segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Viva Planos de Saúde/Gold Island Surf Master 2010 - Fernando Pereira vence a 3ª etapa.

Autor: SurfPE - por: Claudio Damangar – M3 Media - Assessoria Abreus - 27/09/10 - 14:34.

Podio do Viva Planos de Saúde/Gold Island Surf Master 2010 - foto: Claudio Damangar.

A 3ª etapa do Viva Planos de Saúde/Gold Island Surf Master 2010 remeteu o pico de Itapuama-PE, para os tempos mais gloriosos de Boa Viagem em frente ao Edf. Acaiaca.

Famílias inteiras formadas em torno do surf estavam lá. Competidores, empresários ou figuras ilustres, todos eram portadores da história do esporte no Nordeste na qual escreveram mais uma página este final de semana. Até uma antiga Caravan no melhor estilo oitentista, foi vista por lá com algumas pranchas no rack.

A Viva Planos de Saúde sem dúvida merece um Aloha especial por ter disponibilizado uma equipe médica equipada com UTI móvel que ficou a disposição para qualquer emergência durante todo o evento. Transmitiu de fato, muito mais segurança a presença de um apoio especializado tão bem equipado.

O circuito realizado pela Associação Surf Master de Pernambuco, apesar de ser voltado para a categoria Master, tem a brilhante e pertinente iniciativa de incentivar o desenvolvimento da nova geração do surf, inserindo a iniciante na competição. Os guris dão show.

Tiago Silva é sem dúvida um destaque entre os dessa nova geração e é fácil clicar o guri voando das ondas nos picos de Gaibú e Maracaípe. Merecidamente Tiago foi o campeão da iniciante, mas isso sem tirar o mérito de outro “casca-grossinha” Ramos Austin. Ao lado de Douglas Silva e Eduardo Jr. estas jovens promessas nos abriram as janelas do tempo, mostrando o futuro do surf no Nordeste.

Na categoria mais clássica do evento, a Longboard, Geo Lima foi estiloso ao surfar as ondas de Itapuama que rolam lá no fundão em outside. Ele foi o campeão numa final que não faltou emoção, o cara virou o game na última onda e saiu do mar vibrando muito depois de demonstrar um surf erudito em batidas na junção e hang fives. Carlão, Cabo Nascimento e Jorge Miranda deram ainda muito trabalho se revezado muitas vezes na liderança da bateria que teve direito a tubo e tudo mais (ver galeria de fotos).

Falando em Nascimento é sempre muito bom salientar a presença deste surfista e Cabo da ROCAM nos eventos. Como integrante desta autarquia, ele trava uma verdadeira guerra contra a praga do crack nas ruas. Como surfista, Nascimento usa sempre seus espaços para alertar dos perigos que esse mal oferece a nossas famílias. Com seu lema escrito em sua prancha (“Seja um craque contra o crack”) ele lembra a comunidade surf que o problema existe e precisa ser entendido como um problema nosso. O crack vicia definitivamente desde o primeiro contato e pode matar em apenas uma semana de uso. De modo que contaminado todos os grupos sociais rapidamente.

Na Funboard, Caio Santos, local de Itapuama guardou por ali mesmo o título da etapa. As finais rolaram num bom momento do mar e a exemplo das longboards, a estabilidade das funs ajudavam na volta rápida para as ondas que rolavam lá fora. Manobras agressivas e fluidez também com Marcos Patriota e Guilherme Coutinho que botaram pra baixo em boas paredes. Marcos foi melhor nas finalizações fica em segundo e deixando Guilherme em terceiro. As finalizações também deixaram Claudio Zoreba em quarto.

Na Sênior, a categoria mais agressiva, Julio Pereira, Washington Martins, Fred Vilela e Alex Larinho estouram os canos de Itapuama com altas rasgadas de front site e rabetadas. Larinho tem surpreendido muito a cada evento, refinando o seu estilo cada vez mais aéreo e preciso ficando em quarto, Fred Vilela é figurinha carimbada e quem tem o pico do Francês(AL) pra treinar não é fraco. Botou pra baixo nas esquerdas e rasgou tudo ficando com a terceira colocação. Briga mesmo foi entre Washington Martins e Julio Pereira, as rabetadas características do surf de Washington pareciam lhe dar a vitória, mas Julio Pereira teve mais paciência na escolha das ondas e bateu com mais velocidade e trabalhou mais seu leque de manobras. Julio Pereira em primeiro.

Na Super Máster, a categoria dos mais experientes do evento, a briga entre João Maria e Fernando Balaco pela primeira posição, teve o mar e o craud como rivais extras. Como se não bastasse Julio Marques (o grande shaper) e Albino Malta ( O DJ) na cola.

Provavelmente por não ouvir a locução do evento, já que o mar estava realmente bem lá dentro, muita, mais muita gente mesmo invadiu a área de competição e atrapalhou tanto atletas como juízes e imprensa. Outras categorias também sofreram com isso, mais nenhuma como a Super Master e a Master. Impressionante.

João Maria levou a melhor trabalhando mais as ondas e definindo melhor, mais Fernando Balaco merece destaque especial. O cara com mais de 42 anos fez a melhor nota de todo o evento, 8.7. Gás total nessa categoria! Fernando ficou em segundo. Julio Marques levou a terceira colocação e Albino Malta acabou não encontrando suas ondas e ficou em quarto.

Fernando Pereira vence a 3ª etapa do Viva Planos de Saúde/Gold Island Surf Master 2010 - foto: Claudio Damangar.


Na principal categoria, a Master, Fernando Pereira foi o grande campeão e vibrou muito com isso. A briga com Marcelo Bandeira foi tão agressiva quanto a do pessoal da Sênior. Rasgadas no teto e floaters estavam no cardápio da galera, mas realmente nas definições Fernando voltou mais na base elevou a melhor. Essa briga rendeu ótimas imagens também com Liro Boy que foi no mesmo estilo de surf rápido com batidas fortes e Beto Oliveira.

Este último sem dúvida a grande revelação do evento. Beto é um atleta sempre presente em todas as edições do circuito, mas nesta terceira etapa, mostrou muito mais gás e atitude do que nas outras. Merecido pódio e reconhecimento.

Abaixo o resultado ficou assim:

Master
1.Fernando Pereira (PE)
2.Mauricio Bandeira (PE)
3.Liro Boy (PB)
4. Belo Oliveira (PE)

Super Master
1. João Maria (PB)
2. Fernando Balaco (PE)
3. Julio Marques (PE)
4. Albino Malta (PE)

Iniciante
1. Tiago Silva (PE)
2. Ramon Austin (PE)
3. Douglas da Silva (PE)
4. Eduardo Jr (PE)

Sênior
1. Julio Pereira (PE)
2. Washington Martins (PE)
3. Fred Vilela (AL)
4. Larinho (PE)

Longboard
1. Geo Lima (PE)
2. Carlão (PE)
3. Nascimento (PE)
4. Jorge Miranda (PE)

Funboard
1. Caio Santos (PE)
2. Marcos Patriota (PE)
3. Guilherme Coutinho (PE)
4. Claudio Zoreba (PE)

Melhor Onda – Fernando Balaco: 8.17
Revelação – Beto Oliveira

A ASMPE agrade a todos os envolvidos no evento e que fizeram de um sucesso especialmente a Viva Planos de Saúde, a Gold Island e a Abreus por seus patrocínios

O co-patrocínio da Long Island e Teccel.

A Prefeitura da cidade do Cabo pelo incentivo.

Os apoios Trópicos Hotel em Itapuama, Relevos, M3 Media, Natural Art, Menthor, Custom surfboards, Bar do Marcão, Bar do Martelo, Wave Grip, AVS, Surf Point (Açaí do Alvinho), Pousada do Raí, Fome Zero Lanches Leves, Federação Pernambucana de surf, Associação de Surf de Itapuama, Ripple, Restaurante Arrecifes dos Corais em Itapuama, Pousada Aquários de Porto.
A força sempre indispensável dos sites surfguru.com.br, surfenordeste.com.br, portodosurf.blogspot.com, cearasurf.com.br, surfbyte.com.br, ondulação.com.br, waves.com.br, abresurf.com.br, goldisland.com.br, surfcore.com.br, surfpe.blogspot.com, surfcupe.com.br, 360graus.com.br e emfocosurf.com.br.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Havaiana é campeã do Maresia Girls International WQS 2010.


Coco Ho vence etapa do Circuito Mundial Feminino nesta quinta-feira, em Florianópolis.

Florianópolis (SC) - Coco Ho, 19 anos, foi a grande vencedora do Maresia Girls International WQS 2010, etapa seis estrelas do ranking de acesso do Circuito Mundial Feminino da Association of Surfing Professionals (ASP), que terminou nesta quinta-feira, na praia Mole, em Florianópolis (SC).

