong Brasileiro de Surf CBSfoto: Sergio Aguiar.

2006 foi o ano da entrada da Bahia na Galeria, feito igualado pelo Rio Grande do Norte no seguinte 2007, o último antes da hegemonia dos paulistas que ano passado também festejaram o título de Igor Morais na Iniciantes, sucedendo o paraibano Elivelton Santos, em uma galeria na qual figuram o paulista Adriano de Sousa e do carioca Raoni Monteiro.

Ele não havia nem nascido quando em 1991 São Paulo festejou seu primeiro de onze títulos em uma galeria que no século passado só ele, Santa Catarina e Rio de Janeiro disputavam com chances reais e garantiam títulos, enquanto nos anos 2000, em onze temporadas, já são cinco os estados campeões brasileiros.

Em 2011, o título da Open Masculina foi para o Ceará com Michael Rodrigues, a potiguar Gilvanilta Ferreira se antecipou na Feminina, enquanto na Júnior o catarinense Matheus Navarro e a carioca Isabela Lima foram os melhores da CBS, que na Mirim tem outro surfista do Rio de Janeiro campeão: Lucas Silveira.

A abertura do CBS Brasileiro de Surf na Baía de Maracaípe, Ipojuca, Pernambuco, é patrocínio Billabong com Nixon, Vonzipper e Xcel, Federação Pernambucana de Surf (FesurPE), Confederação Brasileira de Surf (CBS), Prefeitura de Ipojuca e Governo do Estado de Pernambuco junto com suas Secretarias de Esporte.


Ranking Brasileiro de Surf CBS 2011 (Em 4 colocações de até 1000 pontos descartada a menor delas, a exceção da disputa por seleções dos estados, que soma todas)


Feminino Junior Sub 18

1a Isabela Lima RJ 2800 pontos

2a Marina Resende SC 2466 pts

3a Carol Fernandes RJ 2456 pts

4a Estefany Freitas CE 2116 pts


Mirim (Sub 16)

1o Lucas Silveira RJ 2900 pontos

2o Elivelton Santos PB 2710 pts

3o Igor Morais SP 2341 pts

4O Luan Wood SC 2041 pts


Open Feminino (Sem limite de idade)

1a Gilvanilta Ferreira RN 3000 pts *

2a Estefany Freitas CE 2439 pts

3a Marina Resende SC 2366 pts

4a Isabela lima RJ 2114 PTS


Junior Sub 18

1o Matheus Navarro SC 2656 pts

2o Michael Rodrigues CE 2466 pts

3o Deivid Silva SP 2341 pts

4o Elivelton Santos PB 2230 pts

Iniciantes Sub 14

1o Igor Morais SP 2800 pts*

2o Gustavo Ramos SC 2276 pts

3o André Heiden SC 2268 pts

4o Rafael Venuto RJ 2122 pts


Open (Sem limite de idade)

1o Michael Rodrigues CE 2629 pontos

2O Diego Michereff SC 2439 pts

3o Matheus Faria RJ 2182 pts

4o Deivid Silva SP 1861 pts


Seleções (Somam-se ás quatro pontuações)

1O São Paulo 3610 pts

2O Santa Catarina 3466 pts

3O Rio de Janeiro 3095 pts

4O Paraíba 2909 pts

5O Ceará 2791 pts

6O Bahia 2367 pts

7O Espírito Santo 2341 pts

8O Rio Grande do Norte 1599 pts

Hang Loose Pro Contest 2012 - Miguel Pupo é campeão.


Por: João Carvalho - link fonte: http://surfguru.com.br/noticias/noticia.asp?id=5114
                                   
                           
                           
Miguel Pupo (SP) no Hang Loose Pro Contest 2012 em Fernando de Noronha - foto: Daniel Smorigo (ASP)


O paulista Miguel Pupo, 20 anos, é o novo campeão do Hang Loose Pro Contest em Fernando de Noronha (PE). Ele ganhou a final brasileira com o catarinense Jean da Silva, 27, nos tubos da Cacimba do Padre e os dois assumiram a dianteira no ranking mundial unificado da ASP, que classifica dez surfistas para o Dream Tour de 2013.