Esta foi a segunda vitória consecutiva da havaiana em mares brasileiros. No último sábado, ela subiu no degrau mais alto do pódio da prova do WQS realizada em Salvador (BA).


Na bateria decisiva, Coco Ho somou 9.50 pontos em 20 possíveis e não deu chances à francesa Pauline Ado, que obteve 8.60. Pela vitória, a competidora do Havaí faturou US$ 4.500,00 (cerca de R$ 7.800,00) e 3.000 pontos na tabela de classificação, que a coloca na sexta posição no ranking de acesso da ASP. "O Brasil já se tornou um lugar muito especial para mim", disse a filha e sobrinha, respectivamente, dos lendários surfistas Michael e Derek Ho, este último campeão mundial de 1993.

Pauline Ado, 19 anos, também tem motivos de sobra para comemorar, já que a segunda colocação fez com que ela subisse da 13º para o quinto lugar na classificação geral do WQS. "Foi um resultado importante para me classificar para elite (WT) em 2011. Adorei ter competido aqui, em uma praia com fundo de areia, que propicia que a gente experimente manobras diferentes. Sem falar que o campeonato foi muito legal", declarou a francesa.


A cearense Silvana Lima, 25 anos, depois de vencer a norte-americana Sage Erickson nas quartas-de-final, não conseguiu a mesma sorte nas semifinais e acabou sendo derrotada por Pauline Ado. "O mar estava muito difícil e eu acabei ficando 25, dos 30 minutos da bateria, sem pegar nenhuma onda. Isso acontece, faz parte da competição", comentou a vice-campeã mundial de 2009 e terceira colocada no ranking deste ano da ASP.


Jacqueline Silva, 33 anos, também ganhou nas quartas-de-final e foi eliminada nas semifinais. No primeiro confronto do dia, a catarinense superou a paraibana Diana Cristina, tetracampeã sul-americana Pro Júnior (Sub-20). Mas não conseguiu repetir a mesma performance diante de Coco Ho e ficou fora da bateria decisiva. "Tive dificuldades na escolha das ondas, mas esta colocação foi fundamental na minha luta para voltar à elite do surfe mundial", explicou.

A "local" da praia Mole - mora na vizinha Barra da Lagoa - disse que, apesar da derrota para a havaiana diante da torcida, saiu da água com a sensação de dever cumprido. Com a terceira colocação na praia Mole, ela subiu do nono para o sétimo lugar no ranking de acesso da ASP e ficou a uma posição de entrar na lista das seis atletas que se classificam para a divisão da elite no ano que vem - a definição acontece na última etapa, em novembro, no Havaí. "Claro que queria ter ido para a final, mas estou muito feliz com este resultado em casa", finalizou Jacqueline Silva.

Sul-americano - O Maresia Girls International WQS 2010 definiu a campeã sul-americana de 2010. A quinta colocação na etapa acabou dando o título para Anali Gomez. Após ser derrotada por Coco Ho nas quartas-de-final, a peruana ficou na área reservada aos atletas, ao lado de suas compatriotas, torcendo para que Jacqueline Silva e Silvana Lima não avançassem para a final. A corrente deu certo. "Nem sabia que poderia sair daqui campeã. É claro que estou feliz com este título que vou levar para o meu país",

Homologado pela ASP South America, o Maresia Girls International WQS 2010 teve o patrocínio da marca de moda surfe genuinamente brasileira Maresia e foi uma realização da Prefeitura Municipal de Florianópolis, Salva Surf Brasil, Federação Catarinense de Surf e Associação de Surf da Praia Mole.

Os apoiadores foram Praia Mole Eco Village, Jamaica Surf Shop, Tent Beach, Aloha Surf Shop, Overboard, Planeta Surf, Ecológica, Surf Trip, Sumatra, Bahamas Surf Shop, Bali, New Look Surfwear, Fissura Moda Surfwear e Mabuya. A divulgação é das revistas Fluir, Surfar e Solto, do portal Waves, do Jornal Drop e do canal de TV Woohoo.

Baterias desta quinta-feira

Quartas-de-final:
Pauline Ado (FRA) 8.53 x 8.33 Laura Enever (AUS)
Silvana Lima (BRA-CE) 7.84 x 5.80 Sage Erickson (EUA)
Coco Ho (HAV) 12.34 x 4.87 Anali Gomez (PER)
Jacqueline Silva (BRA-SC) 8.83 x 5.60 Diana Cristina (BRA-PB)

Semifinais
Pauline Ado (FRA) 6.24 x 6.03 Silvana Lima (BRA-CE)
Coco Ho (HAV) 12.66 x 5.63 Jacqueline Silva (BRA-SC)

Final
Coco Ho (HAV) 9.50 x 8.60 Pauline Ado (FRA)

Classificação da etapa
1ª Coco Ho (HAV)
2ª Pauline Ado (FRA)
3ª Silvana Lima (BRA-CE), Jacqueline Silva (BRA-SC)
5ª Laura Enever (AUS), Sage Erickson (EUA), Anali Gomez (PER), Diana Cristina (BRA-PB)

Ranking de acesso
1ª Sally Fitzgibbons (AUS), 12.120 pontos
2ª Laura Enever (AUS), 11.520
3ª Courtney Conlogue (EUA), 10.920
4ª Tyler Wright (AUS), 10.320
5ª Pauline Ado (FRA), 9.600
6ª Coco Ho (HAV), 9.520
7ª Jacqueline Silva (BRA-SC), 9.480
8ª Claire Bevilacqua (AUS), 9.240
9ª Alana Blanchard (HAV), 8.880
10ª Cannelle Bulard (FRA), 8.760

Ranking Sul-Americano (final)
1ª Anali Gomez (PER), 2.968 pontos
2ª Silvana Lima (BRA-CE), Jacqueline Silva (BRA-SC), 2.660
3ª Gabriela Leite (BRA-SC), Bruna Schmitz (BRA-PR), Diana Cristina (BRA-PB), 2.530

Resultado completo no site www.maresia.com.br

Maresia Girls International 2010 - Três brasileiras e cinco estrangeiras brigam pelo título

Autor: SurfPE - por: Roberto Pierantoni - MTb.: 18.194 - 23/09/10 - 08:20
Estrutura o Evento - foto: Basílio Ruy / ASP



Etapa do Circuito Mundial Feminino que acontece em Florianópolis termina nesta quinta-feira.

Florianópolis (SC) - Três brasileiras e cinco estrangeiras classificaram-se, nesta quarta-feira em ondas de até 1 metro de altura e boa formação, para as quartas-de-final do Maresia Girls International WQS 2011. A etapa seis estrelas do ranking de acesso do Circuito Mundial Feminino da Association of Surfing Professionals (ASP) termina nesta quinta-feira, na praia Mole, em Florianópolis (SC).

Silvana Lima (CE) - foto: Basílio Ruy / ASP.

As representantes do Brasil que continuam na briga pelos US$ 35 mil (cerca de R$ 60 mil) oferecidos de premiação - US$ 4.500,00 (cerca de R$ 7.800,00) para a primeira colocada - são a cearense Silvana Lima, a paraibana Diana Cristina e a catarinense Jacqueline Silva. As australianas Laura Enever, a norte-americana Sage Erickson, a francesa Pauline Ado, a havaiana Coco Ho e a peruana Anali Gomez também permanecem na disputa.

Silvana Lima chegou às quartas-de-final após vencer a sua bateria na terceira fase. A cearense somou 12.17 pontos em 20 possíveis e superou a francesa Pauline Ado, que marcou 9.37 e se classificou em segundo lugar. A havaiana Alana Blanchard foi eliminada. "Queria avançar surfando bem e consegui. Assim, fico mais tranquila para o restante do campeonato. Ainda mais que o surfe entrou no pé", afirmou a cearense vice-campeã mundial de 2009, que enfrenta agora a norte-americana Sage Erickson.

Jacqueline Silva (SC) - foto: Basílio Ruy / ASP.

Jacqueline Silva teve motivos sobra para comemorar nesta quarta-feira, pois, além de se classificar para as quartas-de-final, ela viu suas concorrentes diretas por uma vaga no WT 2011 serem eliminadas. Cannelle Bulard (Ilhas Reunião), Alana Blanchard (Havaí) e Paige Hereb (Nova Zelândia), que estão empatadas na sexta colocação com 120 pontos a mais que a brasileira, estão fora da penúltima etapa da temporada.

Assim, mesmo que não avance para as semifinais, a catarinense já terminará a competição entre as seis atletas que se classificariam para a divisão da elite no ano que vem - a definição acontece na última etapa, em dezembro, no Havaí. "Quero muito voltar ao WT e está dando tudo certo pra mim", disse a surfista, que participou do circuito durante anos e saiu em 2009.

"Agora, tenho de manter a concentração, pois preciso de um excelente resultado em casa e não posso perder esta oportunidade de ir para o Havaí mais bem posicionada no ranking", afirmou Jacqueline, que mora na Barra da Lagoa, vizinha à praia Mole. Ela enfrenta nas quartas-de-final a paraibana e tetracampeão sul-americana Pro Júnior (sub-20) Diana Cristina.

A australiana Laura Enever, atual campeão mundial Pro Júnior, e a havaiana Coco Ho, que sábado venceu a etapa do WQS realizada em Salvador (BA), são as estrangeiras que mais estão se destacando no Maresia Girls International WQS 2010. A representante do Havaí terá pela frente a peruana Anali Gomez, enquanto a da Austrália pega a francesa Pauline Ado. "Vou em busca da vitória. Está sendo divertida está esta minha passagem pelo Brasil", contou Coco Ho.

O evento tem o reinício programado para as 8h30 desta quinta-feira, com a realização das quatro baterias das quartas-de-final, que passam a ter disputas mulher x mulher. Na sequência, as semifinalistas buscam vaga na decisão, que, segundo os dirigentes da ASP South America, deve acontecer por volta das 11h30. "Se tudo ocorrer sem problemas, a campeã do Maresia Girls International 2010 será conhecida por volta do meio-dia", informou Klaus Kaiser, tour manager da entidade.

Quartas-de-final
Laura Enever (AUS) x Pauline Ado (FRA)
Sage Erickson (EUA) x Silvana Lima (BRA-CE)
Coco Ho (HAW) x Anali Gomez (Peru)
Jacqueline Silva (BRA-SC) x Diana Cristina (BRA-PB)

Ao vivo - As disputas finais do Maresia Girls International WQS 2010 podem ser assistidas ao vivo, e na íntegra, no site da Maresia - www.maresia.com.br - e também no da ASP South America - www.aspsouthamerica.com.br.

Os entusiastas do esporte, além de enviarem comentários sobre o evento, também poderão participar de promoções e sorteios que serão veiculados nos canais da marca nas redes sociais Facebook, Twitter e Orkut.

Nesta quinta-feira (das 10 horas até o final do evento), as baterias serão transmitidas ao vivo pelo canal de TV por assinatura Woohoo. A locução será de Bruno Bocayuva, com reportagens de Lorena Montenegro. Segundo Vinícius Araújo, do Marketing da emissora, a etapa do Circuito Mundial Feminino poderá ser vista em todo o território nacional.

Homologado pela ASP South America, o Maresia Gilrs International WQS 2010 tem o patrocínio da marca de moda surfe genuinamente brasileira Maresia e é uma realização da Prefeitura Municipal de Florianópolis, Salva Surf Brasil, Federação Catarinense de Surf e Associação de Surf da Praia Mole.

Os apoiadores são Praia Mole Eco Village, Jamaica Surf Shop, Tent Beach, Aloha Surf Shop, Overboard, Planeta Surf, Ecológica, Surf Trip, Sumatra, Bahamas Surf Shop, Bali, New Look Surfwear, Fissura Moda Surfwear e Mabuya. A divulgação é das revistas Fluir, Surfar e Solto, do portal Waves, do Jornal Drop e do canal de TV Woohoo.

Resultado completo e chaves de bateria no site www.maresia.com.br



Maresia Girls International 2010 - Silvana Lima quebra prancha mas avança.

Autor: SurfPE - por: Roberto Pierantoni - MTb.: 18.194 - 23/09/10 - 08:11

Silvana Lima surfa na Mole - foto:Basílio Ruy / ASP

Vice-campeã mundial de 2009, cearense permanece na briga pelo título da etapa do Circuito Mundial Feminino que acontece em Florianópolis.

Florianópolis (SC) - Nem mesmo a quebra da prancha ao meio durante a bateria atrapalhou os planos de Silvana Lima de avançar, nesta terça-feira, para a segunda fase do Maresia Girls International WQS 2010, etapa seis estrelas do ranking de acesso do Circuito Mundial Feminino da Association of Surfing Professionals (ASP), que acontece na praia Mole, em Florianópolis (SC).

A cabeça-de-chave número 1 da competição que distribui US$ 35 mil (cerca de R$ 60 mil) não teve uma apresentação brilhante nas ondas superiores a 1 metro de altura que quebraram nesta terça-feira chuvosa na capital catarinense. Mas fez o suficiente para vencer o confronto que classificou em segundo lugar a japonesa Mizuki Hagiwara. A peruana Valeria Sole e a catarinense Marina Rezende foram eliminadas.

"Não obtive as notas (somatório de 7.85 em 20 pontos possíveis) que queria, mas consegui avançar e tirar um peso das costas, já que, nas duas últimas etapas do WQS, eu perdi na primeira fase e não estava tão confiante", comentou Silvana Lima, vice-campeã mundial em 2009. "Agora, espero crescer durante o campeonato e, se tudo dar certo, chegar à final", afirmou a cearense de Paracuru que mora na Austrália.

Silvana Lima perdeu bastante tempo durante a bateria. Isso porque, depois da tentativa de pegar um tubo, a onda estourou sobre a sua prancha, que partiu ao meio. Ela teve de sair da água, correr cerca de 40 metros sobre a areia fofa da praia Mole e retornar para o fundo do mar. "Acelerei e dei um rasgada para tentar entubar, mas o impacto do lip da onda foi muito forte", explicou.

Das seis integrantes da elite do surfe mundial que participam do Maresia Girls International WQS 2010, apenas a neozelandesa Paige Hareb ficou de fora da segunda fase. Além de Silvana Lima, a havaiana Coco Ho, a sul-africana Nikita Robb, a australiana Claire Bevilacqua e a paranaense Bruna Schmitz permanecem vivas na briga pelo título da etapa - Jesse Miley-Dyer, australiana também integrante do WT Feminino, se inscreveu, mas não veio a Florianópolis.

"Sempre tenho sorte nas ondas brasileiras e estou feliz em ter ganho minha bateria e conseguido a classificação", disse Coco Ho, que venceu a etapa WQS que terminou sábado, em Salvador (BA). Ela lembrou que, em 2008, conquistou a terceira colocação em uma prova do Circuito Mundial realizada no Rio de Janeiro. "Eu viajo por vários países do mundo e o Brasil é um dos lugares que mais me sinto bem e onde tenho grandes amigos", avisou a surfista do Havaí.

Catarinenses - Jacqueline Silva mostrou todo o seu conhecimento de "local" da praia Mole e não teve dificuldades para vencer a bateria em que a representante do Rio de Janeiro Marina Werneck ficou com a outra vaga na segunda fase - a francesa Justine Dupont e a catarinense Juliana Quint foram desclassificadas.

"A primeira onda da bateria - nota 8 - me deixou mais tranquila na bateria, pois estava um pouco nervosa por ser uma estreia em casa", disse a atleta de Santa Catarina. "Agora, é manter o foco, pois o nível vai aumentar, principalmente porque o mar deve melhorar ainda mais", completou.

Jacque, que conseguiu a somatória de 13 pontos, ocupa a nona colocação no ranking de acesso da ASP, com 8.520 pontos, 120 a menos que Cannelle Bulard (Ilhas Reunião), Alana Blanchard (Havaí) e Paige Hereb (Nova Zelândia), empatadas na sexta colocação. As seis mais bem colocadas ao final da temporada garantem presença no WT Feminino - antigo WCT - de 2011. Outra representante de Santa Catarina que avançou para a segunda fase foi Gabriela Leite.

Um total de 44 atletas, de 12 países (Brasil, Havaí, Nova Zelândia, Austrália, África do Sul, França, Ilhas Reunião, Estados Unidos, Argentina, Japão, Peru e Jamaica), compete no Maresia Girls International WQS 2010, que será reiniciado às 8 horas desta quarta-feira, com as disputas das seis baterias da segunda fase. Na sequência, acontecem os quatro confrontos da terceira fase.

Ao vivo - As disputas do Maresia Girls International WQS 2010 podem ser assistidas ao vivo, e na íntegra, no site da Maresia - www.maresia.com.br - e também no da ASP South America -

www.aspsouthamerica.com.br

. Os entusiastas do esporte, além de enviarem comentários sobre o evento, também poderão participar de promoções e sorteios que serão veiculados nos canais da marca nas redes sociais Facebook, Twitter e Orkut.