Pupo faturou o prêmio máximo de 40 mil dólares e 6.500 pontos, com o vice levando 20 mil dólares e 5.200 pontos. O catarinense Ricardo dos Santos, 21, e o porto-riquenho Brian Toth, 26, perderam nas semifinais e ficaram em terceiro lugar, com cada um recebendo 10 mil dólares e 4.225 pontos na edição comemorativa do 26.o aniversário do campeonato mais tradicional da América Latina.

"Vencer no Brasil é uma coisa que eu queria muito", vibrou Miguel Pupo. "Eu já venci duas etapas Prime nos Estados Unidos no ano passado, mas eu queria mostrar que posso vencer em casa também, ainda mais aqui em Fernando de Noronha, pegando altos tubos. Estou feliz também por ter feito a final com o Jean (da Silva). Ele tinha vencido o (Gabriel) Medina ontem (sexta-feira), que ficou muito bravo pela derrota. Aí a mãe dele falou que eu tinha que ganhar o campeonato e ganhei, então estou mais amarradão ainda".


Miguel Pupo (SP) no Hang Loose Pro Contest 2012 em Fernando de Noronha - foto: Daniel Smorigo (ASP).


NOTA 10 E RECORDE - O campeão começou a brilhar na Cacimba do Padre na semifinal contra outro catarinense, Ricardo dos Santos. Foi nesta bateria que rolaram as melhores ondas do sábado na Cacimba do Padre. Ricardinho era o único invicto entre os quatro finalistas, mas Miguel Pupo pegou dois tubaços incríveis para estabelecer um novo recorde de 19,77 pontos com uma nota 10 unânime dos cinco juízes no melhor deles.

"A onda era muito perfeita. Eu segurei tudo na hora do drop, depois fui só curtindo o salão e acabei recompensado com a nota máxima. Depois de sair do tubo, fiquei tão relaxado que até fiz um aéreo pra completar, pra garantir mesmo a nota 10", contou Miguel, que ganhou confiança para a final após a melhor apresentação da semana nos tubos da Cacimba do Padre.

"Eu tenho quase que uma lei dentro de mim, que toda vez que eu ganho um 10 na semifinal eu acabo vencendo o campeonato. Eu tinha feito o 10 contra o Ricardinho e sabia que a vitória estava a caminho. Mas, o Jean fez um tubão 9,33 e pensei até que o título ia escapar, mas as ondas vieram pra mim e consegui uma das vitórias mais importantes da minha carreira", falou o novo integrante da Galeria dos Campeões do Hang Loose Pro Contest.


Jean da Silva, vice-campeão do Hang Loose Pro Contest 2012 - foto: Daniel Smorigo.


E o sonho de um bicampeonato inédito em Fernando de Noronha foi adiado mais uma vez. Jean da Silva já venceu o Hang Loose na Cacimba do Padre em 2006, mas não conseguiu repetir o título, apesar de ter surfado o melhor tubo da final. Com notas 8,77 e 7,33 em outros dois canudos nas esquerdas vindas do Morro Dois Irmãos, Miguel Pupo confirmou a vitória na primeira etapa do ASP World Prime de 6.500 pontos da temporada 2012.

"Cheguei perto do bi, mas essa bateria foi um pouco complicada porque não vieram muitas ondas boas, infelizmente", lamentou Jean da Silva. "Mas, o Miguel quebrou, pegou duas ondas excelentes, eu só surfei um tubo no mesmo nível e faltou uma nota média (nota 6,77) para mim. Eu corri atrás, mas não deu e parabéns pro Miguel (Pupo) que mereceu a vitória. Estou feliz pelo segundo lugar também, comecei bem a temporada e agora é tentar manter isso nas próximas etapas que vou disputar na Austrália".