Nestas quarta-feira (entre 10 e 12 horas e entre 14 e 16 horas) e quinta-feira (das 10 até o final do evento), as baterias serão transmitidas ao vivo pelo canal de TV por assinatura Woohoo. A locução será de Bruno Bocayuva, com reportagens de Lorena Montenegro. Segundo Vinícius Araújo, do Marketing da emissora, a etapa do Circuito Mundial Feminino poderá ser vista em todo o território nacional.

Homologado pela ASP South America, o Maresia Gilrs International WQS 2010 tem o patrocínio da marca de moda surfe genuinamente brasileira Maresia e é uma realização da Prefeitura Municipal de Florianópolis, Salva Surf Brasil, Federação Catarinense de Surf e Associação de Surf da Praia Mole.

Os apoiadores são Praia Mole Eco Village, Jamaica Surf Shop, Tent Beach, Aloha Surf Shop, Overboard, Planeta Surf, Ecológica, Surf Trip, Sumatra, Bahamas Surf Shop, Bali, New Look Surfwear, Fissura Moda Surfwear e Mabuya. A divulgação é das revistas Fluir, Surfar e Solto, do portal Waves, do Jornal Drop e do canal de TV Woohoo.

Resultado completo e chaves de bateria no site:

www.maresia.com.br

Patrocínio - Jordy Smith reforça a Oakley.

Autor: SurfPE - Por: Redação Waves - 23/09/10 08:01 - link fonte: http://waves.terra.com.br/surf/noticia/jordy-smith-reforca-a-oakley/43423

O sul-africano Jordy Smith é a mais recente contratação da equipe Eyewear da Oakley. Foto: Divulgação.

A Oakley anuncia o sul-africano Jordy Smith como o mais recente atleta de sua equipe Eyewear.

Jordy, que liderou o WT durante a maior parte deste ano e está atualmente em segundo na classificação geral, assinou o acordo de patrocínio na última terça-feira (21/9).

O sul-africano irá se unir à poderosa equipe da Oakley, da qual fazem parte os atletas brasileiros Adriano de Souza e Jadson André.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Festival Coquitel Molotov 2010 - Dinosaur JR toca Pela primeira vez em Recife.

Autor: SurfPE - por: gUgA sOaReS - Direção/Fotografia/Edição - 21/09/10 - 21:00.



Dinosaur JR, é a grande atração deste ano - foto: Divulgação.



FESTIVAL NO AR: COQUETEL MOLOTOV 2010


SHOWS

SEXTA (24/09)
Sala Cine UFPE – A partir das 17h
Voyeur (PE)
Massarock (SP)
Taxi Taxi! (Suécia)
Bemba Trio (BA)

SEXTA (24/09)
Teatro da UFPE – A partir das 21h
Zé Cafofinho e suas Correntes (PE)
SoKo (França)
Otto (PE)
> falta uma banda ainda?

SÁBADO (25/09)
Sala Cine UFPE – A partir das 17h
Wassab (PE)
Ubella Preta (PB)
Anna Von Hausswoff (Suécia)
Do Amor (RJ)

SÁBADO (25/09)
Teatro da UFPE – A partir das 21h
A Banda de Joseph Tourton (PE)
Taken by Trees (Suécia)
Emicida (SP)
Dinosaur Jr. (EUA)

Ingressos:
Preços: Não divulgado
Vendas: DeltaExpresso (Shopping Recife, Plaza Casa Forte, Tacaruna e Recife Antigo)

De 03 a 23 de setembro: Atividades culturais descentralizadas

COQUETEL NO PÁTIO – SHOWS

SEXTA – 03/09 – 21h
Team.Radio (PE) e Labirinto (SP)

SEXTA – 10/09 – 21h
Sweet Fanny Adams (PE) e Apanhador Só (RS)

SEXTA – 17/09 – 21h
D.Mingus (PE), Debate (SP) e The Baggios (SE)

QUINTA – 23/09 – 21h
Semente de Vulcão (PE), FireFriend (SP) e Guizado (SP)

SANTANDER CULTURAL – SHOW

SÁBADO – 18/09 – 17h
Rômulo Fróes (SP)

CTCD / NASCEDOURO DE PEIXINHOS – OFICINAS

SEGUNDA – 13/09 – 09h
ECONOMIA SOLIDÁRIA – Trabalhando em conjunto

TERÇA – 14/09 – 09h
MODA – Aprendendo a customizar e criar acessórios

QUARTA – 15/09 – 09h
DESIGN – Cartazes criativos e divulgações melhores

QUINTA – 16/09 – 09h
HOME STUDIO – Edição de som em software livre

MEMORIAL CHICO SCIENCE – OFICINAS

SEGUNDA – 20/09 – 14h
TRANSMISSÕES ONLINE: Como realizar webcasts ao vivo

TERÇA – 21/09 – 14h
REMIXANDO – Criando novas músicas com loops e beats

QUARTA – 22/09 – 14h
TECNOMELODY: Das aparelhagens aos batidões

QUINTA – 23/09 – 10h
MURAIS URBANOS: Técnica de criação

QUINTA – 23/09 – 14h
ANATOMIA DE UM SOUND SYSTEM – Improvisação com rimas, sons e delays

MOSTRA PLAY THE MOVIE

SEGUNDA – 20/09 – 17h
Freestyle: Uma forma de vida (2008) – 45 min – Dir: Pedro Gomes
Dub Echoes (2008) – 80 min – Dir: Bruno Natal
Cine-concerto: Adis Abbeba Dub (PE)

TERÇA – 21/09 – 17h
Do Morro? (2010) – 20 min – Dir: Mykaela Plotkin e Rafael Montenegro
Moleques Maravilhosos (2010) – 30 min – Dir: Cristiano Bastos e Pedro Hahn
Cine-concerto: Anjo Gabriel (PE)

QUARTA – 22/09 – 18h
O Rei da Munganga (2008) – 70 min – Dir: Carolina Paiva
Cantoras do Rádio (2009) – 81 min – Dir: Cristiano Xavier de Oliveira
Brega S/A (2009) – 60 min – Dir: Vladimir Cunha
DJ Set: Patrick Tor4

QUINTA – 23/09 – 18h
Profissão Roadie (2010) – 50 min – Dir: Gabriel Câmara e Gilmar R. Silva
Bitols (2010) – 75 min – Dir: André Arieta

DEBATES (AESO)

QUARTA – 22/09 – 10h
ONDAS DE RÁDIO PARA TODOS: QUEM TEM VOZ NOS VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO PÚBLICOS?
Patrick Tor4 (ARPUB) / Alexandre Ramos (TVU)

QUINTA – 23/09 – 10h
DEMOCRACIA DE LINKS: COMO IDENTIFICAR NOVOS E PROMISSORES TALENTOS NA INTERNET?
Tiago Agostini (Scream&Yell) / Mateus Potumati (+Soma) / Alex Antunes (Na Agulha)

24 e 25 de setembro: Centro de Convenções da UFPE

DEBATES (UFPE)

SEXTA – 24/09 – 15h
PCULT: MOBILIZAÇÃO POLÍTICA EM TORNO DE AÇÕES CULTURAIS
Pablo Capilé (Fora do Eixo) / Gilberto Monte (FUNCEB) / Rafael Cortes (Fundarpe)

MECENATO CULTURAL: O PAPEL DA INICIATIVA PRIVADA NO FOMENTO À CULTURA MUSICAL
Red Bull / Trident / Renato L (Prefeitura do Recife)

LANÇAMENTOS DE LIVROS
18h (Intervalo entre os shows da Sala Cine UFPE)
SEXTA – 24/09 – Música Ltda. (Leo Salazar)
SÁBADO – 25/09 – Devotos: 20 Anos (Hugo Montarroyos)

domingo, 19 de setembro de 2010

Pedro Oliveira vence a quarta etapa do Tent Beach Local Motion SP Contest 2010

Autor: SurfPE - por: Roberto Pierantoni - MTb.: 18.194 - 19/09/10 - 18:07.

Pedro Oliveira, 1o na Open ZS - Munir El Hage / ZDL

Surfista do bairro Planalto Paulista ganhou a principal categoria em disputa da Seletiva Zona Sul, que terminou neste domingo, em Ubatuba.


Ubatuba (SP) - Pedro Oliveira foi o vencedor da principal categoria em disputa - Open ZS - na quarta etapa do Tent Beach Local Motion SP Contest 2010, que terminou na tarde deste domingo, na praia de Itamambuca, em Ubatuba (SP). Na bateria decisiva, o surfista do bairro paulistano do Planalto Paulista superou, pela ordem, Henrique Scaff, Fernando Augusto e Erick Proost.

"Melhor impossível. Competi despreocupado, mas queria vencer e consegui. Fico mais contente, pois, este ano, o nível está muito equilibrado, o circuito está com surfistas muito bons", afirmou Pedro Oliveira, que, além de ganhar a Open ZS e manter a invencibilidade na temporada - faturou as duas etapas já realizadas, em São Sebastião e Santos no ranking SP Trials -, terminou na segunda colocação na Longboard ZS.

Nesta que foi a Seletiva Zona Sul, os quatro finalistas, bem como os quintos e sétimos colocados na etapa se classificaram para o Confronto Final, que acontece nos dias 4 e 5 de dezembro, na praia de Maresias (São Sebastião), e definirá os campeões do circuito organizado pela Associação de Surf da Grande São Paulo (ASGSP).

Paulo Giachetti surfou melhor e ganhou a final da categoria Longboard ZS, que contou com a participação dos veteranos e verdadeiras lendas do esporte Chico e Zé Paioli, terceiro e quarto colocados, respectivamente. O segundo lugar ficou comi Pedro Oliveira.

Na Máster ZS, Eduardo Kutica subiu ao degrau mais alto do pódio. Na bateria decisiva, ele superou Taciano Parri (2º), Dodô Miranda (3º) e Edu Bahia (4º). Os quatro finalistas nesta categoria e na Long ZS garantiram presença no Confronto Final.

Os surfistas moradores das outras regiões da Grande São Paulo competiram nas categorias Open SP Trials e Long SP Trials, ranking paralelo também classificatório para o Confronto Final. Pedro Ragattieri, representante da Zona Oeste, foi o vencedor da primeira. "A vitória foi a recompensa de muito treino, dedicação e raça. Sabia que a minha hora iria chegar um dia", comentou o campeão da Open SP Trials em Itamambuca. Danilo Silva levou a melhor na Long SP Trials.

Doação - A rede de lojas Tent Beach e a marca de moda surfe Onbongo doaram, na manhã deste domingo, uma barraca de praia e camisetas de térmicas para a escola de surfe mantida pelo surfista Morro Boy, na praia de Itamambuca. O espaço ensina o esporte para diversas crianças da comunidade local.

Visita - O surfista profissional Rodrigo Generik, do team Tent Beach Local Motion, acompanhou as disputas na praia de Itamambuca. Nesta semana, ele embarca para o México, onde fará participação em um filme que será rodado nas praias de Porto Escondido e Barra Dela Cruz.

Resultado da etapa:



Pódio Open ZS - Munir El Hage / ZDL

Open ZS
1º Pedro Oliveira
2º Henrique Scaff
3º Fernando Augusto
4º Erick Proost

Pódio Long ZS - Munir El Hage / ZDL

Long ZS
1º Paulo Giachetti
2º Pedro Oliveira
3º Chico Paioli
4º Zé Paioli

Pódio Máster ZS - Munir El Hage / ZDL

Máster ZS
1º Eduardo Kutika
2º Taciano Parri
3º Dodô Miranda
4º Edu Bahia

Open SP Trials
1º Pedro Reggatieri
2º Sérgio Sapo
3º Freddy Jacob
4º Murilo Bastos

Long SP Trials
1º Danilo Silva
2º Jonathan Paiva
3º Glebson Siqueira
4º Marcelo Lima

Open Local
1º Emerson Santos
2º Michel Santos
3º Gabriel Adisaka
4º Lucas Santin

Resultado completo no site da Federação Paulista de Surf (FPS): www.fpsurf.com.br

Maresia se consolida como uma das maiores apoiadoras do surfe no Brasil.

Autor: SurfPE - por: Roberto Pierantoni - MTb.: 18.194 - 19/09/10 - 17:58.

Cartaz do Maresia Girls International WQS 2010 - foto: reprodução.


Maresia Girls International WQS 2010, que acontece semana que vem, em Florianópolis (SC), será o terceiro evento do Circuito Mundial patrocinado pela marca este ano.

São Paulo (SP) - A Maresia se firma cada vez mais como uma das marcas que mais apoia o surfe no país. Ainda mais depois que confirmou o patrocínio do Maresia Girls International WQS 2010, etapa seis estrelas do ranking de acesso do Circuito Mundial Feminino da Association of Surfing Professionals (ASP). A competição, que contará com a presença de surfistas de cinco continentes, será realizada da próxima segunda-feira até o dia 23, na praia Mole, em Florianópolis (SC).

"Ancorar e fazer acontecer um evento do padrão do Maresia Girls International WQS 2010 é uma alegria que traduz o compromisso da Maresia com o esporte. Não nos prendemos apenas à relevância para nossa marca em patrocinar um evento desse porte. Para nós, o importante é fazer o surfe brilhar nas praias do Brasil e do mundo", afirmou Adriano Costa Lima, diretor-presidente da empresa.

Para se ter uma ideia do aporte que a empresa genuinamente nacional dá ao surfe, vale citar que esta será a terceira competição do Circuito Mundial que ela patrocina este ano no Brasil. As duas primeiras foram válidas pelo ranking masculino.

Em janeiro, chancelou o Maresia Surf International Ceará, em Paracuru (CE). Em maio, promoveu o Maresia Surf International 2010, na capital catarinense. Ela também é patrocinadora dos circuitos profissionais de São Paulo e do Ceará, além de uma etapa do Circuito Nordestino Pro.

A Maresia mantém um dos mais fortes times de surfe do País. Os atletas que recebem o suporte da marca são o carioca Gustavo Fernandes, campeão brasileiro de 2008; o cearense Edvan Silva, tricampeão nordestino; o baiano Marco Fernandez e o paulista Flávio Nakagima. Todos eles recebem orientação técnica do experiente Christiano Spirro, ex-integrante da elite do surfe mundial, que também é responsável por gerenciar a carreira dos surfistas.

"Desde 1986, quando iniciou suas atividades, a Maresia teve o foco de seu negócio muito bem definido: o surfe. Quando uma empresa leva a sério o seu princípio básico de inspiração, nada mais justo e lógico do que investir nesse princípio e fazer dele o seu grande aliado. Por isso, investimos no surfe, sempre. Enxergamos o surfe como um esporte de pessoas de espírito jovem e aventureiro, apaixonadas por adrenalina, e isso não contempla sexo", ressaltou Adriano Costa Lima.

Elite na água - Sete integrantes da elite do surfe mundial estão entre as inscritas do Maresia Girls International WQS 2010: as brasileiras Silvana Lima e Bruna Schmitz, a havaiana Coco Ho, a neozelandesa Paige Hareb, as australianas Jessi Miley-Dyer e Claire Bevilacqua e a sul-africana Nikita Robb.

A cabeça-de-chave número 1 da competição que distribuirá US$ 35 mil (cerca de R$ 62 mil) de premiação é Silvana Lima, 25 anos. A cearense ocupa a terceira colocação no ranking da ASP e permanece na briga pelo título de melhor surfista do mundo nesta temporada.

A paranaense Bruna Schmitz, 20 anos, que não vem tendo um ano regular no WT Feminino - ocupa a 16ª posição - precisa de um bom resultado nas ondas da praia Mole para continuar com chances de permanecer na elite em 2011 através do ranking do WQS, no qual está na 19ª colocação.

O Maresia Gilrs International WQS 2010, que tem o patrocínio da marca de moda surfe genuinamente brasileira Maresia, é uma realização da Prefeitura Municipal de Florianópolis, Salva Surf Brasil, Federação Catarinense de Surf e Associação de Surf da Praia Mole.

Os apoiadores são Praia Mole Eco Village, Jamaica Surf Shop, Tent Beach, Aloha Surf Shop, Overboard, Planeta Surf, Ecológica, Surf Trip, Sumatra, Bahamas Surf Shop, Bali, New Look Surfwear, Fissura Moda Surfwear e Mabuya. A divulgação é das revistas Fluir, Surfar e Solto, do portal Waves, do Jornal Drop e do canal de TV Woohoo.

Ranking WQS 2010*

1ª Sally Fitzgibbons (Austrália), 12.120 pontos
2ª Laura Enerver (Austrália), 11.400
3ª Courtney Conlogue (EUA), 10.920
4ª Tyler Wright (Austrália), 10.320
5ª Claire Bevilacqua (Austrália), 9.240
6ª Cannelle Bulard (Ilhas Reunião), 8.640
6ª Alana Blanchard (Havaí), 8.640
6ª Paige Hareb (Nova Zelândia), 8.640
9ª Jacqueline Silva (Brasil), 8.520
9ª Nicola Atherton (Austrália), 8.520
19ª Bruna Schmitz (Brasil), 7.320

*As seis primeiras no fim da temporada ascendem ao WT em 2011.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Maresia Gilrs International WQS 2010 - Define as campeãs sul-americanas da temporada.

Autor: SurfPE - por:Roberto Pierantoni - MTb.: 18.194 - 14/09/10 - 21:00.