Diferente dos finalistas, Ricardo dos Santos confessou que o foco dele não é mais competição e só quer participar de etapas com ondas boas e tubulares como as de Fernando de Noronha. "Eu quero curtir o máximo que eu posso, viajar, fazer fotos, filmagens, produzir material para as revistas e pro meu patrocinador, mas tem alguns lugares que vou tentar competir mais pelas ondas mesmo e não por pontos em ranking", disse Ricardinho, que saiu satisfeito com o seu melhor resultado da carreira no ASP World Tour.

"O evento foi excelente, acho que foram as melhores ondas que já surfei aqui em Noronha e só tenho que agradecer por ter surfado altas ondas nesta semana, tubos e mais tubos e passar bateria às vezes é uma questão de sorte", acredita Ricardo dos Santos. "Tenho certeza que se eu conseguisse sair dos tubos que peguei poderia ter ido pra final, mas desta vez foi o Miguel que achou as melhores ondas e mereceu a vitória".

Também muito feliz ficou o porto-riquenho Brian Toth pelo terceiro lugar em sua estreia na temporada, começando 2012 em quarto lugar no ranking liderado pelos brasileiros. "Foi um ótimo início de ano. Eu vim pra cá sem muitas expectativas e fui até a semifinal, meu melhor resultado aqui em Noronha, então vou festejar muito hoje, tomar umas caipirinhas a noite, já que amanhã (domingo) não tem mais competição", disse o surfista de Porto Rico, único estrangeiro que chegou no sábado decisivo do Hang Loose Pro Contest 2012.

CONFIRMADO PARA 2013 - A 13.a edição do campeonato mais tradicional da América Latina em Fernando de Noronha foi mais uma vez um grande sucesso de ondas, com alguns apontando como esta sendo a que apresentou os melhores tubos desde o ano 2000. O presidente da Hang Loose, Alfio Lagnado, agradeceu a todos no pódio e já confirmou a realização do evento mais uma vez na Cacimba do Padre em 2013.

"Esse lugar é especial, todos recebem a gente muito bem, os surfistas locais sempre muito simpáticos abrem a sua casa para que nós possamos fazer essa festa e acho que é uma semana de confraternização", falou Alfio Lagnado, no pódio. "Acho que a ilha inteira espera essa semana, todos curtem junto e é esse o espírito que todo mundo gosta, do verdadeiro surfe. Temos alguns problemas de estrutura, internet, área vip, mas a festa lá dentro d´água é garantida porque temos aqui as melhores ondas do Brasil".


 


















Pódio do Hang Loose Pro Contest 2012 em Fernando de Noronhafoto:                  Daniel Smorigo.


FINAL DO HANG LOOSE PRO CONTEST 2012:
Campeão: Miguel Pupo (BRA) com 16,00 pontos (notas 8,77 e 7,33) - US$ 40.000 e 6.500 pontos
Vice-campeão: Jean da Silva (BRA) com 14,00 pontos (notas 9,33 e 4,67) - US$ 20.000 e 5.200 pontos

SEMIFINAIS - 3.o lugar - US$ 10.000 e 4.225 pontos:
1.a: Miguel Pupo (BRA) 19,77 x 14,53 Ricardo dos Santos (BRA)
2.a: Jean da Silva (BRA) 17,60 x 8,40 Brian Toth (PRI)

ASP WORLD RANKING 2012 - 5 etapas:


01: Miguel Pupo (BRA) - 6.500 pontos
02: Jean da Silva (BRA) - 5.200
03: Ricardo dos Santos (BRA) - 4.611
04: Brian Toth (PRI) - 4.225
05: Joan Duru (FRA) - 4.128
06: Wiggolly Dantas (BRA) - 3.676
07: Gabriel Medina (BRA) - 3.320
07: Damien Hobgood (EUA) - 3.320
09: Chris Ward (EUA) - 3.152
10: Mitchel Coleborn (AUS) - 2.954
11: Mason Ho (HAV) - 2.875
12: Raoni Monteiro (BRA) - 2.400
12: Willian Cardoso (BRA) - 2.400
12: Yuri Sodré (BRA) - 2.400
12: Nic Von Rupp (ALE) - 2.400
17: John John Florence (HAV) - 2.000