Diana cristina (PB) - foto: Diego Freire / ZDL


Etapa válida pelo ranking mundial, que acontece entre 20 e 23 de setembro, em Florianópolis, também vale o título continental profissional e sub-20

São Paulo (SP) - O Maresia Gilrs International WQS 2010, etapa da divisão de acesso do Circuito Mundial de surfe feminino, definirá as campeãs sul-americanas da temporada. A competição, que distribuirá US$ 35 mil (cerca de R$ 62 mil), acontece entre os dias 20 e 23 de maio, na praia Mole, em Florianópolis (SC). A expectativa é que 60 surfistas, dos cinco continentes, marquem presença no evento.

Bárbara Segatto (ES) - foto: Diego Freire / ZDL.

A liderança do ranking é da peruana Valérie Solé. Em segundo lugar está a argentina Ornella Pellizzari, seguida das também peruanas Anali Gómez e Karen Mendiguetti. "O fato de os títulos sul-americanos serem definidos no Brasil em uma etapa seis estrelas é uma oportunidade de ouro para as atletas brasileiras, sem falar no intercâmbio que elas terão com algumas das melhores surfistas do mundo", avaliou Roberto Perdigão, gerente regional da Association of Surfing Professionals (ASP).

Na briga pelo título sul-americano Pro Júnior (sub-20), a paraibana Diana Cristina soma 3.960 pontos e tem uma vantagem significante sobre a segunda colocada, a paulista Camila Cássia, com 3.565. Tininha, como é chamada a representante da Paraíba, espera conseguir um bom resultado na etapa de Salvador (BA) da divisão de acesso da ASP, que acontece esta semana, para chegar em Florianópolis ainda mais próxima do tetracampeonato continental da categoria.

Gabriela Leite (SC) - foto: Diego Freire / ZDL.

O Maresia Gilrs International WQS 2010, que tem o patrocínio da marca de moda surfe genuinamente brasileira Maresia, é uma realização da Prefeitura Municipal de Florianópolis, Salva Surf Brasil, Federação Catarinense de Surf e Associação de Surf da Praia Mole.

Os apoiadores são Praia Mole Eco Village, Jamaica Surf Shop, Tent Beach, Aloha Surf Shop, Overboard, Planeta Surf, Ecológica, Surf Trip, Sumatra, Bahamas Surf Shop, Bali, New Look Surfwear, Fissura Moda Surfwear e Mabuya. A divulgação é das revistas Fluir, Surfar e Solto, do portal Waves, do Jornal Drop e do canal de TV Woohoo.

Ranking WQS 2010*

1ª Sally Fitzgibbons (Austrália), 12.120 pontos
2ª Laura Enerver (Austrália), 11.400
3ª Courtney Conlogue (EUA), 10.920
4ª Tyler Wright (Austrália), 10.320
5ª Claire Bevilacqua (Austrália), 9.240
6ª Cannelle Bulard (Ilhas Reunião), 8.640
6ª Alana Blanchard (Havaí), 8.640
6ª Paige Hareb (Nova Zelândia), 8.640
9ª Jacqueline Silva (Brasil), 8.520
9ª Nicola Atherton (Austrália), 8.520
19ª Bruna Schmitz (Brasil), 7.320

*As seis primeiras no fim da temporada ascendem ao WT em 2011

Ranking Feminino da ASP South America 2010

1ª Valéria Sole (Peru), 250 pontos
2ª Ornella Pellizari (Argentina), 215
3ª Anali Gómez (Peru), 188
3ª Karen Mendiguetti (Peru), 188

Ranking Sub-20 Feminino da ASP South America 2010

1ª Diana Cristina (Brasil - PB), 3.960 pontos
2ª Camila Cássia (Brasil - SP), 3.565
3ª Gabriela Leite (Brasil - SC), 3.140
4ª Bárbara Segatto (Brasil - ES), 2.990

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Pena Pro Nordeste Itacaré - Bino Lopes reina na Tiririca.

Autor: SurfPE - por: Josildo Andrade (Assessoria de Comunicação ANS) - 13/09/10 - 21:53.

Bino Lopes, quebrou tudo para ser campeão - foto: divulgação ANS

Bino Lopes foi o grande campeão neste domingão de sol na mágica Praia da Tiririca do Pena Pro

Nordeste, válida como sexta etapa do Circuito Nordestino de Surf Profissional e ainda faturou o título da inédita Tríplice Coroa Pena.

Mais de 90 atletas de todo o Nordeste invadiram Itacaré, cidade do Sul da Bahia que respira surf, e promoveram um espetáculo de manobras que puderam ser acompanhadas de perto na arquibancada natural pelo público que esteve presente torcendo muito pelos seus atletas locais nos três dias de evento.

No domingo de decisão muito surf e grandes emoções desde as baterias das quartas até o segundo final da corrida pelo título de campeão da sexta etapa, que com certeza vai ficar marcada na história de Itacaré e do Tour Nordestino.

“Quero primeiramente agradecer as estrelas principais que são os atletas, em seguida as pessoas de Itacaré que nos receberam muito bem, ao Prefeito e ao Pena por ter acreditado neste projeto que já era uma idéia da ANS. Itacaré mostrou seu potencial e para 2011 uma etapa do Tour está confirmada”, afirmou Geraldo Cavalcanti, Presidente da ANS.

“Itacaré está de portas abertas para as próximas etapas, continuaremos contribuindo no que for preciso para que outras competições também desembarquem aqui. Espero que este cenário maravilhoso tenha agradado aos atletas e ao público que veio prestigiar o campeonato”, declarou Antonio Prefeito da cidade do surf.

A surpresa deste último dia de evento foi à queda do ilheense Bruno Galini, que fez uma bela atuação na sua estreia, mas foi eliminado no primeiro confronto das quartas de final juntamente com o autor da maior média do sábado o potiguar John Max. Galini perdeu seu posto de líder e agora é vice do Tour com 6800 pontos.

Festa baiana

Alanderson Martins Local da tiririca ficou com a segunda colocação - foto: Divulgação ANS.

O atleta de Vilas do Atlântico Bino Lopes sagrou-se campeão da etapa com uma incrível apresentação em ondas alinhadas de até 1,0m na série.

Bino garantiu sua vaga na final na última volta do ponteiro em uma disputa acirrada na primeira bateria da semifinal, ele que precisava de 5,74 fez 6,67 mandando para casa o potiguar Alan Jhones e Franklin Serpa (BA).

O atleta da nova geração baiana abriu muito bem a bateria da final com uma nota 7,17, na sua quinta onda Bino esbagaçou a vala da Tiririca com manobras de muita pressão no crítico descolando

9,17, totalizando 16,34 para ficar com o lugar mais alto do pódio, embolsar 8000 reais de premiação e 2000 pontos no ranking, assumindo a liderança do circuito.

“Estou muito feliz com essa vitória, na semifinal passei por uma bateria muito difícil virando no minuto final, mas acreditei e fui para final com muita confiança. Esse título vai para todos que sempre torceram por mim”, comentou Bino Lopes.

O local de Itacaré Alanderson Martins que contava com o grande apoio da torcida local ficou com o vice campeonato e levou para casa 5000 reais, e 1720 pontos no ranking. O baiano voador surfou com muita categoria durante todo o evento sempre fazendo bons scores, chegando a ser favorito ao título.

No embate final começou fazendo um 7,93 com um aéreo voltando, mas não teve a sorte de encontrar outra boa onda para trocar esta nota e virar em cima de Bino.

“Uma felicidade enorme fazer essa final em casa, surfei muito a vontade, sem pressão e bem relaxado o que ajudou neste resultado, pois não fiquei nervoso. A vibe da galera foi demais, gostaria de ter ganho, mas o Bino pegou a melhor e não deu. Quero agradecer a todos e aos meus patrocinadores”, disse

Alanderson muito aplaudido pelos presentes. O cearense Michel Roque fez as melhores notas na sua bateria da semifinal contra o baiano Rudá Carvalho, o potiguar Marcelo Nunes e seu conterrâneo Adilton Mariano.

O cearense ditou o ritmo e somou 13,16 para garantir lycra na final junto com Rudá que em uma virada espetacular deixou Nunes que vinha se classificando em terceiro e Adilton que não se encontrou em quarto. Roque não teve a sorte de repetir o feito na final, ainda pegou um tubo que lhe rendeu 7,57, mas que não foi suficiente para deter o ataque baiano de Bino e Alanderson e terminou a etapa em terceiro como em Várzea do Una.

Rudá Carvalho atleta local de Olivença que teve um bom desempenho na competição não conseguiu

pegar as ondas boas na bateria decisiva, o baiano ficou precisando de uma combinação alta de notas e teve que se contentar com a quarta colocação no Pena Pro Nordeste.

Tríplice Coroa Pena Pro Nordeste

Com A Vitória na etapa Bino Lopes tambem sagrouse campeão da Tríplice Coroa Pena Pro Nordeste - foto: Divulgação ANS

Bino Lopes além de ganhar a etapa também foi coroado o “Rei do Nordeste”. Ele venceu a etapa
inaugural do Pena Pro Nordeste nas ondas gigantes que quebraram em Fernando de Noronha, em Várzea do Una foi eliminado logo na estreia ficando em décimo sétimo lugar e reinou em Itacaré ficando com o título de campeão do primeiro ano da Tríplice Coroa Pena Pro Nordeste. Bino leva como premiação uma passagem para o Hawaii, sonho de todo surfista.

“Uma enorme emoção ganhar este título, Noronha foi um grande desafio para os atletas ser campeão lá também foi incrível. Estou realmente muito contente. Parabéns ao Pena que tem a alma surf e foi muito feliz nesta idéia da Tríplice Coroa”, finalizou Bino Lopes, Rei do Nordeste.

Pena Air Show


Antes das finais como já é de praxe rolou o Pena Air Show, onde o atleta que completar a manobra mais radical leva para casa 1000 reais de premiação. O cearense Adilton Mariano ficou com a mão no prêmio até os minutos finais, quando o local da Leste Oeste Isaías Silva mandou um kerrupt flip perfeito e tirou de Adilton o título do Air Show.

“Valeu demais, arrisquei, sumi na espuma e aparecei de novo, consegui completar ele perfeito, já tinha falado que esta manobra iria me proporcionar ainda um resultado. Estou muito feliz”, contou o cearense Isaías Silva.

O ANS Pro Tour terá sua sétima etapa em águas cearenses no mês de outubro.

O Pena Pro Nordeste conta com os patrocínios da Pena e Prefeitura de Itacaré.

Apoio Intertel, Acerti, Iti, Starboard, Haco, Eberle, Menegotti, Filati, Matesa Têxtil, Komunik, Malhas

Caiman, Pousadas: Pousada Paraíso, Pousada Recando da Concha, Pousada Raízes, Pousada Tânara,

Pousada Vila do Dengo, Pousada Aldeia do Mar, Pousada Terra Boa, Pousada Barly, Pousada Estrela,

Pousada Lawrence Surf House, Itacaré Village.

Divulgação dos sites cearasurf, waves, surfguru, surfbahia, itacare.com, itacarenaonda.com e ondulação,

revistas Wave Wind e Beach Show, canais de Tv ESPN e Woohoo.

Agradecimentos a Secretaria de Turismo, Secretaria de Esporte e Juventude

Apoio Cultural: Itacaré FM.

O evento tem a realização da ANS e ASI (Associação de Surf de Itacaré).

Resultados

Campeões

1° Bino Lopes (BA) – 16,34

2° Alandreson Martins (BA) – 13,83

3° Michel Roque (CE) – 13,00

4° Rudá Carvalho (BA) – 11,10

Semifinalistas

5 Alan Jhones (RN)

5 Marcelo Nunes (RN)

7 Franklin Serpa (BA)

7 Adilton Mariano (CE)

Ranking após a sexta etapa do ANS Pro Tour:

1º Bino Lopes BA 7620

2º Bruno Galini BA 6800

3º César Aguiar PE 6650

4º Alan Jones RN 6490

5º John Max RN 6110

6º Halley Batista PE 5950

7º Gutemberg Silva CE 5780

8º Thiago de Souza CE 5700

9º Michel Roque CE 5620

10º Charlie Brown CE 33 5480

11º Patrick Tamberg FN 5160

12º Alan Donato PE 5100

13º Isaías Silva CE 5060

14º Marcelo Nunes RN 5040

15º Ulisses Meira PB 4750

16º Luel Felipe PE 4640

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Paulista Universitário - Ubatuba define campeões

Autor: SurfPE - Por Marilia Fakih - 10/09/10 14:15 - link fonte:
http://waves.terra.com.br/surf/noticia/competicao/universitario/quiksilver-paulista/2010/ubatuba-define-campeoes/43187

Cartaz do Quiksilver Paulista Universitário de Surf 2010. Foto: Reprodução.

A terceira e última etapa do Quiksilver Paulista Universitário de Surf 2010 acontece neste final de semana (11 e 12/9) na praia de Itamambuca, Ubatuba (SP).

São cinco categorias em disputa: Masculina Paulistana, Masculina Open, Feminina, Formados e Longboard, além do Tag Team, que reúne equipes de faculdades.

A disputa no ranking está acirrada em todas as categorias e os atletas prometem show de surf nesta ultima etapa em busca do título de campeão do circuito.

Além da competição na água, o evento em Ubatuba conta com diversas atrações na areia. A Tenda Peugeot oferece sessões de shiatsu com o massagista Rikka e distribui brindes exclusivos ao lado dos veículos expostos: Peugeot 207 Quiksilver e Hoggar.

Na Tenda Roxy, as garotas podem customizar camisetas da marca e concorrer a kits, além da rede de vôlei disponível para entreter a galera. Já a Tenda DC monta em Itamambuca uma mini rampa para os skatistas de plantão e quem mais quiser se divertir.

A Tenda OZ Surfing oferece diversas gincanas ambientais e sorteio de brindes, além de conscientizar a galera na praia da importância de preservar o meio ambiente e reciclar o lixo descartado.

A etapa terá também o desfile das finalistas do Concurso Garota Roxy Universitária, que elege a universitária mais bonita de São Paulo. Depois da votação no site oficial do evento, 10 de 32 candidatas foram classificadas para a próxima fase.

O desfile no domingo em Ubatuba vai classificar cinco meninas para a grande final do concurso, que acontece no dia 16 de setembro no Bar Barô, em São Paulo. A grande campeã recebe R$ 1 mil em dinheiro, um kit especial de produtos Roxy e um book na agência Top Look.

A festa em São Paulo encerra a 12ª edição do Paulista Universitário e premia os campeões da temporada.

As inscrições terminam nesta quinta-feira. Para obter mais informações, acesse o site da Ibrasurf ou entre em contato pelo telefone (0xx11) 5052-5011.

O Circuito Quiksilver Paulista Universitário de Surf é apresentado por Peugeot.

Patrocínio: Quiksilver, Skol e Star Point.

Apoio: Roxy, DC, BHS, Burleigh Heads Language Centre, OZ Surfing e Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Esportes, Lazer e Turismo.

Divulgação: Waves e Surf na Internet. Realização: Ibrasurf em parceria com a APSU, FPS e Liga Paulista Universitária de Esportes. A terceira etapa tem o apoio da Prefeitura de Ubatuba e da Associação Ubatuba de Surf.

Pena Pro Nordeste - O cometa volta a brilhar!

Autor: SurfPE - por: Fernando Pereira (Direção/Colunista) - 10/09/10 - 13:45.

Estrutura do Pena Pro Nordeste Várzea do Una - foto: Fernando Pereira.

Terminou nesse domingo, dia 05 de setembro de 2010, o Pena Pro Nordeste na praia de Várzea do Una, São José da Coroa Grande, litoral sul de Pernambuco. O campeonato foi a quinta etapa do Circuito Nordestino Profissional 2010 e também contou pontos para Tríplice Coroa Pena que vai premiar o vencedor das 3 etapas (Noronha, Várzea do Una, Itacaré) com uma passagem para o Havaí.

A chegada no pico era um espetáculo à parte. O acesso à praia é feito através de uma pequena vila de pescadores. Para chegar ao pico, era preciso fazer uma travessia de barco de cerca de 7 minutos pelo Rio Una. Após o desembarque, havia uma caminhada de mais uns 5 minutos até o palanque onde todos ficavam abestalhados com o visual paradisíaco do lugar.

Halley Batista comemora a vitória - foto: Fernando Pereira

Uma estrutura enorme foi montada no local de encontro do rio com o mar, uma área que, por incrível que pareça, foi favorecida pelas enchentes que recentemente arrasaram várias cidades da mata sul de Pernambuco e do estado de Alagoas. Foi justamente a força das águas do rio que abriu uma vala proporcionando ondas bem melhores que aquelas encontradas pelos surfistas no ano passado.

No primeiro dia de competição foram realizadas as 12 baterias da 1ª fase. A principal característica da primeira fase foi o baixíssimo nível que algumas baterias apresentaram, exceto a primeira bateria do dia que foi muito disputada do início ao fim. O baiano Bruno Galini (atual líder do ranking), o cearense Gutemberg Silva e o pernambucano Alexandre Ferraz travaram uma verdadeira guerra que deixou todos da comissão técnica comentando sobre a disputa acirrada. Melhor para Gutemberg e Ferraz que mandaram Galini de volta para casa.

No segundo dia, com a entrada dos pré-classificados e as boas ondas que o mar apresentava era certo o show de surf. Direitas longas e de bom tamanho davam todas as condições para que os melhores do nordeste exibissem um surf de alto nível. Os destaques do 2º round foram Ulisses Meira (PB), Luel Felipe (PE), Halley Batista (PE), John Max (RN), Gutemberg Silva (CE), Patrick Tamberg (FN) que tirou a maior nota do dia (9,0) numa direita longa em que ele massacrou com fortes manobras em back side.

Terceiro dia. No domingo, o mar amanheceu bem melhor. A diminuição do vento fez com que as ondas ficassem mais limpas, definidas, proporcionando manobras de maior qualidade. Nesse panorama, os pernambucanos e cearenses se destacaram colocando cada estado três representantes nas semifinais. Os dois estados confirmaram o favoritismo e emplacaram cada um dois atletas para a bateria final.

Na grande finalíssima, Gutemberg Silva, Michel Roque, Halley Batista e Luel Felipe deram uma aula de competitividade e muitas manobras progressivas deixando todos impressionados com o surfe apresentado. O cometa Halley dominou toda a bateria e venceu com uma performance estarrecedora nas direitas de Várzea do Una, deixando seu amigo Luel Felipe com a segunda posição, Michel Roque em terceiro e Gutemberg Silva em quarto.

Durante a premiação, todos foram unânimes em ressaltar o sucesso de público e de ondas que o evento obteve. Temos todos que parabenizar a Pena e a ANS pela realização e sucesso do evento. A próxima parada agora é Itacaré onde será conhecido o grande campeão da Tríplice Coroa.

Boas ondas. Não jogue lixo na praia.


Galeria de Fotos Pena Pro Nordeste Várzea do Una
(por: Fernando Pereira)


Pena Pro Nordeste - Tudo pronto para a sexta etapa do ANS Pro Tour.

Autor: SurfPE - por: Jocildo Andrade (ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ANS) - 10/09/10 - 13:35.


Estrutura do Pena Pro Nordeste Itacaré (BA) - foto: Carlos Bezerra.


Etapa inédita em Itacaré receberá os melhores do Nordeste.

A famosa praia de Itacaré, Costa do Cacau, litoral Sul da Bahia, será palco pela primeira vez de uma etapa do Circuito Nordestino de Surf Profissional. O Pena Pro Nordeste que acontece entre os dias 10 e 12 de setembro é válido como sexta etapa do Tour e última da Tríplice Coroa.

Mais um lugar privilegiado pela natureza foi escolhido pela Pena e ANS para receber os melhores do Nordeste e fechar com muito astral as etapas da Tríplice Coroa Pena Pro Nordeste que distribuirão nos três eventos 100 mil em premiação. Estarão em jogo também 2000 pontos no ranking regional e 1000 no Brasil Tour.

Praia da Tiririca, local da 6º etapa do Pena Pro Nordeste - foto: Carlos Bezerra.

Tiririca aonde vai acontecer a inédita etapa ANS Pro Tour é uma das praias que compõem esse cenário, um Beachbreak com ondas fortes e tubulares, pico mais constante próximo a cidade, favorita para a realização dos eventos.

“Foi um desempenho muito positivo onde a ASI (Associação de Surfe de Itacaré) em parceria com a Prefeitura Municipal de Itacaré e todo o trade turístico compreenderam a importância dos eventos de surf para a cidade.

Portanto, isso representou toda essa união e retorno do nosso Pico ao calendário Nacional de Surfe”, declarou Alisson Reis – vice-presidente da Associação de Surfe de Itacaré.

O vice-presidente afirma que este resultado é fruto de um trabalho da nova gestão do surf de Itacaré que há 21 anos vem se empenhando para tornar a cidade o principal pólo de surf do Brasil.

“Foram seis meses de trabalho onde essa nova diretoria se dedicou bastante para tornar realidade o que no momento parecia impossível. Agradecemos muito a Pena Surf wear, a ANS através de Geraldo Cavalcanti, que entenderam a importância da participação de Itacaré no calendário do surf nacional.

Agradecemos também a toda a imprensa que estará presente realizando a cobertura do Pena Surf Nordeste”, finalizou Alisson.

Pista de skate na praia da Tiririca - foto: Carlos Bezerra.

Surf, skate e muita natureza juntos para completar a festa do surf Nordestino. A ASI instalou um Skate Bowl (pista de skate em formato de piscina) atrás do palanque, onde nos intervalos do evento haverá competição também de skate disputado nas categorias Open e Iniciante. Para empolgar o público presente e os atletas apresentações de capoeira acontecerão durante os três dias.

Dono da casa
Bruno Galini que detém a ponta do ranking vai dar muito trabalho para seus adversários. O ilheense que foi eliminado na sua estreia em Várzea do Una final de semana passado não perdeu seu posto, mas tem na sua cola o pernambucano César Aguiar em segundo, e seu conterrâneo Bino Lopes em terceiro.

Galini tem uma vantagem de apenas 250 pontos em relação a Molusco e 280 de Bino que perdeu a liderança da Tríplice Coroa para Halley Batista campeão da quinta etapa.

Rei do Nordeste
No domingo decisivo será definido o campeão da Tríplice Coroa que receberá p título de “Rei do Nordeste”, mais uma incrível idéia da Pena para incentivar ainda mais os atletas a competirem as etapas do maior Circuito Regional do País.

O cometa Halley que vem embalado com a vitória vai instigado para Itacaré brigar pela passagem para o Hawaii oferecida ao campeão da Tríplice Coroa. O local de Maracaípe está com 3110 pontos e logo atrás dele brigando pelo título e já treinando bastante nas ondas da Tiririca está Bino Lopes com 2800.

O evento será transmitido ao Vivo pelo site www.pena.com.br e contará com cabine de transmissão exclusiva para internautas.

SISTEMA DE INSCRIÇÕES
As inscrições para o Pena Pro Nordeste estão abertas e poderão ser feitas na conta da ANS:

Valor: R$ 150,00
Banco: REAL
AG: 0757
CC: 9744391-5
Associação Nordestina de Surf

Após o depósito favor enviar email para anssurf@hotmail.com com a data e horário. Levar o comprovante (sob pena de não correr o evento) entregá-lo ao Tour Manager da ABRASP NORDESTE/ANS, Carlos Abdalla dia 09 de agosto no local do evento.


O Pena Pro Nordeste conta com os patrocínios da Pena, Prefeitura de Itacaré.

Apoio Intertel, Acerti, Iti, Starboard, Haco, Eberle, Menegotti, Filati, Matesa Têxtil, Komunik, Malhas Caiman, Pousadas: Pousada Paraíso, Pousada Recando da Concha, Pousada Raízes, Pousada Tânara, Pousada Vila do Dengo, Pousada Aldeia do Mar, Pousada Terra Boa, Pousada Barly, Pousada Estrela, Pousada Lawrence Surf House, Itacaré Village.

Divulgação dos sites cearasurf, waves, surfguru, surfbahia, itacare.com, itacarenaonda.com e ondulação, revistas Wave Wind e Beach Show, canais de Tv ESPN e Woohoo.

Agradecimentos a Secretaria de Turismo, Secretaria de Esporte e Juventude
Apoio Cultural: Itacaré FM.

O evento tem a realização da ANS e ASI (Associação de Surf de Itacaré).

Ranking Nordestino após 5 etapas:

1º - Bruno Galini - BA - 5900
2º - César Aguiar - PE - 5650
3º - Bino Lopes - BA - 5620
4º - Alan Jones - RN - 5270
5º - Halley Batista - PE - 5230
6º - John Max - RN - 5110
7º - Gutemberg Silva - CE - 5060
8º - Charlie Brown - CE - 4760
9º - Thiago de Souza - CE - 4700
10º - Patrick Tamberg - FN - 4360
11º - Alan Donato - PE - 4300
12º - Isaias Silva - CE - 4260
13º - Michel Roque - CE - 4160
14º - Ulisses Meira - PB - 3950
15º - Luel Felipe - PE - 3840
16º - Marcelo Nunes - RN - 3820

Ranking Tríplice Coroa Pena após 2 etapas:

1º - Halley Batista - PE - 3110
2º - Bino Lopes - BA - 2800
3º - Luel Felipe - PE - 2520
4º - Michel Roque - CE - 1940
5º - Gutemberg Silva - CE - 1820
6º - Alan Donato - PE - 1800
7º - César Aguiar - PE - 1750
8º - Jean da Silva - SC - 1720
9º - Charlie Brown - CE - 1640
10º - Patrick Tamberg - FN - 1620